25.2 C
Rio de Janeiro
outubro 16, 2018
Teatro & Dança

Arena Chacrinha promove o 1º Festival de Teatro Infantil entre os dias 10 e 14 de outubro

Totalmente gratuito festival faz parte da ocupação Chacrinha EmCena

A FETAERJ – Federação de Teatro Associativo do Estado do Rio de Janeiro lança seu primeiro festival voltado para a Infância e Juventude. A FETAERJ, que atua há mais de 40 anos, traz no currículo diversos festivais estaduais como: Prêmio Paschoalino, Festival de Dramaturgia e Festivais de Esquetes, promove agora a 1ª mostra de espetáculos infantis na Arena Chacrinha.

Totalmente gratuito, o objetivo é ofertar ao público espetáculos de qualidade com temáticas que despertem o saber cultural e fomente a formação de plateia. A mostra que acontecerá de 10 a 14 de outubro foi pensada em horários que coincidam com o horário escolar para que as escolas da localidade possam levar seus alunos e também horários no feriado e final de semana para possibilitar uma atividade em família.

Serviço

1º Festival de Teatro Infantil
Local: Arena Carioca Chacrinha
Endereço: Rua Soldado Elizeu Hipólito, 138 – Guaratiba
Dias: 10 a 14 de outubro de 2018
Quarta a Domingo: Diversos Horários
Ingresso: Entrada Franca
Duração: 50 minutos
Classificação: Livre

PÉROLAS NEGRAS
Contos e lendas africanos são teatralizados neste espetáculo a fim de valorizar costumes e ideais. Tudo começa com Anansi, que para conquistar o baú de histórias de Nyami e difundi-las pelo mundo, tem que enfrentar com inteligência OSEBO – o leopardo de dentes terríveis; MBORO – os marimbondos que picam como fogo; e MOATIA – a fada que nenhum homem viu. Do Baú de Anasni brotam a história de Bimundo (Ilha de Cabo Verde), a Lenda do Tambor – ou o Macaco de Nariz Branco – originária de Guiné Bissau e por fim a história da Menina e o Saco, popularizada no Brasil como a História do Surrão. Tudo termina com um jongo, ritmo difundido entre quilombos brasileiros e que deu origem ao samba.

Ficha Técnica
Direção: Josué Soares
Dramaturgia e Músicas: Marcia Valença e Josué Soares
Figurinos: Marcia Valença
Elenco: Marcia Valença e Josué Soares;
Músicos: Michel Nascimento e Dalus Gonçalves

Serviço
local: Arena Carioca Chacrinha
Dias: 10 de outubro
Quarta: 11h
Ingresso: Entrada Franca
Duração: 50 minutos
Classificação: Livre

CIDADE DO SORRISO
O espetáculo conta a história de Doril, um palhaço que ao acordar percebe que seu nariz desapareceu e junto com ele o seu sorriso, desesperado parte com sua parceira Flora a procura de um famoso lugar chamado Cidade do Sorriso, onde pode estar seu nariz. Amizade, amor, alegria, fé e muita confusão se misturam na aventura destes dois palhaços em busca da felicidade.

Ficha Técnica
Texto, direção e elenco: Fernando Dias e Sarah Christina Carvalho
Direção de Produção: Sarah Christina Carvalho
Assistente de Produção: Renan Oliveira
Figurino: Valéria Oliveira e Sarah Christina Carvalho
Cenografia: Guapoz Produções Artísticas
Trilha e música original: Fernando Dias (Colaboração Marco Barroso)
Iluminação: Pablo Rodrigues
Técnica: Renan Oliveira

Serviço
local: Arena Carioca Chacrinha
Dias: 10 de outubro
Quarta: 14h
Ingresso: Entrada Franca
Duração: 50 minutos
Classificação: Livre

ANTES QUE O GALO CANTE
Árvores seculares e prados floridos compõem esta linda e bela floresta onde uma borboleta poeta narra esta história de amor. Neste cenário, convivem em perfeita harmonia animais de patas e de asas que, depois de uma grande divisão, não se misturam, mas que verão nascer o amor quase impossível entre uma gata e um sabiá. Para viver este amor, o Sabiá Laranjeira Junior e a Gata Malhada do Mato, terão que passar por muitas dificuldades, já que este passarinho está prestes a se casar antes do último cantar do galo. Será que este amor vai dar certo? Livremente inspirada na obra de William Shakespeare Romeu e Julieta, “Antes que o Galo Cante” é um espetáculo leve e divertido que agrada a adultos e crianças de todas as idades.

FICHA TÉCNICA
Texto: Fabiola Rodrigues e RibamarRibeiro
Direção: Carla Meirelles

Elenco: Nivea Nascimento – Gata Malhada, Getulio Nascimento – Sabiá Laranjeira, Fabiola Rodrigues – Borboleta, Fernanda Dias – Mariposa Bruxa,Julio Cesar Ferreira – Calango, Ribamar Ribeiro – Gabiru, Juliana Santos – Galinha D`Angola, Renato Neves – Doma Arara

Serviço
local : Arena Carioca Chacrinha
Dias: 11 de outubro
Quinta: 11h
Ingresso: Entrada Franca
Duração: 50 minutos
Classificação: a partir de 5 anos

A FARRA DO BOI BUMBÁ
Com autoria e direção de Ribamar Ribeiro, A história se desenvolve em torno de um rico fazendeiro que tem um boi muito bonito. Pai Chico, trabalhador da fazenda, para satisfazer a sua mulher Catirina, que está grávida e sente desejo de comer a língua do boi. O Pai Chico traz a língua do boi e a confusão está formada. E além da história do boi, a trama também traz pequenos contos do folclorista Câmara Cascudo.

