Álbuns gravados no Red Bull Studio São Paulo são destaque no Prêmio Multishow

Além de estarem no epicentro da efervescência musical brasileira, Elza Soares, BaianaSystem e Liniker também têm outro aspecto em comum: seus últimos álbuns – A Mulher do Fim do Mundo (2014), Duas Cidades (2016) e Remonta (2016), respectivamente – foram gravados no Red Bull Studio São Paulo.

Nesta terça-feira, 25, os três registros receberam o Prêmio Multishow em diferentes categorias. Elza foi contemplada com “Canção do Ano” por “Maria da Vila Matilde” e BaianaSystem levou “Melhor Disco”, com Duas Cidades, e “Melhor Hit”, com “Playsom”. Já Liniker, com Remonta, foi a “Revelação” da noite — todos nomeados pelo “SuperJúri”, o júri especializado da premiação.

Elza Soares, Liniker e BaianaSystem foram vencedores nas categorias “Canção do Ano”, “Revelação”, “Melhor Álbum” e “Melhor Hit”, respectivamente

Desde 2013, o Red Bull Studio São Paulo funciona como um espaço de experimentação e produção musical para artistas dentro do Red Bull Station, onde funcionou a antiga subestação de energia Riachuelo. Com altíssimo padrão técnico, o estúdio é reservado para talentos excepcionais de estilos diversos, independente de sua abrangência ou tempo de carreira. Por ali, já passaram nomes como Metá Metá, Nação Zumbi, Emicida e Arto Lindsay.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.