Segunda edição do Sirha Rio acontece no Riocentro

  • As competições Bocuse d’Or e Coupe du Monde de la Pâtisserie realizarão etapa regional com participantes de todo o país
  • Seminário de hotelaria e evento de gelato serão novidades
  • Versão brasileira da maior feira de gastronomia, foodservice e hotelaria do mundo receberá mais de 100 expositores e marcas e um público esperado de 12 mil pessoas

O Sirha Rio (Le Salon international de la restauration, de l’hôtellerie et de l’alimentation), maior evento de gastronomia, hotelaria e foodservice do mundo, produzido pela Fagga | GL events Exhibitions, terá sua segunda edição no Rio de Janeiro. O crescimento do salão levou sua realização para o Riocentro, centro de convenções na Barra da Tijuca, onde acontecerá de 4 a 6 de outubro de 2016. Lá serão apresentados os lançamentos no setor de foodservice, concursos gastronômicos com reconhecimento internacional, chefs renomados brasileiros e estrangeiros, palestras, entre outros eventos.

O prestigiado chef Claude Troisgros é o Presidente do Sirha Rio. A direção geral do evento fica por conta da francesa Marie-Odile Fondeur. “É um grande prazer realizarmos a segunda edição do Sirha no Brasil com um crescimento significativo da feira. Os setores de foodservice e hotelaria crescem cada vez mais no país e o evento atende a uma verdadeira demanda do mercado”, avalia.

A expectativa da Fagga | GL events Exhibitions é de um crescimento de 30% na visitação em relação à primeira edição, totalizando mais de 12 mil visitantes durante os três dias. Nesta edição, serão mais de 100 expositores e marcas. Em 2015, o público foi de 9.436 pessoas. 

O evento se dividirá entre a área de expositores; a de concursos – Bocuse d’Or e Coupe du Monde de la Pâtisserie, dois dos mais prestigiados do mundo; o auditório – que incluirá a programação do inédito Seminário de Hotelaria e o Mesa ao Vivo, “reality show editorial” da revista Prazeres da Mesa, entre outros; e a área de animação.

Vânia Tavares, diretora da Fagga | GL events Exhibitions, acredita que o evento é uma ocasião única tanto para os expositores quanto para os visitantes: “Preparamos o Sirha-Rio para pessoas focadas no mercado, genuinamente interessadas em acompanhar as tendências do segmento. É uma oportunidade para conhecer as novidades em produtos e serviços e para investir em network, já que estarão presentes os principais nomes e marcas do mercado”.

Divulgação

Bocuse d’Or e Coupe du Monde de la Pâtisserie – Brasil entre os melhores do mundo

Os concursos de alta gastronomia e confeitaria que acontecem durante o Sirha Rio – Bocuse d’Or e Coupe du Monde de la Pâtisserie – terão uma etapa regional, com participantes de diversas regiões do país. Esta novidade é uma forma de homenagear a gastronomia tão diversa do Brasil.

Nessa etapa regional, cada concurso terá oito candidatos. Destes, quatro serão escolhidos para a seletiva nacional, na próxima edição do evento.

Philipe Brye e Flávia Quaresma comandam os candidatos da Coupe du Monde de la Pâtisserie, que concorrerão nas categorias chocolate e açúcar (quatro candidatos de cada categoria). O concurso será no primeiro dia de Sirha Rio, 4 de outubro.

“É muito importante para o mercado da confeitaria poder contar com um concurso desse porte no Brasil. Nosso objetivo é levar esta parte da gastronomia a uma categoria artística”, observa Flavia Quaresma.

Os oito candidatos que buscam uma vaga na seletiva nacional que acontecerá em 2017 são: Marcele Senna da Silva (RJ), Nina Piccini (SP), Rodrigo Ribeiro (SP), Sonia Aiko Takata (DF), Victor Santificetur Romero (SP), Leticia Barcellos de Oliveira Cruz (RJ) e Marcone Calazans (SP).

O júri que avaliará os candidatos é formado por grandes nomes da confeitaria nacional e internacional. O chef espanhol Javier Guillen, com passagens pelo El Bulli e Pierre Hermè, será o presidente de honra, ao lado de Diego Lozano (SP), presidente de mesa. Bertrand Busquet (SP), Francisco Santana (SP), Caio Corrêa (SP) e Gerci Trevenzolli (RJ) terminam de compor o corpo de jurados.

Já no Bocuse d’Or, Thomas Troisgros chega para trazer jovialidade e integrar os chefs de todo o Brasil no concurso, ao lado de Laurent Suaudeau. Ele convocou um time de peso para ajudar na busca por todas as regiões do país jovens chefs com o perfil do concurso. Andrews Valentim (Escola da Arte Culinária Laurent – São Paulo), Bruno Rappel (Professor de Gastronomia no Centro Universitário – Brasília), Onildo Rocha (Grupo Roccia – João Pessoa), David Jobert (L’Atelier du Cuisinier – Rio de Janeiro), Fred Trindade (Trindade – Belo Horizonte), Marcelo Schambeck (Del Barbiere – Porto Alegre) e Victor Vasconsellos (Bar Número e Feed Food – São Paulo) são os fiéis escudeiros de Thomas.

