Chefs franceses renomados chegam a Búzios para intercâmbio gastronômico

7ª edição do encontro Les Pantagruels homenageará a cultura gastronômica do Brasil; Grandes chefs dos dois países estão entre os convidados

Festival Gastronômico Les Pantagruels (foto: Alvinho Duarte)
Festival Gastronômico Les Pantagruels (foto: Alvinho Duarte)

Búzios, um dos balneários mais charmosos do país, será o ponto de encontro de duas culturas gastronômicas riquíssimas entre os dias 24 e 28 de outubro. Todo o requinte da cozinha francesa, que é considerada patrimônio imaterial da humanidade pela Unesco, e o tempero e inventividade dos chefs brasileiros vão se fundir para um evento único. O Les Pantagruels 2017, em sua 7ª edição, vai intensificar o intercâmbio entre a gastronomia dos dois países, juntando numa mesma cozinha 16 chefs dessas duas culturas para criar novos pratos, com ingredientes exóticos, que serão apresentados ao público na noite de encerramento do evento.

Para a sétima edição, o foco do Les Pantagruels, que é realizado pelo restaurante Chez Françoise desde 2010, é homenagear a riqueza da cozinha brasileira. Por isso, para representar o Brasil, são convidados 4 chefs, trazendo o melhor da culinária e dos insumos que cada região do país oferece. Mantendo, é claro, o espírito de intercâmbio do evento, que se intensifica com a apresentação destes ingredientes únicos para os chefs estrangeiros, que vão poder conhecer mais a fundo a matéria prima brasileira.

“O Les Pantagruels surgiu, e é baseado, na amizade e na vontade de compartilhar o savoir-faire, o conhecimento de cada cultura. Aqui, os chefs podem aprender e trocar ideias, apresentar novidades, testar e experimentar, uns com os outros, antes de chegarem no resultado que será apresentado no jantar final. Isso tudo para continuarem fazendo o que mais gostam: encantar os paladares!” explica Nicolas Lindemann, diretor de marketing do hotel Le Relais La Borie, onde se localiza o restaurante Chez Françoise. Ele acrescenta que ”o clima é de total descontração. Tanto que, durante os jantares, após a confecção e serviço de cada prato, os chefs saem da cozinha e se juntam aos convidados para saborearem suas criações.”

INGREDIENTES
Para aguçar a criatividade dos chefs, ingredientes minuciosamente selecionados integrarão a lista das matérias-primas a serem utilizadas. Entre alguns dos mais exóticos estão: as sementes de cumaru, o maxixe, o jatobá do cerrado e a pimenta de baniwa, entre muitos outros específicos de cada região do Brasil. Tudo para despertar os sentidos e a criatividade dos nossos mestres-cucas, sejam os brasileiros ou os franceses. Tudo para que o resultado final, no jantar de encerramento, seja uma experiência única aos presentes.

“A pimenta de baniwa, por exemplo, é o pó obtido a partir da desidratação de uma mistura de pimentas da Amazônia. É um tempero que é elaborado pelas mulheres de comunidades indígenas ao norte do estado do Amazonas. Dizem que é bem ardida, mas que atua de forma lenta, proporcionando um sabor gradativo delicioso. São produtos assim que queremos trazer para os chefs poderem pensar em cima”, conta Nicolas.

– Confira abaixo a listagem com alguns dos principais ingredientes exóticos que serão trabalhados.

A PROGRAMAÇÃO

Os dias 24 e 25 de outubro, os 2 primeiros dias do evento, serão dedicados a uma profunda análise dos ingredientes disponibilizados aos chefs. Um primeiro contato e troca de técnicas, enriquecendo o conhecimento sobre as culturas e métodos utilizados na cozinha. Cada dia contará com um jantar para convidados, no qual os chefs poderão iniciar o entrosamento que se intensificará nos dias seguintes.

No dia 26 de outubro, acontece a abertura oficial do encontro. Os chefs apresentarão pratos que representam sua região de origem ou atuação, possibilitando aos convidados uma verdadeira viagem gastronômica por terras tupiniquins e francesas.

