Bruno Bellarmino integra elenco da segunda temporada de “3%”, do Netflix, e dá vida ao chefe da milícia Gerson

Após ‘SuperMax’, da Globo, e ‘Rio Heroes’, da Fox, o público poderá assistir o ator em uma das séries de língua estrangeira de maior sucesso no exterior: ‘Gratificante para a minha carreira

Bruno Bellarmino está brilhando em 2018. O ator, que foi destaque na série “SuperMax”, da Globo, está envolvido em grandes produções no cinema e na televisão. Após estrear em fevereiro na série “Rio Heroes”, da Fox, onde viverá um lutador evangélico, o público também poderá conferir o talento do artista na segunda temporada da série de sucesso, “3%”, do Netflix, com previsão de estreia para abril.

Na trama – que tem produção brasileira, mas é apontada como a série de língua não-inglesa mais vista no exterior – Bruno será Gerson, um chefe da milícia do Continente. O convite para o papel veio de Dani Libardi, uma das diretoras do seriado.

“A Dani me disse que gostava bastante de SuperMax, e pode ter sido daí que o convite surgiu. Eu fiquei muito feliz em poder participar desta série. Já havia curtido bastante a primeira temporada e sempre falava brincando ‘que queria contar uma parte dessa história’. Acho bem legal essa força que o Netflix vem dando pra novas produções nacionais, e fazer parte disso é gratificante para minha carreira”, diz Bellarmino.

O ator conta que a boa recepção do público estrangeiro, acostumado em receber uma grande oferta de novos seriados, o deixa empolgado. Ele quer se comunicar com este público também pelas redes sociais: “Acredito que a boa recepção de 3% no exterior se deu porque lá eles estão mais acostumados com projetos diferentes, como é a série. Eu curto bastante essa troca que as redes sociais exercem instantaneamente. Poder ter acesso a outras culturas, fazendo parte do elenco de uma série tão bem-sucedida, é bastante positivo para a minha história.”

A segunda temporada da série “3%” tem previsão de estreia para abril.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.