1.3 C
New York
janeiro 20, 2019
Notícias

Blue Note Rio recebe projeto Jazz & Bossa Nova Sessions

Blue Note Rio - foto: Eduardo Martino
Blue Note Rio - foto: Eduardo Martino

Iniciativa homenageia ícones da música, como Tom Jobim, Thelonious Monk, John Coltrane, Baden Powel. Apresentadas pelo Ministério da Cultura, com patrocínio do IRB Brasil RE e apoio da Estácio, as atrações farão shows exclusivos celebrando os dois gêneros. 

Consagrada por cariocas e turistas como a melhor casa de jazz da cidade, o Blue Note Rio, localizado de frente para a Lagoa Rodrigo de Freitas, recebe o projeto o Jazz & Bossa Nova Sessions, homenageando grandes ícones dos dois gêneros, de Tom Jobim a Thelonious Monk, passando por John Coltrane e Baden Powel. A programação especial contará com shows exclusivos, reunindo grandes intérpretes e músicos para celebrar a obra de mestres da música nacional e mundial, integrando em uma mesma plataforma apresentações, filmes e workshops. Entre os tributos programados até o fim de 2018 estão: Freddie Hubbard, Chet Baker, Luis Eça, Paulo Moura, Duke Ellington e Jaco Pastorius. Clientes do Clube de Fidelidade Blue Note Rio contarão com vantagens sobre informações, vendas e acesso.

“Receber um projeto tão importante para a memória e formação de novas plateias em volta do jazz e da bossa nova, dois gêneros de alcances mundiais, nos faz perceber que a existência de uma casa como o Blue Note Rio vai além do entretenimento, do show. Estamos falando de legado e celebração da música através das obras atemporais de grandes mestres.” comemora Luiz Calainho, sócio da casa.

Em seu primeiro ano de funcionamento, a primeira filial no Hemisfério Sul do mais emblemático jazzclub do mundo já recebeu ícones da música como Chick Corea, Sergio Mendes, Seun Kuti, Incognito, Martinho da Vila, Mart’nália, entre outros. A marca Blue Note foi criada há quase 40 anos em Nova Iorque e é patrimônio cultural na cidade, sendo palco de shows memoráveis de estrelas como Sarah Vaughan, Dizzy Gillespie e Oscar Peterson. No Rio, a proposta é similar e a casa busca trazer instrumentistas contemporâneos de grande quilate, promovendo a intimidade que só os clubes de jazz podem oferecer.

Apresentado pelo Ministério da Cultura (Governo Federal), com patrocínio do IRB Brasil RE e apoio da Estácio, o Jazz & Bossa Nova Sessions é uma produção da Crioula Carioca, de Lu Araujo.

“Realizar o Jazz & Bossa Nova é uma grande alegria para nós, da Crioula, além de uma responsabilidade enorme. Trazer para o palco de uma casa mundialmente consagrada, como o Blue Note, nos impõe a missão de entregar shows memoráveis, sobretudo porque vamos homenagear ícones da música nacional e internacional. Queremos que a qualidade das apresentações esteja a altura desses nomes.” comenta Lu Araújo, idealizadora do projeto e fundadora da produtora.

Posts relacionados

lha de Paquetá recebe roda de samba “A Gloriosa nos Coretos e Praças” no próximo domingo

Redação

Réveillon com o pé direito é no Aconchego Carioca

Redação

90 anos de Mickey Mouse: Conheça 10 curiosidades sobre o personagem

Redação

Ballet do Municipal na Barra da Tijuca

Redação

Festa de lançamento de grife de Saulo Poncio terá convidados famosos

Redação

Belmond Copacabana Palace realiza segunda edição do “Halloween do Copa”

Redação

Deixe um comentário