Últimos dias para visitar a exposição O Triunfo da Cor, no CCBB São Paulo

Mais de 136 mil pessoas já visitaram a mostra, que reúne 75 obras de artistas do movimento Pós-Impressionismo. A entrada é de graça e segue na cidade até 7 de julho

Autoportrait octogonal, de Edouard Vuillard. Recém-adquirida pelo Musée D’Orsay (© Musée d'Orsay, Dist. RMN-Grand Palais )
Autoportrait octogonal, de Edouard Vuillard. Recém-adquirida pelo Musée D’Orsay (© Musée d'Orsay, Dist. RMN-Grand Palais )

A exposição O Triunfo da Cor. O Pós-Impressionismo: Obras-Primas do Musée d’Orsay e do Musée de l’Orangerie entra em sua última semana de exibição no Centro Cultural Banco do Brasil. Inédita no país, a mostra é apresentada pelo Ministério de Cultura e pelo grupo segurador Banco do Brasil e Mapfre, contando com obras-primas de 32 artistas como Van Gogh, Paul Gauguin, Toulouse-Lautrec, Seurat e outros artistas que a partir de século XIX buscaram novos caminhos para a pintura.

Até o dia 7 de julho, O Triunfo da Cor fica em cartaz no Centro Cultural Banco do Brasil, depois segue para o CCBB Rio de Janeiro, onde abrirá ao público em 20 de julho e permanecerá até 17 de outubro, sendo opção cultural de destaque no importante período esportivo da cidade. O Triunfo da Cor organiza as obras vindas dos museus parisienses D’Orsay e L’Orangerie em quatro módulos, que destacam a utilização da cor.

O Triunfo da Cor abre com o icônico Fritillaires couronne impériale dans un vas de cuivre, de Vincent Van Gogh. Ainda no primeiro módulo, mais uma obra-prima do artista: L’italienne, de 1887. Os nabis, artistas reconhecidos por sua ideologia espiritual da arte, ganham um módulo isolado com destaque para obras como Autoportrait octogonal, de Edouard Vuillard, recém-adquirido pelo Musée D’Orsay e que sequer chegou a ser exposto por lá, vindo diretamente para apreciação do público brasileiro. Saule pleureur, de Claude Monte, pintado pelo francês entre 1920 e 1922, é uma das telas que encerra a exposição e a única do pintor na curadoria.

A exposição dá continuidade ao trabalho apresentado pela Expomus em 2012, também no CCBB. Impressionismo: Paris e a Modernidade – Obras-Primas do Musée D’Orsay foi consagrada a mostra mais vista no mundo naquele ano. “É muito importante estar aqui pela segunda vez, e nós fizemos o melhor que pudemos para mostrar o melhor das coleções francesas do D’Orsay”, conta o presidente do museu parisiense e um dos curadores da mostra, Guy Cogeval.

Mais detalhes sobre O Triunfo da Cor podem ser vistos em nosso vídeo-release disponível no Youtube:

Palestra com Rodrigo Naves
Na segunda-feira, dia 4 de julho, às 17h30, o CCBB promove palestra com o crítico de arte, professor de História da Arte e escritor Rodrigo Naves. A atividade é aberta ao público e os ingressos são distribuídos com uma hora de antecedência no local.

Pós-impressionismo com horário marcado
Assim como em todas as exposições realizadas a partir do segundo semestre de 2015, os interessados em conhecer O Triunfo da Cor. O Pós-Impressionismo: Obras-Primas do Musée d’Orsay e do Musée de l’Orangerie, em São Paulo, poderão realizar gratuitamente o agendamento virtual das visitas, por meio do site Ingresso Rápido ou de aplicativo oferecido pelo CCBB (disponível para Android e iOS). Com o serviço, é possível planejar com facilidade o dia e o horário do passeio, evitando filas e aprimorando a experiência da visita.

SERVIÇO – CCBB SP
O Triunfo da Cor. O Pós-Impressionismo: Obras-Primas do Musée d’Orsay e do Musée de l’Orangerie
Até 7 de julho de 2016
CCBB SP: Rua Álvares Penteado, 112 – Centro – São Paulo, SP
Quarta-feira a segunda-feira, das 9h às 21h
Agendamento online: opção de visitação com horário agendado pelo aplicativo “CCBB”
(Apple Store e Google Play) e site bb.com.br/cultura, ou na bilheteria do CCBB, mediante disponibilidade.

Atendimento a grupos agendados: (11) 3113.3649
Informações: (11) 3113-3651 / 3113 – 3652
www.bb.com.br/cultura
www.twitter.com/ccbb_sp
www.facebook.com/ccbbsp

Outras informações
Acesso e facilidades para pessoas com deficiência // Ar-condicionado // Cafeteria Cafezal. Estacionamento conveniado: Estapar Estacionamentos: Rua Santo Amaro, 272. Valor: R$ 15,00 pelo período de 5 horas. Necessário validar o ticket na bilheteria.

Traslado gratuito em São Paulo
Uma van faz o traslado gratuito entre o estacionamento e o CCBB. No trajeto de volta, tem parada no Metrô República. Embarque e desembarque: na Rua Santo Amaro, 272 e na Rua da Quitanda, próximo à entrada do CCBB.

Serviço – CCBB RJ
O Triunfo da Cor. O Pós-Impressionismo: Obras-Primas do Musée d’Orsay e do Musée de l’Orangerie
20 de julho a 17 de outubro de 2016
CCBB RJ – Rua Primeiro de Março, 66 – Centro – Rio de Janeiro, RJ
Terça-feira a domingo, de 9h às 21h
Informações: (21) 3808-2020
www.bb.com.br/cultura
www.twitter.com/ccbb_rj
www.facebook.com/ccbbrj

Outras informações
Acesso e facilidades para pessoas com deficiência // Ar-condicionado // Cafeteria e
Restaurante.