28.1 C
New York
julho 22, 2019
Exposição

Cartografia do Possível apresenta “Corpo Crustáceo”

Corpo crustáceo - foto: Rafael Frazão
Corpo crustáceo - foto: Rafael Frazão

No primeiro ‘Cartografia do Possível’ de dezembro, sábado (1/12), o Centro de Referência da Dança apresenta “Corpo Crustáceo”, criação de Michele Carolina Silva inspirada no ensaio “O mito de Sísifo” (1941), de Albert Camus, que defende a felicidade como a maior rebeldia diante das limitações e absurdos da condição humana. Remete também ao estudo, no âmbito da imaginação poética, dos devaneios e sonhos da ‘obra noturna’ do também francês Gaston Bachelard.

A partir do questionamento sobre quais fronteiras separam o humano da terra e por meio de tensionamentos de dilatação e aceleração do tempo, “Corpo Crustáceo” expõe o movimento perene de transformação da matéria para comunicar esteticamente o nexo indissociável entre a vida orgânica e inorgânica em seus múltiplos fluxos de interpenetrabilidade.

Desenvolvido em residência artística no próprio CRD e no núcleo de Estudos Práticos da Coordenação Motora, sob orientação de Lu Favoreto (Cia Oito Nova Dança), o trabalho conta com Juliana Morimoto e Monica Cristina Bernardes no som e luz, e Rafael Frazão na captação das imagens em vídeo.

A entrada é gratuita.

Serviço:

Cartografia o Possível

1/12, sábado, 19h 
“Corpo Crustáceo”
Com Michele Carolina Silva
Sala Cênica Ivonice Satie
Classificação indicativa: 16 anos
Duração: 40 minutos
Grátis

Centro de Referência da Dança de São Paulo – CRDSP
Baixos do Viaduto do Chá, s/n – ao lado do Theatro Municipal (próximo às estações República, São Bento e Anhangabaú do Metro).
Informações: 32143249 | 953013769

Posts relacionados

A brasilidade de Di Cavalcanti’ em exposição na ABI/RJ

Redação

Exposição fotográfica ‘Narrativa de uma beleza’ no Forte de Copacabana

Redação

OI Kabum! LAB realiza exposição sobre as intervenções produzidas pelos jovens das periferias

Alyson Fonseca

Artista Rafaela Doria apresenta exposição individual na Gávea

Redação

O Volta – Coletivo de Arte apresenta a nova exposição, ‘Coexistência’, no Centro Cultural Correios

Redação

50 anos de Realismo – Do fotorrealismo à realidade virtual

Redação

Deixe um comentário