25.4 C
New York
junho 27, 2019
Teatro & Dança

Cartas para Gonzaguinha no Teatro Riachuelo

Espetáculo realizado pelo Ceftem tem direção de Rafaela Amado, direção musical de João Bittencourt e pesquisa e assistência geral de Nanan Gonzaga.

O que é a vida? Em pleno fim da ditadura militar, trabalhadores de uma fábrica se deparam com a pergunta, posta por Gonzaguinha na grande mídia. As respostas mais criativas se tornarão versos de uma nova música. Esse é o ponto de partida de “Cartas para Gonzaguinha – O Musical”, que estreia dia 6 de fevereiro no Teatro Riachuelo, no Centro do Rio.

O espetáculo mescla músicas consagradas e algumas menos conhecidas de Gonzaguinha. A realização é do Centro de Estudos e Formação em Teatro Musical (Ceftem). A direção cênica e de movimento é assinada por Rafaela Amado, e a direção musical por João Bittencourt (que é idealizador do projeto). A cantora e filha de Gonzaguinha, Nanan Gonzaga, é responsável pela pesquisa e participa, também, como assistente geral. O texto é de Tiago Rocha.

“Cartas para Gonzaguinha” é uma obra de ficção que se ambienta no Brasil do início da década de 80. A retomada da democracia avança lentamente pelo país, mas as lutas sindicais ainda encontram forte repressão. Os personagens que povoam essa história foram batizados com os nomes que constam na poética de Gonzaguinha: José, João, Solemar, Geraldina, entre outros.

Os trabalhadores lutam para garantir o salário, e quem sabe, garantir um pouco mais do que só o feijão. Mas um escândalo de corrupção envolvendo o dono da fábrica desestabiliza o negócio, e traz à tona o tão temido fantasma da demissão. Cumprindo horas extras não remuneradas, os operários se articulam. Alguns vão para o olho da rua, e outros podem encontrar um destino ainda mais sórdido.

Em meio a essa luta e a condições precárias de trabalho (e de vida), resiste a possibilidade de refletir sobre o que é a vida. Respondendo ao chamado público de Gonzaguinha, cada um dos trabalhadores responde, por escrito, à pergunta: “o que é a vida para você?”. Eles têm a esperança de serem escolhidos pelo compositor, que sempre teve como matéria-prima de seu trabalho o ser humano em sua essência mais pura.

– Gonzaguinha era humano. Queremos trazer a simplicidade do olhar dele quando fala das pessoas do cotidiano – pontua o diretor musical João Bittencourt.

Venda Online (com taxa de conveniência): http://bit.ly/CartasParaGonzaguinhaTeatroRiachueloRio

Pontos de Venda Sem Taxa de Conveniência:

Loja Riachuelo Ipanema.
Endereço: Rua Visconde de Pirajá, 321.
Horário de Funcionamento: Segunda a sábado: 12h às 15h/ 15h30 às 18h
Feriados: 11h às 15h/ 15h30 às 17h

Teatro Riachuelo
Endereço: Rua do Passeio, 38/40. Centro – Rio de Janeiro
Horário de Funcionamento:  Terça a sábado: 12h às 20h. Domingos e feriados: 12h às 19h. 
Em dias de espetáculo, a bilheteria funciona até 1 hora após o início do mesmo.

Em eventos realizados excepcionalmente às segundas-feiras, a bilheteria do Teatro funciona no mesmo horário de domingos e feriados (12h às 19h).

Em eventos na parte da manhã, a bilheteria inicia o atendimento com 2 horas de antecedência ao evento.

Meia-Entrada

A comprovação da meia-entrada deverá ser apresentada no ato da compra e no dia do evento.

O benefício de meia-entrada é assegurado para 40% do total de ingressos disponíveis para cada evento, conforme o Decreto nº 8.537/15.

Confira todas as condições de meia-entrada e seus respectivos documentos comprobatórios no link http://bit.ly/MeiaEntradaIR

SERVIÇO – Cartas Para Gonzaguinha

Local: Teatro Riachuelo Rio – Rua do Passeio, 40 – Cinelândia – Rio de Janeiro/RJ
Data: 10, 17 e 24 de abril
Classificação: 16 anos
Horário: 20h
Vendas: http://bit.ly/CartasParaGonzaguinhaTeatroRiachueloRio

Preços: Platéia: R$60 (inteira) e R$30 (meia) | Balcão Nobre: R$60 (inteira) e R$30 (meia) | Platéia VIP: R$60 (inteira) e R$30 (meia)

Posts relacionados

Mary e os Monstros Marinhos fala sobre o universo maravilhoso da ciência e da pré-história

Redação

Ao som de Raul Seixas, “Merlin e Arthur – Um Sonho de Liberdade” no Teatro Riachuelo

Redação

Elza | Musical sobre Elza Soares se apresenta no Teatro Guararapes

Alyson Fonseca

Espetáculo “Em Casa” volta a cartaz no Teatro Glaucio Gill, em Copacabana

Redação

‘Até que a Internet nos Separe’ no Teatro Eduardo Kraichete

Redação

“Kalu e a Lua”reestreia no Teatro Ipanema

Redação

Deixe um comentário