FICHA TÉCNICA
Elenco: Carla Meirelles, Getulio Nascimento, Juliana Santos, Julio Cesar Ferreira, Nívea Nascimento e Renato Neves.
Direção Geral e Autoria: Ribamar Ribeiro
Figurino: Andre Vital
Preparação Musical e Músicas: Getulio Nascimento
Preparação de Voz: Juliana Santos
Cenografia: Ribamar Ribeiro
Iluminação: Mauro Carvalho
Maquiagem: Getulio Nascimento
Produção Executiva: Claudia Bueno
Realização: Os Ciclomáticos Companhia de Teatro

Serviço
local: Arena Carioca Chacrinha
Dias:11 de outubro
Quinta: 14h
Ingresso: Entrada Franca
Duração: 50 minutos
Classificação: Livre

O TESOURO DE MARIA
O encontro entre um personagem e seu criador. Isso é o que dá origem ao texto de O Tesouro de Maria. Pluft encontra um baú misterioso e se depara com uma mulher desconhecida. Como ele tem medo de gente, assustado, questiona quem é ela. Ela diz que, de alguma forma, ela é sua mãe, pois ela havia criado sua história, que seu nome é: Maria Clara Machado. Explica que ele não precisa ter medo de gente, pois gente é que tem medo de fantasma, diz que escreveu muitas histórias e que se ele abrir o baú misterioso vai conhecer outros personagens de outras histórias criadas por ela. Nesse encontro Pluft também conhece outros personagens de outras histórias da autora, como o Camaleão Alface do Rapto das Cebolinhas, a Bruxinha Angela da Bruxinha que era Boa, e muitos outros. Com esse espetáculo o grupo, além de homenagear, apresenta ao público um pouco da história dessa grande teatróloga brasileira e ainda oferece aos espectadores, um divertido passeio por suas obras.

FICHA TÉCNICA
Elenco: Angelah Dantas, Eliandro Martins, Nah Campos, Alexandre Corecha, Geraldo Chacon (stand by)

Serviço
local: Arena Carioca Chacrinha
Dia: 12 de outubro
Sexta: 16h
Ingresso: Entrada Franca
Duração: 50 minutos
Classificação: Livre

NOSSO GRANDE ESPETÁCULO
A Adorável Companhia apresenta um espetáculo que conduz o público a uma experiência única que o universo do circo desde sempre se propõe: arrebatar seu público. Comicidade, música ao vivo, instrumentos excêntricos, acrobacia, dança e paródia de personagem infantil são trazidos à cena sempre num vigoroso trabalho físico, em uma dramaturgia desenvolvida pela ação e pautada no jogo clássico da dupla de palhaços, alcançando espectadores de todas as idades.

FICHA TÉCNICA
Direção Artística: Marcos Camelo
Elenco: Cecília Viegas e Marcos Camelo
Direção Musical: Julio Coelho
Iluminação: André Camelo

Serviço
Local: Arena Carioca Chacrinha
Dia: 13 de outubro
Sábado: 16h
Ingresso: Entrada Franca
Duração: 50 minutos
Classificação: Livre

ERA MAIS UMA VEZ OUTRA VEZ
Depois de passar muito tempo na estante da biblioteca, um livro de contos-de-fadas é escolhido por uma leitora. A narradora imediatamente se alarma quando percebe que a história está toda bagunçada. O reino da Calibúrnia agora o reino é de Anascar. E a rainha, onde estaria? Assim começa a perambulação da Narradora em busca dos personagens para colocar a casa em ordem antes que a menina comece a ler. O tempo passou desde a última leitura e tudo estava mudado: o reino da Calibúrnia não existe mais, a rainha vive na praia e as personagens seguiram suas vidas. A Narradora, que não quer perder a leitora, tem que dar um jeito de recontar a história.

FICHA TÉCNICA
Autoria: Glaucia Lewick
Adaptação, Direção, Cenografia e Sonoplastia: Mauro Marques
Produção: Nilda Andrade e Mauro Marques
Figurinos e Maquiagem: Cia do Risco
Iluminação: Rodrigo de Oliveira
Elenco: Débora Esteves, Aline Ferreira, Nilda Andrade, Leonardo Rodrigues e Gideão Quieto

Serviço
Local: Arena Carioca Chacrinha
Dia: 14 de outubro
Domingo: 16h
Ingresso: Entrada Franca
Duração: 50 minutos
Classificação: Livre

Posts relacionados

Luiz Ruffato participa de debate no Centro Cultural Banco do Brasil, no Rio de Janeiro

Redação

Edwin Luisi em “Nossas Mulheres”, de Eric Assous estreia Teatro Ipanema

Redação

Musical Cinderela Lá Lá Lá no Espaço Furnas Cultural

Redação

Deixe um comentário