Teatro Rogério Cardoso volta à cena com Nefelibato

Peça é a primeira depois da reabertura da Casa de Cultura Laura Alvim

Luiz Machado estreia, nesta sexta-feira, dia 14/10, comemorando 20 anos de carreira. Este é o primeiro monólogo dele, que já atuou em mais de 30 peças, novelas, filmes e outras produções. Muitas vezes, com tipos cômicos. O ator sobe ao palco como Anderson, que passa a perambular pelas ruas com seu burro-sem-rabo, depois de perder tudo. É um drama que se passa no ano de 1990, quando os brasileiros tiveram a poupança confiscada, perderam empregos e negócios, enlouqueceram ou morreram.

“Durante várias semanas, conversei com moradores de rua para entender os motivos que os levaram a desistir da vida que levavam”, conta o ator que considera o personagem complexo e Nefelibato um desafio de sua carreira.

A peça foi escrita por Regiana Antonini, tem direção de Fernando Philbert, supervisão de Amir Haddad e fica em cartaz até o dia 4 de dezembro. De quinta a domingo, às 20h30. Domingo, às 19h30.

SERVIÇO

Nefelibato – Monólogo do ator Luiz Machado conta o drama de um homem que perdeu a empresa, a mulher e tudo que julgava importante, em 1990, época do confisco da poupança.  Teatro Rogério Cardoso/ Casa de Cultura Laura Alvim (Av. Vieira Souto, 176 Ipanema. Tel: 2332-2015). Ingressos a R$ 50 e R$ 25 (meia). De quinta a sábado, às 20h30. Domingo, às 19h30. Estreia em 14/10, às 20h30. Em cartaz até 4/12.  Indicação: 12 anos.

1 COMENTÁRIO

  1. Já assisti a peça “Nefelibato” e vale muito a pena! Assistam! O texto é primoroso e a atuação de Luiz Machado é tocante e visceral. O espetáculo emociona e faz com que você crie grande empatia pelo amálgama de sentimentos de sanidade e de loucura do personagem, mas não por pena e muito mais por identificação com os seus dramas pessoais e por respeito às escolhas que fez diante das grandes perdas que teve, afetivas e financeiras.

DEIXE UM COMENTÁRIO