Caixa Cultural Rio recebe exposição individual do paulista Fabio Cardoso

A CAIXA Cultural Rio de Janeiro exibe, de 27 de maio a 23 de julho de 2017, a mostra Quase pinturas, do artista plástico paulista Fabio Cardoso. A exposição é composta de uma série homônima de 13 trabalhos figurativos a óleo inéditos no Rio até então. Com curadoria do crítico de arte Agnaldo Farias, o projeto tem patrocínio da Caixa Econômica Federal e Governo Federal.

No processo de criação das obras expostas, Fabio Cardoso parte da tela coberta de tinta preta. Com terebentina, ele vai removendo essa tinta para revelar cenas que registra com a câmera do celular. São cenas que “me capturam, me sequestram”, comenta Cardoso. Para finalizar, o artista sobrepõe uma placa fina de acrílico transparente, colorido ou não, sobre a tela a óleo, que remete à velatura (leve camada de tinta aplicada sobre a pintura, deixando transparecer a tinta que está por baixo). Essa camada confere uma luminosidade singular aos trabalhos.

O ato de subtrair tinta da tela para formar imagens aproxima essa série, iniciada em 2014, do processo escultórico, como se o material bruto estivesse sendo esculpido para fazer surgir a figuração. Daí o título da mostra, Quase pinturas. Para o curador Agnaldo Farias, Cardoso consegue “entrelaçar ações meticulosas e atentas com o acaso”.

Atividades da mostra:
Na abertura da mostra, no dia 27 de maio (sábado), às 15h, Fábio Cardoso participa do debate Aspectos da pintura contemporânea com os artistas Afonso Tostes e Carlos Vergara, sob a mediação de Agnaldo Farias. A participação é gratuita, e as inscrições devem ser realizadas pelo e-mail contato@automatica.art.br. No mesmo dia, às 16h, o curador realiza visita guiada.

No dia 30 (terça-feira), a partir das 17h30, é a vez do próprio Fabio Cardoso realizar uma visita guiada ao público. O artista realizará, ainda, uma nova visita guiada no dia 17 de junho (sábado), às 17h30, quando será lançado o catálogo da exposição.

O artista:
Fabio Cardoso (São Paulo, 1958) trabalha com pintura a óleo desde 1981, quando se uniu à Cooperativa de Artistas Plásticos de São Paulo, ao lado de Baravelli, Regina Silveira, Julio Plaza, Carlos Fajardo e outros. Desde os anos 1980, expõe regularmente em galerias no Rio e em São Paulo, como a Paulo Figueiredo, Subdistrito, André Milan, Nara Roesler e Lurixs, e em diversas instituições e importantes eventos de arte, como a Bienal de Monterrey (México) e a Bienal Internacional de São Paulo.

Serviço:

Exposição Quase pinturas

Entrada Franca
Local: CAIXA Cultural Rio de Janeiro – Galeria 2
Endereço: Av. Almirante Barroso, 25 – Centro (Metrô e VLT: Estação Carioca)
Telefone: (21) 3980-3815
Abertura: 27 de maio de 2017 (sábado), às 16h
Visitação: de 27 de maio a 23 de julho de 2017
Horários: de terça-feira a domingo, das 10h às 21h
Classificação Indicativa: Livre
Acesso para pessoas com deficiência

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.