1.7 C
New York
dezembro 18, 2018
Image default
Gastronomia

Botero em Pé

A premiada comida subversiva, que conquistou os paladares dos cariocas sem pedir licença,
apresenta novo espaço e menu

Palco de comida confortante e cerveja gelada, o Botero, que iniciou sua carreira no Mercadinho São José em 2012 e foi responsável pela revitalização do local, abriu sua primeira frente em 2015. O Botero em Pé, versão mais enxuta do bar, foi apresentado em Copacabana no formato pop up. Após seis meses de sucesso, em 2016, os sócios Bruno Magalhães e Bruno Vaz decidiram investir e abrir uma unidade fixa na Tijuca. A descolada proposta, a qual comer não é pecado e sim um prazer, conta com ambiente cool e preparos artesanais. E, agora, em agosto de 2018, os empreendedores ampliaram o espaço, que passa a acomodar cinquenta pessoas sentadas, e os oferecimentos do menu.

CAFÉS E SHAKES
Entre as novidades, seção de cafés com selecionados grãos Villa Café Gourmet, 100% arábico do Sul de Minas. A torra média proporciona equilibrada doçura ao paladar, creme consistente, tons achocolatados e de amêndoas. É levemente encorpado – Intensidade 7 – e o retrogosto é persistente. Há opções como o expresso duplo (R$7), os cremosos cappuccino (R$9) e machiatto ($5). Para os amantes do chocolate, deliciosa versão quente com textura irresistível (R$9). Outra surpresa são os shakes (R$7 – 300ml/ R$10 – 500ml) personalizados pelo próprio cliente. Além da parede do copo ser caramelizada com ondas de bala toffe; tópicos como oreo, brownie, nutella e ovomaltine (R$3 cada) podem ser escolhidos para finalizar. A base, que pode ser de chocolate ou de creme, é preparada com o sorvete – livre de conservante –  da marca carioca Nuvem.

PARA COMEÇAR
Os famosos pastéis do Botero também passam a ser servidos no Botero em Pé. De recheio farto e massa leve, opções como costela – cozida em fogo baixo – e molho bordelais (R$7) e o irresistível de queijo com cebola roxa (R$6). Já o bolinho de pão de queijo com linguiça, servido com molho sweet chilli, no Botero, ganha nova roupagem e chega com molho de catupiry (R$15).

As crocantes e sequinhas fritas são servidas em dois diferentes formatos – as batatas rústica e palito (R$9 cada). Há molhos como o barbecue da casa (R$2,50) e o ketchup de goiaba (R$2,50) para completar o sabor.

O chef Bruno Vaz também apresenta salada com mix de folhas, abobrinha marinada, batata palha doce – artesanal – gomos de tomate e vinagrete da casa (R$15).

Botero Tijuca

Botero Tijuca

SANDUÍCHES
O carro chef da casa também recebe reforço. Entre os lançamentos, o chef Bruno Vaz criou o Botero Cogu (R$29), feito com 200g de blend  artesanal de carne bovina,  coberto por queijo minas padrão, creme de cogumelos frescos e bacon crocante. O novato Misto Quente Croc (R$10) chega derretendo na boca, preparado com queijo e presunto, molho bechamel da casa, no pão de forma. O Botero Mustard (R$24) também promete aguçar as papilas gustativas com linguiça artesanal, mostarda ao curry, barbecue  de melaço e mussarela gratinada.

Entre os consagrados, servidos no brioche, o Versão Botero (R$24), um suculento hambúrguer de 160g do blend artesanal de carne bovina e bacon, coberto por cheddar, picles de maxixe, cebola, mostarda e ketchup de goiaba. Há também o Sanduba de Costela (R$24) com recheio farto, preparado em fogo baixo,  por 8 horas, finalizado com queijo minas padrão, compota de cebola e barbecue da casa.

Para quem não come carne vermelha, o Frango Caesar (R$24) é uma ótima pedida, feito com filé de sobrecoxa marinado e empanado no panko, molho caesar, parmesão e folhas de alface. Outra sugestão é o Botero Fish(R$24) com peixe do dia frito e temperado com especiarias, molho tártaro da casa e folhas de alface. Ambos também servidos em delicioso brioche artesanal.

Na Baguete, o Veggie (R$24) é regado com creme de tomate seco, recheado com berinjelas e abobrinhas grelhadas e meninadas em azeite e ervas. E, como não podia ficar de fora, o clássico cachorro quente chega em versão autoral. O Botero Dog (R$24) é preparado com linguiça artesanal, aioli de leite, compota de cebola e queijo minas padrão gratinado.