Já no dia 27 de outubro, além do tradicional jantar pantagruélico realizado no Chez Françoise, os chefs visitarão as cozinhas de restaurantes parceiros, nos pontos turísticos mais marcantes de Búzios, que receberão um menu degustação de 3 passos, fruto dos primeiros dias do intercâmbio de sabores entre os chefs dos dois países. O Circuito Pantagruels, como foi denominado, levará ao público, e ao coração da cidade de Búzios, essa integração entre as duas culturas gastronômicas. Entre os restaurantes participantes, estão: Cigalon Restaurant (Rua das Pedras), Taverne 67 (Rua Turíbio), Donna Jô (Porto da Barra) e Bar do Zé (Orla Bardot).

O sábado, 28 de outubro, será o grand finale! Um jantar celebrando a alta gastronomia de Brasil e França, com o melhor do que foi pensado e criado durante o intercâmbio. Um menu de 5 passos, onde os chefs terão a oportunidade de colocar em prática sua criatividade para surpreender os presentes com um menu inédito.

OS CHEFS

  1. Nicolas Frion: Sudoeste da França (1 Estrela Michelin);
  2. Olivier Briand: Norte da França (eleito melhor bistrô em 2006);
  3. Bruno Capellari: Sul da França (Bib Gourmand Michelin);
  4. Humberto Marra: Chef embaixador do Centro-Oeste do Brasil;
  5. Natacha Fink: Chef embaixadora do Norte do Brasil;
  6. Roberta Ciasca:Chef embaixadora do Sudeste do Brasil;
  7. Marcones Deus: Chef embaixador do Nordeste do Brasil;
  8. Philippe Brye: Francês residente no Rio de Janeiro (Pâtissier do Sofitel);
  9. Antoine Patrick Caestecker: Francês residente em São Paulo (Membro da Academie Culinaire de France);
  10. Sébastien Laurent Michaut: Francês residente em São Paulo;
  11. Frederic Monnier: Francês residente no Rio de Janeiro (Chef Maître Cuisinier de France);
  12. Sonia Persiani: Argentina residente em Búzios – Chef embaixadora de Búzios (Cigalon);
  13. Joana Gallo: Chef embaixadora de Búzios (Donna Jô);
  14. Frank Gérard: Francês residente em Búzios – Chef embaixador de Búzios (La Taverne 67);
  15. Leandro Ferreira: Chef embaixador de Búzios (Bar do Zé);
  16. Paulo Cezar Cordeiro: Chef residente do Les Pantagruels (Chez Françoise).

Resumo

16 grandes chefs, sendo eles: 3 franceses vindo da França; 4 franceses residentes no Brasil; 4 chefs brasileiros embaixadores de regiões do país; 5 chefs residentes de Búzios, embaixadores do balneário.

AGENDA DO ENCONTRO

  • 24 e 25 de outubro (terça-feira e quarta-feira):

– Jantar no Chez Françoise, restaurante do hotel Le Relais La Borie, para os hóspedes e convidados com menu de 4 passos elaborado pelos chefs;

  • 26 de outubro (quinta-feira):

– Coquetel de abertura para convidados do evento com especialidades de cada chef;

  • 27  de outubro (sexta-feira):

– Circuito Pantagruels – Além do Chez Françoise, 4 Restaurantes de Búzios receberão chefs participantes para elaboração de um menu de 3 passos;

  • 28  de outubro (sábado):

– Jantar final Les Pantagruels no Chez Françoise, restaurante do Hotel Le Relais La Borie. Menu gastronômico harmonizado com 5 passos. Chefs trabalharão em conjunto para criar pratos inéditos que homenageiem a cozinha brasileira;

O LES PANTAGRUELS
O Les Pantagruels tem como inspiração a reprodução do espírito criado pelo escritor François Rabelais em suas histórias. Ou seja, um encontro de amigos, em total descontração, onde se degusta das melhores comidas num clima fraternal.  O evento foi idealizado pelo casal francês Paul e Françoise Lindemann, com a intenção de ser um tempo de boa vivência acompanhada pelo melhor da gastronomia francesa e brasileira. Já participaram em outras edições do festival grandes nomes da gastronomia francesa, como: Marc Meurin, duas estrelas no guia Michelin; Patrick Gauthier, uma estrela no guia Michelin; Emmanuel Ruz, uma estrela no guia Michelin; Didier Aniés, uma estrela e chef MOF (Meilleur Ouvrier de France) entre muitos outros.

