ABIH-SP divulga projeções de ocupação hoteleira nas férias escolares

Indicativos demonstram que haverá crescimento nas taxas de ocupação no Estado de São Paulo durante as férias de julho

Bruno Omori
Bruno Omori

A ABIH-SP anunciou uma estimativa da ocupação hoteleira no Estado de São Paulo nas férias de julho, quando muitas famílias aproveitam o período para viajar com os filhos.

Segundo a entidade o número de diárias, bem como o período de hospedagem, deverão crescer em relação ao ano passado. De acordo com o último levantamento da entidade no Estado de São Paulo existe uma oferta de 182mil Uh”s entre hotéis, flats, condohotéis, resorts e pousadas, que estão divididos por segmentos da seguinte forma: Capital, Interior de Negócios, Interior de Lazer e Litoral.

De acordo com Bruno Omori, presidente da entidade, “ o mês de julho, com a fase final da Copa do Mundo e as férias escolares, apresentará um crescimento de ocupação  no litoral e interior de  4% a 7% em relação à 2017, tanto pela retomada de crescimento da economia, assim como ações de marketing promocional para os jogos do Brasil”, explica o dirigente.

Ele acrescenta que na capital os números se apresentam bem diferentes, mas ainda assim, dão  indicativos de crescimento, embora os percentuais sejam bem menores. “Na Capital e nos meios de  hospedagens voltados para negócios no Interior tem previsão de crescimento de 1% de ocupação durante o período, notadamente porque o próprio período de férias diminui a hospedagem de negócios, sobretudo na Capital”, complementa.

Segundo ele, durante as férias escolares, a entidade estima que o crescimento também será favorecido pela valorização do dólar, o que motiva as pessoas  escolherem atrativos turísticos brasileiros na hora de decidir a viagem, influenciando principalmente a classe média a procurar destinos nacionais.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here