Sons e batidas tropicais de todo mundo chegam ao Rio

Depois de passar por mais de 30 cidades em 7 países, chega ao Rio de Janeiro o Baile Tropical que completa 100 edições em parceria com O Cluster

Surgido em 2010 em meio à efervescente cena musical paraense, e depois de passar por países como Argentina, Uruguai, Estados Unidos, Portugal, Espanha, França e Coréia do Sul, o Baile Tropical chega à 100ª edição comandado pelo DJ e produtor Patricktor4. Ela será realizada no Rio no sábado 06 de agosto, das 16 às 22hrs, na Praça da Harmonia, localizada na nova Zona Portuária. O evento é uma parceria de Patricktor4 com O Cluster e a Boca do Trombone produções.

O Baile Tropical é uma festa que junta uma diversidade de rítmos de vários países, apresentando novas tendências da música tropical – africana, latina, brasileira – no repertório de DJs e bandas de várias nacionalidades. O evento reconecta antigas sonoridades tradicionais com novos beats, ganhando espaço nas principais pistas ao redor do mundo pelas suas misturas e batidas características, timbres eletrônicos e ritmos populares periféricos, da Cúmbia ao Trap, do samba ao Moombahton entre outros.

 
Além da discotecagem, o evento terá barraquinhas de comidas das cinco regiões do Brasil!

DJs/Line-up:

Patricktor4 é um dos principais DJs e produtores brasileiros. Baiano de nascimento, girou pelo norte e nordeste brasileiro vendo e ouvindo todas as influências da música popular produzida e consumida nestes lugares. Suas influências vão do baião nordestino ao balkan beats do leste europeu, do funk carioca ao kuduro africano.

– O africano Sankofa, natural de Gana e radicado em Salvador, traz em seu set o que há de melhor no continente africano, desde o soukos ao kuduro, passando por kwaito, highlife e afrobeat. Sankofa tem um carisma muito particular, contagiando o público com sua performance, figurinos tradicionais e entonando alguns cantos.

Béco Dranoff, paulistano e radicado em Nova York desde 1988, é DJ e produtor cultural. Béco é um dos principais divulgadores de música e cultura brasileira na “Big Apple”, trabalhou com grandes nomes da música brasileira como Seu Jorge, Gilberto Gil e Bebel Gilberto. É um dos responsáveis pela clássica coletânea musical ‘RED HOT+Rio‘, com diversas edições homenageando várias capitais do mundo, entre elas, claro, duas em homenagem à cidade maravilhosa.

 
Andrei Yurievitch: Nasceu russo, mas viveu carioca, e vai representar a cidade no Baile Tropical #100. É DJ da Manie Dansante e especialista em fazer todo mundo pirar na pista com sonoridades ciganas e balkânicas.

Serviço:

Baile Tropical 100a. edição
Sábado, 06 de agosto, de 16h às 22h

Praça Da Harmonia
Rua Sacadura Cabral, 537
Gamboa, Rio de Janeiro

Entrada gratuita!

E-mail para informações: contato@ocluster.com.br
Link evento: https://www.facebook.com/events/1321222414557913/

 
Saiba mais:
 
O Cluster é uma plataforma multicultural de intercâmbio e experiências nas áreas de moda, design, artes visuais e gastronomia e música. Promove também um evento gratuito e itinerante – que estimula a ocupação criativa pela cidade – e que em quase 4 anos realizou 17 edições que reuniram mais de 80 mil pessoas.
 
BDT – Criada há quase quinze anos, com o foco inicial em discotecagem, a Boca do Trombone Produções virou um ateliê de soluções técnicas multimidia e um laboratório de criação de conteúdo sonoro, iluminação cênica e audiovisual; seja com seus projetos ou auxiliando outras equipes ou fornecendo materiais. De espaços privados a espaços públicos. De museus e exposições à festas, celebrações, shows e projetos especiais. Atualmente ilumina, projeta e faz a curadoria sonora de O Cluster. 

A ideia O Cluster + Baile Tropical surgiu da possibilidade de unir novas sonoridades à um conceito já existente com experiência em produção e curadoria, demonstrando uma versatilidade natural aos movimentos e personagens que passeiam pela cena carioca, tanto n´O Cluster quanto no Baile Tropical.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite seu comentário
Por favor, digite seu nome aqui