Workshop e Performance essa semana na Red Bull Station

WORKSHOP

15 DE SETEMBRO / 18H – 20H30

A/V PERFORMANCE – Ministrado por Luke Bennett e Simon Krahl, do coletivo Transforma (Alemanha) e por Fernando Velázquez e Francisco Lapetina, do coletivo FF (Uruguai), o workshop A/V Performance propõe uma discussão sobre as bases da criação audiovisual em tempo real. A ideia é analisar conceito, pesquisa e produção de uma obra. Inscrições pelo e-mail assistente.curadoria@redbull.com.br, com nome completo, contato, carta de intenção e minibio.  

Coletivo Transforma
O coletivo Transforma foi fundado em 2001 por Luke Bennett, Baris Hasselbach e Simon Krahl. Eles se conheceram enquanto estudavam Cinema Experimental e Meios de Comunicação na Universidade das Artes de Berlim, e logo começaram a fazer vídeos, instalações audiovisuais, cinema ao vivo e performances. O grupo também produziu trabalhos em colaboração com músicos como Apparat, Dieter Meier, Alex Banks e Chloé, bem como com o diretor de teatro Sebastian Hartmann, a coreógrafa Sônia Mota e o artista YRO. Já se apresentaram ao vivo em festivais e locais de todo o mundo, por exemplo, Instituto KW de Arte Contemporânea, em Berlim, Barbican Centre, em Londres, FAD – Festival de Arte Digital, em Belo Horizonte, Festival Art.Ware, em Hong Kong, Festival Sequences, em Reykjavik, CTM Festival, em Berlim, e vários outros.

Coletivo FF
O Coletivo FF é um projeto audiovisual dos artistas Francisco Lapetina e Fernando Velázquez. Lapetina tem como matriz de criação o som, tem 4 álbuns publicados e além dos projetos autorais tem composto para dança, teatro e espetáculos multimídia. Atualmente desenvolve a plataforma Hornero Migratório (http://www.horneromigratorio.uy) que busca aproximar a criação musical a contextos de vulnerabilidade. Fernando Velázquez é artista transdisciplinar, mestre em Moda, Arte e Cultura pelo Senac/SP, pós-graduado em Vídeo e Tecnologias On e Off-line pelo Mecad/Barcelona, participa de exposições no Brasil e no exterior com destaque para a Emoção Art.ficial, na Bienal de Arte e Tecnologia (Brasil, 2012), Bienal do Mercosul (Brasil, 2009), Mapping Festival (Suiça, 2011), WRO Biennale (Polônia 2011) e o Pocket Film Festival no Centro Pompidou (Paris, 2007). Recebeu, dentre outros, o Prêmio Sergio Motta de Arte e Tecnologia (Brasil, 2009), Mídias Locativas Arte.Mov (Brasil, 2008) e o Vida Artificial (Espanha, 2008).

PERFORMANCE

16 DE SETEMBRO / 20H

UNTITLED – Após ministrarem o workshop A/V Performance, os artistas Luke Bennett, Simon Khral (Coletivo Transforma/Alemanha), Francisco Lapetina e Fernando Velázquez (Coletivo FF/Uruguai)  apresentarão a performance audiovisual inédita “Untitled” no Red Bull Station, desenvolvida durante a turnê do espetáculo multimídia “Deitar o Sal”, de autoria do quarteto, que aconteceu entre agosto e setembro no norte do país.