Teatro Musical infantil circulará com apresentações gratuitas nas lonas culturais do Rio de Janeiro

A trilogia tem como universo inspirador a música popular brasileira, com o propósito de levar ao público infantil uma mensagem de afirmação da nossa identidade cultural. O objetivo é incentivar os pequenos a conhecerem suas raízes culturais e se orgulharem delas transmitindo, através da arte, a importância de valorizar suas próprias raízes.

O projeto foi contemplado no edital Viva A Arte, da Prefeitura Municipal do Rio de Janeiro.

A realização é da Lúdico Produções.

SAMBINHA
SAMBINHA conta a história do encontro casual entre Maria Luiza, menina típica da classe média, moradora da Zona Sul carioca, com Junior, um menino do subúrbio, conhecido em sua comunidade como “Sambinha” por suas habilidades de dançar e cantar esse ritmo tão brasileiro.

Por uma artimanha do acaso, Júnior vai parar na casa de Maria Luiza e, neste encontro, os dois se encantam um pelo outro e trocam experiências. Ele mora numa casa simples com quintal e árvores na periferia da cidade. Ela, por sua vez, está sempre ‘conectada’, se comunicando com o mundo inteiro de dentro do seu quarto num apartamento em Copacabana. A partir da amizade que se estabelece entre as duas crianças, as suas famílias também passam a ser mais próximas e esse convívio proporciona a todos uma ampliação de horizontes.

A partir das letras das músicas e do enredo simples, o espetáculo trabalha temas como: respeito às diferenças, a riqueza da formação étnica do povo brasileiro, a importância da influência africana na nossa música e cultura, o orgulho de reconhecer nossas tradições.

Em abril de 2014, SAMBINHA recebeu os Prêmios Zilka Sallaberry de Texto (Ana Velloso) e Música (Ricardo Rente). O espetáculo também recebeu indicações nas categorias Direção (Sergio Módena) e Cenário (Espetacular Produções).

Já em 2015, o espetáculo recebeu o Prêmio CBTIJ de melhor coreografia (Édio Nunes) e foi indicado aos Prêmios CBTIJ de melhor Texto, Produção e Cenário. 

 

BOSSA NOVINHA – A Festa do Pijama”
“BOSSA NOVINHA – A Festa do Pijama” apresenta ao público infantil músicas de geniais compositores que fizeram a história da Bossa Nova, gênero responsável por um dos mais importantes momentos da história da música brasileira e que a fizeram reconhecida em todo o mundo.

A BOSSA NOVA
A Bossa Nova é um dos movimentos mais importantes da música popular brasileira, lançado por João Gilberto, Tom Jobim, Vinícius de Moraes e jovens cantores e/ou compositores de classe média da zona sul carioca. Derivado do samba e com forte influência do jazz, a BOSSA NOVA traz em sua essência o espírito do povo carioca e da cidade do Rio de Janeiro, evocando suas belezas naturais, as qualidades de seu povo e suas tradições.

O infantil foi indicado ao Prêmio Zilka Sallaberry de Música (Ricardo Rente). E aos Prêmios CBTIJ de melhor Elenco, Direção Musical e Programação Visual. 

Sobre Forró Miudinho
“Forró Miudinho” dá continuidade à história do protagonista Júnior (de Sambinha e Bossa Novinha), narrando a viagem do menino morador do subúrbio carioca, em companhia de sua tia Jurema à cidade de Juazeirinho (PB), terra natal da tia do menino, para visitar Dona Sebastiana (mãe dela, avó dele). Já pelo caminho, na viagem de ônibus, o menino vai conhecendo as riquezas do Nordeste e percebendo que há um universo inteiro a se conhecer além do seu quintal no subúrbio do Rio. O menino traz da Paraíba muitas lembranças e ensinamentos em sua “bagagem”.

Neste espetáculo está em evidência a mistura de influências que fazem da Música Brasileira uma das mais ricas do mundo. Assim como o Samba e a Bossa Nova, o Forró é um dos gêneros mais representativos da MPB. A construção do roteiro está diretamente ligada às letras e personagens das músicas que serão “encenadas”.

“Forró Miudinho” foi indicado em 9 categorias no 2º Prêmio CBTIJ de Teatro para crianças – temporada 2015 (espetáculo, texto original, direção, coletivo de atores, figurino, música adaptada, coreografia, direção de produção e programação visual).

Programação:

Arena Jovelina Pérola Negra – PAVUNA
09 de janeiro (sábado) – Sambinha – 18hs
16 de janeiro (sábado) – Bossa Novinha – 18hs
30 de janeiro (sábado) – Forró Miudinho – 18hs

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite seu comentário
Por favor, digite seu nome aqui