Cantora baiana Luedji Luna lança vídeo de “Um Corpo no Mundo”

A cantora e compositora baiana Luedji Luna acaba de lançar o videoclipe de “Um Corpo no Mundo“, single de seu primeiro álbum autoral, a ser lançado em 2017. A canção, escrita em 2016, tem como inspiração a diáspora negra e nasceu do encontro da artista com os imigrantes africanos na cidade de São Paulo. Com direção e fotografia de Joyce Prado, o videoclipe exalta a figura de Luedji e dos negros na imensidão cinzenta que é a capital paulista.
 
“Nós, pretos da diáspora, sentimos uma saudade ancestral. O sequestro se deu de uma maneira tão perversa que nada ou muito pouco ficou documentado. Os africanos escravizados chegando nesse continente tiveram seus nomes modificados, eram negros e negras de povos e etnias diferentes que tiveram sua subjetividade e individualidade reduzida a condição de escravo. Eram culturas diversas, línguas diversas, modos de ver o mundo diversos, que no Brasil se amalgamou com outras culturas, se sincretizou, se ressignificou, e resistiu”, explica Luedji.
 
Assim, “Um Corpo no Mundo” fala desse não-lugar, da afirmação da existência da cantora enquanto corpo preto nesse território. É a rediscussão sobre corpo: quais os corpos que merecem dignidade, escuta, respeito e VIDA. Como ressalta Luedji, “um corpo preto é um corpo coletivo, e eu não dou um passo nessa jornada sem consulta ou pedir licença…Eu não ando só!”.
 
 

Ficha Técnica do Videoclipe
Direção e Fotografia: Joyce Prado
Montagem: Janaina do Nascimento
Maquiagem: Gabriela Gaabe
Assistência de Direção: Pamella Aleixo
Still: Tassia Nascimento
Making Of: Macca Ramos
Figurino: Issac Silva
Coreografia: Luciane Ramos
 
Ficha Técnica da canção “Um Corpo no Mundo”
Produção Musical/Mixagem/ Sax/Percussão: Sebastian Notini
Masterização: Claes Persson no CRP MASTER
Vozes: Nilce Ramos e Karyne Rosselle
Guitarra: Renan Lima
Contrabaixo: Ivan Paiakan
Percussão:Edvan Mota
Técnico de gravação: Daniel Maia
 
Luedji Luna:
A baiana Luedji Luna é cantora e compositora com influências do Jazz e da MPB. Desde 2011 vem se apresentando em recitais nos principais palcos da Salvador, e cantando em bares do Rio Vermelho, bairro boêmio da cidade. Foi vencedora da etapa regional do Festival da Canção Francesa, realização da Aliança Francesa em 2013. Desde 2015 residindo em São Paulo, se apresentou no evento de moda “Casa de Criadores”, cantando no desfile do baiano Isaac Silva, e em casas como Puxadinho da Praça, Kabul Bar, Bourbon Street, e Café Piu-Piu onde realizou seu primeiro show na cidade: “Um corpo no mundo”, que fala sobre diáspora. A artista lança seu primeiro disco autoral em 2017.
Booking.com