Uma luta dentro e fora do tatame

Espetáculo que conta a emocionante história de um atleta iraniano em busca do sonho olímpico realiza circulação pelo Programa Fomento Carioca

Arash é um judoca iraniano que desde a infância enfrentou desafios pessoais e sócio-políticos de seu país, mas nunca deixou de sonhar em participar de uma olimpíada. A força necessária para realizar seu objetivo ele encontrava no próprio Judô, não medindo esforços, chegando até os limites de seu corpo.

Esse é o fio condutor do espetáculo “Um de Nós” que inicia circulação pelas Arenas Cariocas e Lonas Culturais, através do Programa Fomento Carioca. Os moradores das zonas Norte e Oeste terão a oportunidade de ver e torcer pela história de Arash, que é pautada por um questionamento: “até que ponto vale a pena lutar por um sonho?” 

“Um de Nós” propõe uma reflexão sobre esta questão a partir da cativante e surpreendente história de Arash, um atleta do Irã que desde criança viu no judô a chance de superar seus conflitos e alcançar sua independência, sonhos e felicidade.

A estreia acontece dia 11 de julho, próxima segunda, ás 15h na Lona Elza Osborne em Campo Grande. A produção circula até 29 de julho passando ainda por Pedra de Guaratiba, Realengo, Guadalupe, Penha, Bangu, Pavuna, Anchieta, Madureira e Centro. Haverá a presença de um interprete de libras em oito, das dez apresentações. Entrada Franca.

Reproduzindo uma área de competição de judô, o espetáculo possui em seu cenário tatames, quimonos, bandeiras e placa dos patrocinadores. Vestidos com quimonos e realizando movimentos de judô durante todo o espetáculo, cinco atores vivem esta história. A proposta é que a peça seja vista também como uma luta, numa metáfora ao papel do artista de, assim como o esportista, quebrar as barreiras, superar desafios, levar teatro até onde não há.

O ESPETÁCULO
O ator Pedro Monteiro é idealizador e um dos autores do texto, além de protagonizar a história. Ele divide a dramaturgia com Joana Lebreiro e Marcus Galiña. A trama baseia-se numa situação vivida pelo próprio idealizador, em 2007, quando assistia a uma entrevista de um atleta iraniano. Desde então ele não conseguiu deixar de pensar em uma hipotética situação: como teria sido se o atleta fosse a uma Olimpíada? A trajetória de realização do sonho deste outro homem é o próprio espetáculo. A peça estreou em janeiro de 2015 no Teatro Municipal Maria Clara Machado

A produção tem direção de Joana Lebreiro, vencedora dos prêmios Zilka Sallaberry e CBTIJ de Teatro Infantil, ambos em 2015 pelo espetáculo “Bisa Bia, Bisa Bel”. O figurino de Roberta Pozato é inspirado nos uniformes de Judô e o cenário, que reproduz uma área de competição de Judô é assinado por Nathalia Lana. Já a iluminação é assinada por Daniela Sanchez, vencedora do Prêmio APTR 2015 pela peça “Uma Vida Boa”. No elenco, Gabriela Estevão, Jorge Neves, Marcelo Dias, Pedro Monteiro e Ricardo Damasceno.

O vencedor do Prêmio Shell 2010, Marcelo Alonso Neves, assina a direção musical e trilha sonora de “Um de Nós”. Toda peça é permeada por movimentações de judô, ressaltados pela potente trilha que envolve ainda mais o espectador no universo do esporte e dão um tom cativante às cenas. O projeto contou desde o início com o apoio do Instituto Reação, e os atores treinaram judô por cinco meses antes do início do espetáculo. O resultado dessa construção cuidadosa é visível em cena.

SINOPSE
Numa madrugada, um homem assiste a uma entrevista pela TV. Um judoca iraniano no Pan Americano de 2007 competindo pela seleção da Guatemala. A luta, que o classificaria para os Jogos Olímpicos de Pequim, não havia acontecido. Como pode uma luta não ter acontecido? É com esse pano de fundo que “Um de Nós” conta a saga de Arash, esse atleta, que, em busca do sonho olímpico, enfrentará lutas dentro e fora do tatame. De embates políticos, a problemas de saúde, o espetáculo apresenta uma impressionante e emocionante história de superação, sonho e vitórias.

