Ballet Lenita Ruschel vai representar o Brasil na Disney e ainda abrirá jogo da NBA misturando clássicos de Hollywood com samba

Escola de dança de Porto Alegre foi selecionada pelo programa 'Disney Performing Arts', que tem a Qualité Turismo como sua representante. Eles viajam no dia 16 de fevereiro.

Ser a estrela em uma apresentação na Disney parece ser um sonho distante, não é? Pois a escola de Ballet Lenita Ruschel, de Porto Alegre, no sul do Brasil, vai realizar este desejo. Uma turma de 43 pessoas, incluindo alunos, diretores da escola e acompanhantes, embarca no dia 16 de fevereiro para Orlando, nos Estados Unidos. O grupo foi selecionado no programa Disney Performing Arts, representado pela Qualité Turismo no Brasil, que já levou mais de 30 escolas de dançarinos daqui para se apresentarem nos palcos da terra do Mickey e seus amigos. Eles serão a primeira escola brasileira levada pela Qualité em 2018.

“Nossa escola tem 64 anos e foi criada pela minha mãe, Lenita Ruschel. Trabalho como guia da Disney há muitos anos e sempre via as performances pelo ‘Disney Springs’. Fomos convidadas para participar deste projeto pelo (coreógrafo e coordenador artístico da Qualité) Jonathan da Veiga, que nos assistiu nos festivais. Então eu comecei a convidar as meninas e elas ficaram empolgadíssimas.  As coreografias foram feitas por mim, pela Silvia Ruschel e pelo bailarino Igor”, conta Helena Ruschel, que divide a direção da escola com a irmã Silvia e a mãe, Lenita.

Entusiasmada, Helena não faz mistério sobre o que vai apresentar na Flórida e dá detalhes do espetáculo: “Estamos com coreografias lembrando Hollywood, como ‘O Mágico de Oz’, ‘Cantando na Chuva’ e personagens como Charles Chaplin, Mary Poppins e Marilyn Monroe. Nos momentos de troca de roupa teremos um solo e também um quarteto. O ‘grand finale’ será em estilo ‘sambão’, bem brasileiro, chamado ‘Welcome to Brazil'”. A média de idade dos dançarinos fica em torno de 12 e 13 anos. 

A diretora diz que todos na escola estão eufóricos com a oportunidade. “Estou muito feliz em poder levar minha escola e minhas alunas para um lugar mágico e ainda por cima mostrar o nosso trabalho que sempre foi feito com muito amor e dedicação. O pessoal está na expectativa e com aquele friozinho gostoso na barriga”, afirma.    

Ballet Lenita Ruschel num clássico da NBA

Mas a emoção não para por aí. Para completar o sonho, o Ballet Lenita Ruschel abrirá um clássico da NBA. No dia 22 de fevereiro, seus bailarinos estarão dançando no Amway Center, antecedendo o jogo de Orlando Magic x New York Knicks, para um público de nada menos que 15 mil espectadores.

Parceria de sucesso será repetida em 2018

2017 foi um ano mais do que incrível para a Qualité Turismo. A agência se consagrou como um dos maiores representantes oficiais da América Latina do programa Disney Performing Arts, Intercâmbio cultural com o selo de qualidade Disney, que busca incentivar escolas de dança e música de toda a parte do mundo para fazer parte do Showbiz do Walt Disney World. Apenas em 2017 a Qualité qualificou 14 escolas de dança espalhas pelo Brasil para se apresentarem maior complexo de entretenimento do mundo e fazerem parte do programa.

“Em 2017 a Qualité qualificou 14 escolas – de dança e música, no programa. Vamos ainda fechar o ano com uma escola que se já se apresentou em Orlando e agora, seguindo nosso plano de carreira, se apresentará na Califórnia. Não é tão simples como muitos pensam participar do ‘Disney Perfoming Arts’, o programa atende aos padrões estabelecidos no National Core Arts Standards imposto pela Disney. Além da apresentação inesquecível no Disney Springs, o programa incluí também workshops opcionais ministradas por profissionais especializados do Walt Disney World”, explica a diretora da Qualité Turismo, Fabiana Carvalho.

Fabiana ressalta ainda que o sonho dos dançarinos que participam do programa não para em Orlando. Com a Qualité Turismo é possível seguir se apresentando em outros palcos da Disney pelo mundo: “O diferencial do programa Disney Performing Arts oferecido pela Qualité Turismo é que os grupos têm a oportunidade de seguir em um plano de carreira e se apresentar na Califórnia, nos Estados Unidos, Paris, na França e Hong Kong, na China.”

E para 2018 a Qualité segue a todo vapor: já são mais 14 escolas confirmadas e outras em processo de seleção. A agência se prepara para mais uma nota etapa do programa que são as apresentações em Hong Kong.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.