18.8 C
New York
junho 20, 2019
Notícias

Alunos da rede municipal apresentaram nesta sexta ‘Sinos de Natal’ no Unicirco Marcos Frota

Sinos de Natal - Programa Orquestra nas Escolas no Unicirco - foto: Marcos Frota
Sinos de Natal - Programa Orquestra nas Escolas no Unicirco - foto: Marcos Frota

Cerca de 1.500 jovens músicos estudantes da rede municipal de ensino participaram nesta sexta-feira, 30, do espetáculo ‘Sinos de Natal’. O evento do Programa Orquestra nas Escolas aconteceu na lona do Unicirco Marcos Frota, na Quinta da Boa Vista, e contou com a presença do ator embaixador do circo no Brasil.

“Viva o circo, viva a música! A música, a arte são os principais símbolos de esperança para nós que acreditamos na escola, na educação, e somos apaixonados por crianças e jovens. E acreditamos que podemos fazer a diferença!”, declarou emocionado o ator.

Apresentações de jazz, samba, música popular e clássica embalaram o espetáculo com artistas circenses. O evento marcou o início das festas de fim de ano do programa de música da Secretaria Municipal de Educação.

Programa Orquestra nas Escolas
O Programa Orquestra nas Escolas nasceu em 2017 com o objetivo de ser um importante aporte às ações de educação e ensino dentro das Escolas da Rede Municipal do Rio. O Programa oferece aulas de instrumentos musicais em várias escolas municipais espalhadas pela cidade. Foi criada a Orquestra Sinfônica Juvenil Carioca, formada por mais de 150 alunos da Rede Municipal que já tocam algum instrumento, além de outros grupos musicais, como a Orquestra Sinfônica Juvenil Carioca Rivadávia Corrêa, OSJC Jazz, OSJC Camerata de Choro Orsina da Fonseca, OSJC Coro Laboratório Orsina da Fonseca, OSJC Flauta Doce Rivadávia Corrêa, OSJC Sopro Rivadávia Corrêa e OSJC Cordas Rivadávia Corrêa.

As aulas acontecem no contraturno e pós-turno escolar. O estudante escolhe o instrumento de sua preferência para aprender, entre eles a viola, violino, contrabaixo acústico, flauta doce, flauta transversal, trompete, trombone, clarinete, percussão, trompa, oboé, tuba, saxofone, violão, cavaquinho, instrumental ORFF, pandeiro e voz, além de canto coral e coro bilíngue. Até o segundo semestre de 2018 já são 45 escolas-polo e cerca de 11 mil alunos beneficiados. Até 2020 serão 80 mil atendidos pelo Programa.

Os grupos musicais ensaiam nos Centros de Formação de Orquestra: Cidade das Artes, Escola Municipal Rivadávia Corrêa e Escola Municipal Orsina da Fonseca. São mais de 8 horas semanais de ensaio e aulas de naipe. Ao todo, mais de 200 alunos da Rede Municipal do Rio de Janeiro compõem os grupos.

Posts relacionados

Petrópolis abre o Natal Imperial 2018 nesta sexta feira

Redação

Trancista faz ensaio fotográfico carnavalesco inspirado na inclusão

Redação

Bailinho de Carnaval no Della Chef

Redação

RioZoo oferece 100 vagas para o curso de formação de Zoonitores

Redação

Shota Nakama, criador da Video Game Orchestra, estará na 11ª edição da Brasil Game Show

Redação

‘Cartas para Gonzaguinha – O Musical’ estreia no Teatro Riachuelo

Redação

Deixe um comentário