“Trote do amor” arrecada mais de 25 mil donativos

Alunos de 11 universidades do estado do Rio colaboraram com a campanha

O “Trote do Amor” foi um sucesso. Em apenas cinco dias, alunos de diversas universidades do Rio de Janeiro trocaram as “brincadeiras” violentas pela doação do amor. O projeto ‘Trote do Amor’, que teve sua segunda edição entre os dias 29 de fevereiro e 4 de março tem como objetivo combater a violência contra calouros. Ao invés de práticas violentas, ações transformadoras.

Nesta edição, foram arrecadados mais de 25 mil donativos, entre materiais de higiene pessoal, itens para limpeza, alimentos não-perecíveis e produtos para uso escolar, como resmas. A faculdade vencedora foi a UniCarioca, que entregará todos os donativos ao Lar AACS. Em segundo lugar ficou a Facha, que apadrinhou a Sociedade Viva Cazuza e, em terceiro, a ESPM, que entregará os produtos à Casa Ronald McDonald.

Para Marcos Mendes, um dos idealizadores do projeto, o sucesso do ‘Trote do Amor’ se dá pela vontade que as pessoas têm em ajudar umas às outras. “Muitos querem doar uma parte do seu tempo para a caridade, mas não sabem como ou onde fazê-lo. O ‘Trote’, além de ajudar as instituições agora, também fomenta que essa ajuda permaneça ao longo do ano”, afirma.

Marcos conta ainda que o montante arrecadado superou todas as expectativas e, por conta disso, mais instituições serão auxiliadas. “Sabíamos que a adesão seria maior do que na primeira edição, que já foi um sucesso, mas não esperávamos tantos donativos. Decidimos, juntamente com as universidades e com as ONGs que seriam previamente auxiliadas, que o ideal seria repassar a mais organizações sem fins lucrativos, que promovam o bem em diferentes locais. Serão mais 50 ONGs auxiliadas pelo ‘Trote do Amor’”, afirma Marcos.

Diferentemente da primeira edição, que ocorreu em agosto de 2015, em que o foco foi recolher alimentos não-perecíveis (mais de 5,5 toneladas de alimentos foram coletados), o ‘Trote’ do primeiro semestre de 2016 visou arrecadar itens que, atualmente, mais eram necessários para cada instituição de caridade. Com isso, foi possível suprir as demandas de cada uma das ONGs. As entregas irão ocorrer entre quinta e sexta, dias 10 e 11 de março, respectivamente.

Participaram da ação, as seguintes universidades: UFRJ, UFF, UniRio, FGV, ESPM, UniCarioca, Veiga de Almeida, PUC, FACHA, Ibmec e UFRRJ. As instituições apadrinhadas foram: Apae (Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais), Instituto Ronald McDonald, Associação Beneficente São Martinho, Sociedade Viva Cazuza, Ruas (Ronda Urbana de Amigos Solidários), Sapo (Somos Amigos em Prol do Outro), e ABRAPAC (Associação Brasileira de Apoio aos Pacientes de Câncer), Lar Cristão Maria de Nazaré, Lar AACS e SOS Animal.

DEIXE UM COMENTÁRIO