PARCEIROS LES PANTAGRUELS
Entre as marcas parceiras do evento, participam importantes nomes de diferentes segmentos. Renault, Tok di Kasa, Cachaça Magnífica, Carmen Steffens e Tramontina são apoiadores do encontro.

INGREDIENTES
Confira abaixo os mais inusitados ingredientes que serão apresentados aos chefs franceses pelos chefs brasileiros, e que estarão presentes em alguns dos pratos que serão criados:

–       Licuri: O licuri é um coquinho pequeno que dá em grandes cachos de uma espécie de palmeira, que é abundante no norte de Minas Gerais, Bahia, Pernambuco, Sergipe e Alagoas. Pode ser comido cru e, quando maduro, pode ser torrado para ser utilizado receitas;

–       Maxixe: Muito utilizado em ensopados, moquecas e cozidos da culinária popular do Norte e Nordeste. É um fruto de casca verde, ovalado e que possui pequenos espinhos moles;

–       Maturi: É a castanha de caju verde, utilizada em pratos da culinária nordestina, como por exemplo a moqueca de maturi. No livro Tieta do Agreste, de Jorge Amado, é citado no prato “frigideira de maturi”;

–       Jatobá do Cerrado: Seu fruto tem uma polpa farinácea, sendo utilizado no preparo de pães, bolos e mingau. Presente no Centro-Oeste brasileiro, também é comum seu uso na produção de geleias e licores.

–       Jenipapo: Essa fruta era utilizado pelos índios para pintar seu corpo. Toda a planta pode ser utilizada para o consumo. Consumida naturalmente é ácida,  porém é matéria-prima para doces, vinhos, licores e xaropes. Tem uma polpa suculenta e aromática.

–       Tamarindo: Fruta originária da África e Índia, mas que se adaptou ao solo goiano. Essa fruta pode ser utilizada como especiaria e tempero em diversas receitas, além de molhos, sucos, geleias e doces. Suas flores e folhas ainda podem ser consumidas como em saladas e sopas.

–       Jambu e flores de Jambu: Da mesma família do agrião, o jambu tem uma característica única: possui alta concentração de espilantol. Essa substância, quando em contato com as papilas gustativas, causa um sensação anestésica na língua. Utilizado para o preparo do molho de tucupi, típico da região Norte.

–       Banana Pacovão: Espécie muito utilizada na culinária da região Norte. As frutas chegam a atingir 50 centímetros, e podem ser utilizadas nas mais variadas receitas, em diferentes estágios de seus amadurecimento.

–       Outros ingredientes: Farinha uareni, aviu, semente de cumaru, pimenta muruoi, tucupi, pequi, castanha de barú, magaba, cagaita, cajázinho, flor de coco, queijo coalho, azeite de dendê, macaxeira, entre muitos outros.

INFORMAÇÕES SOBRE RESERVAS:

 Consulta sobre pacotes Les Pantagruels:

De 2 a 5 noites, contato:

Hotel Le Relais La Borie


Rua Gerbert Perissé, 554

Praia de Geribá, Búzios


Reservas: tel. (22) 2620-8504 | E-mail: laborie@laboriebuzios.com

www.laborie.com.br

– Consulta sobre Circuito Pantagruels em Búzios, nos restaurantes participantes, sexta-feira (27/10):

Donna Jô – Porto da Barra: (22) 2623-6303

Bar do Zé – Orla Bardot: (22) 2623-4986

Taverne 67 – Rua Turíbio: (22) 9.8114-9612 | What’s app: (22) 9.9957-5679

Cigalon Restaurant – Rua das Pedras (22) 2623-0932

Valor do menu nos 4 restaurantes acima: R$ 135,00 por pessoa + taxas de serviço (bebidas não inclusas). Menu servido a partir das 19h30 (reserva antecipada com vagas limitadas)

Chez Françoise – Valor e reserva através de consulta no telefone (22) 2620-8504