Teatro Sesc Ginástico traz ao Rio novo espetáculo da companhia suíça Finzi Pasca

Depois de passagens por São Paulo e Minas Gerais, a Cia. Finzi Pasca, da Suíça, desembarca no Rio de Janeiro onde apresenta o espetáculo “Branco” (“Bianco su Bianco”, no original). As duas sessões acontecem dias 14 e 15 de setembro, às 20h,  no Teatro Sesc Ginástico. Os ingressos custam entre R$ 5 (associados Sesc) e R$ 20.

O espetáculo é o mais novo trabalho da companhia, que já passou por várias cidades brasileiras com outras três produções: “Donka – uma carta a Tchekhov”, “Icaro” e “La Verità”. Quem assina “Branco” é o encenador Daniele Finzi Pasca, ex-Cirque du Soleil que também dirigiu as cerimônias de encerramento dos Jogos de Inverno de Sochi (2014) e abertura dos Paralímpicos da mesma edição. 

Com apenas dois intérpretes em cena – a brasileira Helena Bittencourt e o holandês Goos Meeuwsen –, “Branco” é um espetáculo intimista, de rara beleza, que resgata o modo da companhia de contar histórias, que se equilibram entre o absurdo doce e nostálgico. A peça fala de esperança e redenção a partir da mudança na vida de dois personagens que, ao se encontrarem, superam as dificuldades juntos, inclusive as marcas psicológicas da violência a que um deles foi exposto na sua infância.

Para contar a história, o elenco usa elementos da linguagem clown e interage intensamente com o cenário, que conta com uma estrutura chamada de Floresta de Vagalumes. São mais de 300 lâmpadas que reagem à história ao se acenderem e se apagarem conforme as falas e gestos dos personagens – tudo para causar, juntamente com outros elementos, uma experiência onírica e surreal no público.

– Ao longo dos últimos anos é como se os nossos espetáculos fossem alimentados com a linguagem dos sonhos. Desta vez, ficaremos sem dormir por uma noite inteira, uma noite em claro. Não serão sonhos, mas pequenas alucinações, modos de trazer o vermelho e o negro que se escondem atrás da imaginação branca de nós, clowns – adianta Finzi Pasca.

SERVIÇO

“Branco” (“Bianco su Bianco”) – Cia. Finzi Pasca (Suíça)
Teatro Sesc Ginástico: Av. Graça Aranha, 187 – Centro, Rio de Janeiro
Dias 14 e 15 de setembro – 20h
Ingresso: R$20 (inteira), R$10 (meia-entrada), R$5 (associados Sesc)
Telefone: (21) 2279-4027
Classificação indicativa: livre

FICHA TÉCNICA
Autor, diretor, co-criador do desenho de luz, das coreografias e da Floresta de Vagalumes: Daniele Finzi Pasca
Intérpretes: Helena Bittencourt e Goos Meeuwsen
Diretora de criação e produção: Julie Hamelin Finzi
Compositora, concepção sonora e co-criadora das coreografias: Maria Bonzanigo
Cenógrafo, aderecista e co-criador da Floresta de Vagalumes: Hugo Gargiulo
Diretor de produção: Antonio Vergamini
Figurinista: Giovanna Buzzi
Iluminador e co-criador da Floresta de Vagalumes: Alexis Bowles
Co-criador da Floresta de Vagalumes: Roberto Vitalini – bashiba.com
Assistente de direção: Geneviève Dupéré
Maquiadora e coordenadora do projeto: Chiqui Barbé
Diretor técnico de turnê: Marzio Picchetti
Apoio: Caffè Chicco d’Oro, Cornercard e Grand Hotel Villa Castagnola  
Co-produção: Teatro Sociale Bellinzona, La Maison de la Culture de Nevers e de Nièvre, L’Odyssée – Cena Convencionada de Périgueux, Cidade de Lugano, Cantão do Tessino, ProHelvetia e Ernst Ghöner Stiftung
Produção e agenciamento no Brasil: Performas Produções
Direção de produção: Andrea Caruso Saturnino e Beatriz Sayad
Produção executiva: André Lucena

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.