SERVIÇO
Data: 11 de julho – segunda-feira
Horário: 15h 
Local: Lona Cultural Municipal Elza Osborne
Endereço: Estrada Rio “A” nº 220 – Campo Grande
Tel.: 3406-8434 / 2413-2255
Entrada Franca
Lotação: 320 lugares
Tempo de Duração: 70 minutos
Classificação indicativa: livre

Data: 12 de julho – terça-feira
Horário: 15h 
Local: Arena Carioca Abelardo Barbosa- Chacrinha
Endereço: Rua Soldado Elizeu Hipólito s/nº, esquina com Av. Litorânea – Pedra de Guaratiba
Tel: (21) 3404-7980
Entrada Franca
Lotação: 330 lugares
Tempo de Duração: 70 minutos
Classificação indicativa: livre

Data: 14 de julho – quinta-feira
Horário: 15h 
Local: Lona Gilberto Gil
Endereço: Av. Marechal Fontenelle, 5000, Realengo
Tel: 3462-0774 / 3333-2889
Entrada Franca
Lotação: 320 lugares
Tempo de Duração: 70 minutos
Classificação indicativa: livre

Data: 15 de julho – sexta-feira
Horário: 15h
Local: Lona Cultural Municipal Terra/ Guadalupe
Endereço: Rua Marcos de Macedo, s/n° – Guadalupe
Tels.: 3018-4203 / 3018 -4203
Entrada Franca – (retirada dos ingressos a partir de uma hora antes do espetáculo)
Lotação: 320 lugares
Tempo de Duração: 70 min
Classificação indicativa: 14 anos.

Data: 16 de julho – sábado
Horário: 17h
Local: Arena Carioca Carlos Roberto de Oliveira – Dicró 
Endereço: Av. Brás de Pina, s.n, Parque Ary Barroso. Penha. Entrada pela Rua Flora Lobo.
Informações: 3486-7643
Entrada Franca – (retirada dos ingressos a partir de uma hora antes do espetáculo)
Lotação: 338 lotação
Tempo de Duração: 70 min
Classificação indicativa: Livre

Data: 18 de julho – segunda-feira
Horário: 15h
Local: Lona Cultural Municipal Hermeto Pascoal
Endereço: Praça 1º de Maio s/nº – Bangu
Entrada Franca – (retirada dos ingressos a partir de uma hora antes do espetáculo)
Lotação: 320 lugares
Tempo de Duração: 70 min
Classificação indicativa: Livre

Data: 19 de julho – terça-feira
Horário: 15h
Local: Arena Carioca Jovelina Pérola Negra
Endereço: Praça Ênio, s/nº – Pavuna
Entrada Franca – (retirada dos ingressos a partir de uma hora antes do espetáculo)
Lotação: 308 lugares
Tempo de Duração: 70 min
Classificação indicativa: Livre.

Data: 22 de julho
Horário: 15h
Local: Lona Municipal Cultural Carlos Zéfiro
Endereço: Marechal Alencastro s/nº – Anchieta
Entrada Franca – (retirada dos ingressos a partir de uma hora antes do espetáculo)
Lotação: 320 lugares
Tempo de Duração: 70 min
Classificação indicativa: Livre

Data: 23 de julho – sábado
Horário: 20h
Local: Arena Carioca Fernando Torres
Endereço: Rua Bernardino de Andrade, 200 – Parque Madureira – Madureira/Turiaçu  
Tel: (21) 3495-3078 / 3495-3093
Entrada Franca
Lotação: 408 lugares
Tempo de Duração: 70 min
Classificação indicativa: Livre

Data: 29 de julho – sexta
Horário: 19h30
Local: Teatro Gonzaguinha
Endereço: Rua Benedito Hipólito, nº 125, Praça XI – Centro
Tel: 2224-3038 / 2224-8300 / 2224-2628
Entrada Franca
Lotação: 130 lugares
Tempo de Duração: 70 min
Classificação indicativa: Livre 

FICHA TÉCNICA

Uma história de Pedro Monteiro

Dramaturgia: Pedro Monteiro, Joana Lebreiro e Marcus Galiña

Direção: Joana Lebreiro

Elenco: Gabriela Estevão, Jorge Neves, Marcelo Dias, Pedro Monteiro e Ricardo Damasceno. Escrita por Marcus Galiña, Joana Lebreiro e Pedro Monteiro

Assistente de direção: Brunna Napoleão

Direção de movimento: Nathália Mello

Direção musical e trilha original: Marcelo Alonso Neves

Cenário: Nathalia Lana

Figurino: Roberta Pozato

Iluminação: Dani Sanchez

Programação visual: Livia Paupério

Stand-ins: Brunna Napoleão, Gustavo barros, Lucas Oradovschi e Pablo Sobral

Direção de produção: Gabriela Imelk

Realização: Pedro Monteiro

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite seu comentário
Por favor, digite seu nome aqui