“Cachorro Enterrado Vivo” no Rio para a Mostra Minas

“Cachorro Enterrado Vivo”, este era o título da manchete de um jornal em Santos, o qual serviu de inspiração para a dramaturga Daniela Pereira de Carvalho desenvolver o texto teatral.

A montagem chega ao Rio nos dias 4 e 5 de julho para a segunda edição da Mostra Minas, no Oi Futuro Flamengo. No monólogo, dirigido por Marcelo do Vale, o ator Leonardo Fernandes interpreta três personagens distintos que se envolvem numa mesma situação, onde um vigia de um terreno recebe a proposta de um homem para cavar um buraco e enterrar seu cachorro. Após negociarem um preço, para surpresa do vigia, o dono retorna com o cão vivo. “Ele quer justificar o ato horrível por conta do desaparecimento de sua mulher, por quem o animal sofre desde que o incidente aconteceu”, explica a autora.

A peça, que estreou no ano passado em Belo Horizonte, retrata o instinto do homem e a subjetividade dos animais. “Busquei falar sobre essa ferocidade que existe nos animais e no ser humano, e como isso se transforma em ações”, reflete Daniela. Para Leonardo, “a situação do cachorro enterrado” o inspirou a buscar as emoções do animal e mimetizar seu desespero. Tendo o olfato como um dos principais sentidos dos cães, o ator procurou criar um ritmo para o personagem. “Suas falas são atravessadas pela respiração. É uma maneira de trazer para o meu corpo o drama do animal e seu sofrimento”, conta o ator.  

Serviço
Teatro Oi Futuro- Flamengo
Rua Dois de Dezembro, 63
Telefone: (21) 3131-3060
Dias: 4 e 5 de julho
Horários: 20h
Classificação: 12 anos
Duração: 50 min
Ingressos: R$30,00 (inteira)/ R$15,00 (meia)

 

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.