Uma homenagem a Celso Blues Boy

Celso Blues Boy e Sérgio Rocha (Divulgação)
Celso Blues Boy e Sérgio Rocha (Divulgação)

Há três anos perdemos um dos nossos melhores guitarristas, Celso Blues Boy, o Mago da Fender. Precursor do Blues no Brasil, cultuado e admirado pela sua técnica e feeling, Blues Boy deixou uma grande lacuna na música e um legado muito importante para as novas gerações.

No dia 5 de janeiro, Celso Blues Boy completaria 60 anos de idade, e para celebrarmos sua obra,ninguém melhor que um de seus principais fãs e considerado pelo próprio Celso, um dos melhores guitarristas do Brasil: Sérgio Rocha !

Vários sucessos de Blues Boy estão no show como: “Sempre Brilhará”, “Fumando na Escuridão”, “Tempos Difíceis”, “Amor Vazio”, “Aumenta que isso é Rock’n’Roll”, entre outras.

A banda que o acompanha é composta por Ramiro Habib (baixo) e Silvio Leal (bateria).

Vale conferir e reviver as músicas do maior Bluesman do Brasil de todos os tempos, na interpretação fiel e digna de Sérgio Rocha nesta homenagem singular!

Som na Guitarra!!!!

Abrindo a noite teremos a maior revelação do Blues carioca nos últimos anos, a banda LARANJELETRIC!

A banda foi formada no Rio de Janeiro, em 2010 e tem como claras influências clássicos artistas da Música Negra Norte-americana.

O repertório da banda vai do Blues ao Funk, passando pelo Soul e composições próprias embebecidas pelos estilos.

Já dividiram o palco com artistas experientes do cenário Blues brasileiro, como Big Gilson, Sergio Rocha(Baseado em Blues) e do gaitista Jefferson Gonçalves.

Imperdível!
Uma noite para celebrar o melhor do Blues!

Serviço:

Show – Tributo a Celso Blues Boy

Show de abertura – Banda Laranjeletric
Teatro Rival Petrobras
Rua Álvaro Alvim, 33/37 – Cinelândia – Tel: 2240-4469
Dia 7 de janeiro, quinta-feira, às 19h30
Abertura da casa às 18h

Preço:
R$ 50 (inteira)
R$ 40  (Os 200 primeiros pagantes)
R$ 25 (Estudante / idoso / professor da rede municipal / funcionários da Petrobras)
Classificação: 16 anos
Capacidade: 458 lugares
Esta casa é patrocinada pela Petrobras

 

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite seu comentário
Por favor, digite seu nome aqui