Botero Tijuca
Botero Tijuca

ALMOÇO
No almoço, o chef Bruno Vaz prepara balcão à disposição do comensal, de segunda a sábado. É oferecido mix de folhas frescas,  salada caesar e duas opções de salada surpresa (R$9 cada). Para completar, três sugestões com proteínas como lasanha de berinjela a bolonhesa (R$15).

SOBREMESA 
Para adoçar o paladar, o chef Bruno Vaz apresenta Brownie com sorvete, calda de bala tofee e farelo de oreo (R$18). Há também os palitinhos de rabanada que chegam quentinhos com doce de leite (R$16). Outras delícias são os brownies sabores (R$7) e cookies (R$6) para levar para casa.

O CHEF DA CASA
O Botero em Pé é comandado pelo chef Bruno Vaz. Ele já passou pelo estrelado  – Michelin – restaurante Eñe dos chefs catalães, os gêmeos Javier e Sergio Torres. No seu currículo também somam experiências no CT Brasserie, Miam Miam, Oui Oui e o restaurante executivo do PROJAC.

Ele chefiou a cozinha de grandes eventos como a Copa do Mundo, no Maracanã, a Casa dos EUA durante as Olimpíadas, as duas últimas edições do Rock in Rio e o evento mundial TED GLOBAL na praia de Copacabana. Para completar, o chef foi o campeão do  Batalha de Food Truck no GNT, em 2015. No mesmo ano, seu food truck Ribz, foi indicado ao melhor da categoria, no prêmio Comer & Beber da Veja Rio. Desde então, marcou presença em eventos importantes como Casa França, Sirha, Mondial de la Bière, entre outros.

Desde 2016, além de assumir a casa, chefiou eventos como Casa Cor 2018 e ministra aulas de gastronomia na Universidade Unisuam.

AMBIENTE
O ambiente é climatizado com luz baixa e paredes decoradas com extrovertido lambe-lambe nas paredes, repletas de frases como “Vendemos hambúrguer e não fast food”. Para completar, a famosa Mona Lisa Botero recebeu uma versão urban art com painel iluminado. O menu, ilustrado em um quadro negro, completa o balcão que conta ainda com produtos artesanais em cestas à disposição do cliente como brownies e cookies.  Além de mesas compartilhadas, há um reservado com aconchegantes sofás vermelhos que oferece uma experiência mais intimista.

SERVIÇOS: 

TIJUCA

Nome: Botero em Pé / Endereço: Rua Campos Sales, 15 – Tijuca – Rio de Janeiro/ Metrô a menos de 500 metros? Estação? Afonso Pena/ Telefone:(21) 3217 – 4721 / Número de lugares: 50 / Horário de funcionamento (não vale até último cliente):Segunda – 11h:30 às 23h / Terça a quinta – 11h:30 às 23h / Sexta e sábado – 11h:30 às 0h / Domingo – 18h às 23h / Cartões de crédito (American, Diners, Mastercard e Visa):Todos / Cartões de débito (Cheque eletrônico, Maestro, Redeshop, Visaelectron): Todos  Estacionamento? Manobrista? R$? Não  Couvert? R$? Não / Couvert artístico? Dias e R$? Não / Vinho em taça? Não / Aceita que o cliente leve seu próprio vinho? Sim / Cobra taxa de rolha? R$ nacional e importado? Nao / Acesso para deficiente físicos, com banheiro adaptado? Não / Área para fumantes? Não / Atividades para crianças? Não / Entrega em domicílio? Sim / Wireless? Cobra? R$ por minuto, hora? Não/ Filiais? Não /  Site? redes sociais / Aberto em que ano? 2016

Posts relacionados

Menu executivo lançamento no Tango argentino

Redação

CADEG tem pratos exclusivos e programação especial para o Dia dos Pais

Redação

Restaurante Marín inaugura em Botafogo

Redação

No Dia do Amigo restaurantes do Rio apostam comidinhas perfeitas para compartilhar

Redação

Restaurantes comemoram a chegada da primavera com receitas especiais

Redação

Milkshake personalizado no Dia das Crianças do Botero em Pé

Redação

1 comentário

romulo novembro 30, 2018 at 13:42

Lugar muito caído. Batata rústica cheia de óleo, hambúrguer sem gosto e quase crú, bacon que deveria vir crocante veio quase crú.

Resposta

Deixe um comentário