André Piva celebra os 20 anos do seu escritório em livro que apresenta panorama da sua carreira

Casas, apartamentos e coberturas, com paisagens integradas à arquitetura, lojas e Casa Cor estão entre os projetos

André Piva Arquitetura será lançado no Rio de Janeiro em noite de autógrafos no dia 07/12 (quinta-feira), na casa de Leny Niemeyer – Av. Epitácio Pessoa, 1084, Lagoa – a partir das 18h.

Em São Paulo, André Piva autografa o livro no sábado (09/12), na B&B Itália, Av. Brasil, 1653, Jardim América – entre 11h e 14h.

Serviço

André Piva Arquitetura
Zeta Editora
Texto: Sérgio Zobaran
Fotografia : Denílson Machado (MCA Studio)
272 paginas
Formato: 30,5 X 24,5 cm
Preço: R$ 249,00

Dono de um estilo inconfundível, André Piva reúne em livro projetos que marcaram sua carreira e fizeram com que o escritório André Piva Arquitetura seja reconhecido pela sofisticação e originalidade de suas criações. A obra, repleta de trabalhos brilhantes, revela a harmonia na concepção arquitetônica dos espaços e as ideias que colocam em evidência a arte aliada à arquitetura.

Sem estabelecer uma cronologia, o arquiteto apresenta 25 trabalhos que refletem as tendências e a evolução da arquitetura ao longo dos anos.  Em belas fotos e textos, os detalhes dos projetos de casas, coberturas, lojas e mostras de decoração são apresentados.

Este verdadeiro panorama mostra como Piva privilegia a abertura máxima para a exterior dos espaços que ele concebe, assim como layouts integrados. A limpeza na arquitetura, que resulta em uma decoração clean, com a criação de ambientes que vão do estilo contemporâneo e passam pelo moderno e industrial até chegar ao casual descompromissado.

O livro revela este olhar carioca leve e muito próprio de André Piva ao expor sua atenção ao detalhe e à busca pela simplicidade. Na obra também fica evidente o senso estético e princípios básicos parecidos entre ele e a sócia Vanessa Borges, que também assina a autoria do livro.

No mobiliário dos espaços internos expostos no livro, o repertório é variado, sempre com qualidade atemporal: dos brasileiros Sergio Rodrigues e Jorge Zalszupin, Claudia Moreira Salles e Branco & Preto aos italianos contemporâneos. São peças clássicas de designers famosos ou não, pois o que importa é o traço, as proporções e o acabamento. Nenhuma escolha é aleatória.

Os trabalhos dos dois arquitetos — ele gaúcho e ela carioca, ambos formados no Rio de Janeiro – se completam e seus papéis se misturam já que o processo criativo é realizado em conjunto, do conceito à realização. Este espírito construído na proximidade com o mar e na descontração do verão que dura o ano inteiro se estende aos projetos assinados pela dupla no Brasil e no exterior que estão no livro André Piva Arquitetura.

Os arquitetos

André Piva, nascido em Caxias do Sul (RS), passou pela UnB, em Brasília, antes de se formar em Arquitetura na UFRJ. Começou no Rio de Janeiro com projetos comerciais e corporativos. Em 2000, a construção de sua própria casa, um projeto ousado e contemporâneo, trouxe reconhecimento nacional e internacional, e o incentivou a partir para projetos residenciais. Com influência de arquitetos como Mies van der Rohe, Alvar Aalto, Gregori Warchavchik e Richard Neutra, Piva busca uma arquitetura artesanal, que lhe permite um trabalho autoral. O portólio do escritório inclui obras executadas no Rio de Janeiro, São Paulo, Angra dos Reis e Búzios. No setor corporativo, tem projetos assinados em todo o Brasil e mais Portugal e Angola.

Formada em Arquitetura pela Universidade Santa Úrsula, e em Desenho Industrial pela PUC/RJ, a carioca Vanessa Borges pintou tecidos com Mucki no Rio, trabalhou no escritório de Toninho Noronha e Clarisse Reade quando foi morar em São Paulo, em 1995, e na volta à sua cidade se integrou ao estilo da marca de moda Lenny, onde depois atuou como arquiteta, projetando a mudança da fábrica e da casa da empresária Lenny Niemeyer. Em janeiro de 2009 passou a coordenar no escritório Andre Piva Arquitetura a área de decoração e desde 2014 responde também como sócia.