Rios Voadores (foto: Vitor Schietti)
Rios Voadores (foto: Vitor Schietti)

Nesta edição do Quarta Dimensão, Joe Silhueta reúne o grupo A Noite Torta para tocar as canções do EP Dylanescas, que será lançado no evento. Com um rico universo onírico, em Dylanescas Joe Silhueta está parindo seus trabalhos mais antigos inspirados no folk. São cinco canções que estarão disponíveis para download a partir do dia 16 de março. Dylanescas foi gravado e produzido por Kelton Gomes (Kelton), que fará os baixos e vocais em A Noite Torta.

Além de Kelton, A Noite Torta é encabeçada por Thiago Macedo (Zabumbazu e Divinas Tetas) na percussão, Tarso Jones no teclado e Gaivota Naves nos vocais (Rios Voadores), Lucas Sombrio tocando sanfona (Satanique Samba Trio). O power trio Almirante Shiva também empresta seus talentos: Marlon Tugdal na bateria, Carlos Beleza na guitarra e Pedro Souto na gaita.

A banda de abertura será Vintage Vantage, um trio brasiliense instrumental experimental com influências progressivas formado por Lucas Pacífico, Renan Magão e Gabriela Ila. A banda gravou seu segundo EP recentemente pela Martelo Records, que será lançado em abril.

O grupo Rios Voadores também fará show nesta quarta-feira (16). Considerada revelação na cena da cidade, a banda tem lançamento de disco previsto para o segundo semestre de 2016. Liderada pela performática Gaivota Naves, reúne influências setentistas, com incríveis arranjos.
O sexteto – Gaivota Naves (voz), Marcelo Moura (voz e guitarra), Tarso Cardoso (teclado e voz), Carlos Beleza (guitarra), Beto Ramos (baixo) e Hélio Miranda (bateria) – tem raízes sergipanas fincadas em território candango.

Joe Silhueta (foto: Divulgação)
Joe Silhueta (foto: Divulgação)

Sobre o EP “Dylanescas” e Joe Silhueta
Joe Silhueta, é um artista sem fronteiras, que transita entre várias linguagens. Multiplural, possui diversos projetos musicais a ponto de serem paridos. O primeiro deles será lançado este mês.

O EP Dylanescas, é um apanhado de cinco canções compostas há algum tempo e, como o próprio nome diz, têm um pé na fase do folk de Bob Dylan, mas sem perder a raiz na música brasileira, base da formação musical do compositor.

Passeando pelo folk, blues, baião e rock, Dylanescas foi produzido e mixado em parceria com Kelton Gomes, que assina grande parte dos arranjos.

Esse primeiro EP é o inicio da trajetória de Joe Silhueta, cancioneiro desvairado, poeta, com um rico universo onírico, que permeia encontros entre diversas tradições, da grécia ao sertão. Da tradição de violeiros como Elomar Figueira Melo, Vital Farias, Dércio Marques, Carlos Pita entre outros, os quais cada um à sua maneira também realizam esse encontro poético-musical entre o mítico-lunático e as harmonias e melodias do violão sempre bem casado com a voz e com as vozes.

Joe Silhueta é Guilherme Cobelo. Livreiro, poeta, violeiro. Você pode encontrá-lo pelas noites da cidade a vender livros do sebo Dom Caixote ou em rodas de violão, intercalando músicas já conhecidas com as suas próprias, e mesmo quem nunca tenha escutado suas canções autorais tem aquela sensação de que já as ouviu antes, até que em algum momento percebe que está cantando quase que por magia uma música que se escuta pela primeira vez.

O Quarta Dimensão – Frequências Autorais adotou a proposta do Quanto Vale o Show. O público escolhe o quanto vai pagar para entrar com apenas uma nota, de R$5, 10, 20 ou 50. Quem ficar mais satisfeito do que imaginava pode complementar o valor pago depois de assistir aos shows, voltando à bilheteria. O recurso arrecadado é usado para a revitalização do espaço cultural do Setor de Diversões Sul, e o projeto busca a constante sensibilização das pessoas quanto à importância do apoio de cada um na escolha do valor a ser pago como ingresso.

As noites do Quarta Dimensão integram as atividade do movimento Dulcina Vive. O objetivo é reforçar a identidade do local como pólo criativo e de circulação cultural. Na primeira edição, realizada desde quarta-feira (2).

Próximas edições 
O cantor Dillo é uma das atrações no dia 23. Elementos de brasilidade regem o artista. Música brasileira de raiz, como samba e o baião. É conhecido por sua guitarra e já integrou vários projetos na capital. Além dele, quem também estará no palco é o Bilis Negra, formado pelos irmãos Breno Brites (guitarra, voz) e Bruno Prieto (bateria). No combinado sonoro do duo  tem rock, blues e punk.

A noite do dia 30 será dedicada ao reggae, sob o comando do músico Felipe Souljah, que é guitarrista, tecladista, cantor e um difusor da cultura
rastafari em Brasília. Na última noite de março do Quarta Dimensão, ele convida artistas para dividir o palco.

LINKS
Fanpage do Quarta Dimensão: https://web.facebook.com/QuartaDimensaoDF
Evento no Facebook: https://web.facebook.com/events/1772786586277730/
Fanpage do movimento Dulcina Vive: https://web.facebook.com/dulcinavive

Joe Silhueta

Rios Voadores


SERVIÇO
 

O quê: Quarta Dimensão
Quando: Quarta-feira 16, 23, 30 de março, às 20h
Onde: Teatro Dulcina – Conic, Setor de Diversões Sul (SDS) – Brasília DF
Quanto: A partir de R$ 5 (Cada um escolhe pagar R$ 5, 10, 20 ou 50)

DEIXE UM COMENTÁRIO