Um Estranho no Ninho ganha sua primeira montagem no Brasil

Com direção de Bruce Gomlevsky e com os atores Tatsu Carvalho e Helena Varvaki nos papéis principais, a peça estreia em fevereiro no Centro Cultural da Justiça Federal

Um Estranho no Ninho - Foto: Felipe Diniz
Um Estranho no Ninho - Foto: Felipe Diniz

O espetáculo Um Estranho no Ninho, de Dale Wasserman chega ao Brasil e estreia para convidados no dia 28 de fevereiro de 2015 e para o público no dia 1º de março, às 19h, no Centro Cultural da Justiça Federal, no Rio. Com direção do premiado Bruce Gomlevsky e tradução de Ricardo Ventura, o clássico será encenado pelos atores Tatsu Carvalho, como Randle P. McMurphy, Helena Varvaki, como Enfermeira Ratched, Vitor Thiré, como Billy Bibbit, Charles Asevedo, como Chefe Bromden, Isaac Bardavid, como Dr. Spivey, Felipe Martins, como Dale Harding, entre outros.

A peça, baseada no romance de Ken Kesey (One Flew Over the Cuckoo’s Nest), foi originalmente encenada na Broadway em 1963 e estrelada por Kirk Douglas e Gene Wilder. Em 2001 recebeu o Tony de Melhor Remontagem. Desde sua primeira estreia, Um Estranho no Ninho foi montada em mais de 15 países, incluindo França, Suécia, Bélgica e Rússia. Em 2013 o ator os direitos para a primeira montagem em solo brasileiro.

Um Estranho no Ninho é considerado uma das maiores contribuições para o grupo de textos teatrais que possuem as relações humanas como tema central. No texto é discutido com propriedade os ditames da sociedade e a exclusão dos que lutam contra seus limites. A peça narra a história de um detento que simula a loucura para fugir dos trabalhos braçais da cadeia através da internação em uma instituição psiquiátrica. Uma vez interno, o prisioneiro (R.P.McMurphy), questiona as regras severas impostas pela enfermeira chefe (Ratched). Mas não imagina o preço que pagará por desafiar o poder. A oposição fundamental da peça não é entre a sanidade e a loucura, mas sim entre o aprisionamento e a liberdade.

No cinema, a adaptação do romance original foi estrelada, em 1975, por Jack Nicholson e ganhou as cinco principais categorias do Oscar (Melhor Ator, Melhor Atriz, Melhor Diretor, Melhor Roteiro e Melhor Filme), além de concorrer a outras quatro (Ator Coadjuvante, Cinematografia, Edição e Trilha Sonora Original). Na história do Oscar apenas esse e outros dois filmes ganharam as cinco estatuetas nas principais categorias.

O premiado autor Dale Wasserman fez a adaptação do romance para o teatro e também escreveu o musical O homem de La Mancha (Man of La Mancha) ambos vencedores do premio Tony.

Ficha Técnica:

Elenco:

Charles Asevedo (Chefe Bromden), Felipe Martins (Dale Harding), Helena Varvaki (Enfermeira Ratched), Henrique Gottardo (Auxiliar Turkle), Hylka Maria (Candy Starr), Isaac Bardavid (Dr. Spivey), Junior Prata (Ruckley), Lorena Sá Ribeiro (Enfermeira Flinn), Marcelo Morato (Cheswick), Rafael Oliveira (Auxiliar Williams), Ricardo Lopes (Auxiliar Warren), Ricardo Ventura (Scanlon), Tatiana Muniz (Sandra), Tatsu Carvalho (R.P. McMurphy), Vitor Thiré (Billy Bibbit), Zé Guilherme Guimarães (Martini)

Texto: Dale Wasserman
Tradução: Ricardo Ventura
Direção: Bruce Gomlevsky
Ass. de direção: Lorena Sá Ribeiro
Direção de produção: Rafael Fleury e Tatsu Carvalho
Cenário: Pati Faedo
Iluminação: Elisa Tandeta
Técnico de luz: Rafael Tonoli
Figurinos: Alessandra Padilha e Jerry Rodrigues
Visagismo: Uirande Holanda
Trilha original: Mauro Berman
Programação visual: Ana Andreiolo
Fotografia: Felipe Diniz

Serviço:
Espetáculo: Um Estranho no Ninho
Estreia: 1º de março
Estreia para convidados: 28 de fevereiro
Temporada: de 01 de março a 3 de maio de 2015
Horário: sextas, sábados e domingos, às 19h
Local: Centro Cultural Justiça Federal – Av. Rio Branco, 241 Centro – Rio de Janeiro
Tel.: 21 3261 2550
Bilheteria: de quarta a domingo, das 16 às 19h
Ingressos: Inteira: R$30, Meia: R$15
Gênero: Drama
Duração: 2h10m
Classificação: 14 anos
Capacidade: 141 lugares

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite seu comentário
Por favor, digite seu nome aqui