“O Bocuse d’Or tem um alto nível competitivo e desafia tanto a evolução técnica como a criatividade dos competidores. O Brasil tem chefs de muito talento a serem descobertos, essa é a nossa busca”, conta Thomas.

Os oito candidatos são das cinco regiões do Brasil: Ricardo Dornelles (Porto Alegre – RS), Leonardo Modesto de Sousa (Curuca – PA), Felipe Alves Vieira (Sobradinho – DF), Rafael Andrade (Recife – PA), Rubens Gonçalo (São Luiz – MA), Luiz Filipe de Azevedo e Souza (São Paulo – SP), Marcelo Milani (São Caetano do Sul – SP), e Danilo Nakamura (Presidente Prudente – SP).

Um júri de peso avaliará os oito candidatos, incluindo um chef internacional como seu presidente: o franco-canadense Normand Laprise. Outro destaque é a chef Giovanna Grossi (chef consultora – Maceió), a grande finalista que representará o Brasil na final mundial do concurso. No ano passado, a jovem chef alagoana foi posta à prova e agora ela mesma avaliará os candidatos. O corpo de jurados contará ainda com os chefs Geovane Carneiro (D.O.M – São Paulo), Agenor Maia (Olivae – Brasília), Leo Paixão (Glouton – Belo Horizonte), Manu Buffara (Restaurante Manu – Curitiba) eMaria do Céu (chef consultora – Manaus). Os concorrentes cozinharão no segundo dia do evento, 5 de outubro.

O chef Guga Rocha mais uma vez será o Mestre de Cerimônias dos concursos.

Gelato
O último dia do Sirha Rio será gelado, com o torneio “Talentos do Gelato”, que busca incentivar criações com elementos bem brasileiros e contará com a participação de estudantes e jovens. Em duplas, os participantes deverão criar sabores que serão apresentados em diferentes formatos como uma cuba, uma torta gelada e uma sobremesa com gelato, tudo sob a tutela do mestre gelatiere Frederico Samora. Para eleger o melhor sabor, será formado um júri com técnicos e jornalistas.

Mesa ao Vivo
O maior evento de enogastronomia do país, o Mesa ao Vivo, faz parte da programação do Sirha Rio e acontecerá nos dias 4 e 5 de outubro. Criado há doze anos pela revista Prazeres da Mesa, é estruturado como um “reality show editorial”.

O público — constituído de estudantes de gastronomia, chefs de cozinha, sommelièrs, micros, pequenos e grandes empresários de produtos gastronômicos e donos de bares e restaurantes — vai atuar na confecção de um número da revista Prazeres da Mesa, participando de aulas e degustações que serão os temas da edição. Os participantes assistirão produtoras, repórteres e fotógrafos da equipe da revista em ação, trabalhando a partir de uma redação montada no local.

Seminário Senac de Gastronomia Saberes e Sabores
O Senac Nacional promoverá um seminário de gastronomia e hotelaria para profissionais do setor último dia do evento, 6. As palestras abordarão temas como “O ponto de equilíbrio em A&B”, “A valorização das culinárias regionais como patrimônio cultural e fator de desenvolvimento sustentável”, e “A sedução da boa mesa”, entre outros.

 

Horário

Temas / Assuntos

12:00 às 12:30h

Abertura

12:30 às 13:30h

 

Tema: Gastronomia como produto turístico X Alta gastronomia como atração para hotéis

 

Chef Paolo Lavezzini / Hotel Fasano (Fasano Al Mare)

Abordagem: diária média; festivais gastronômicos; gastronomia como produto turístico que traga um sentimento, desejo ao cliente; gastronomia como uma infraestrutura turística; ofertas gastronômicas da cidade incorporadas ao produto turístico divulgado.

13:30 às 14:30h

Almoço

14:30 às 15:30h

 

Tema: O ponto de equilíbrio em A&B

 

Chef Jorge da Hora / Chef e professor do Centro Universitário Senac

Abordagem: terceirização; comida congelada; garantia de qualidade e perenidade; garantia de padrão nos produtos e serviços; análise interna (recursos financeiros, humanos, capital; método de trabalho; tecnologias aplicadas; marketing; cultura organizacional; preservação ambiental; responsabilidade social) e tendência do mercado;

15:45 às 16:45h

 

Tema: A valorização das culinárias regionais como patrimônio cultural e fator de desenvolvimento sustentável

 

Chef Pablo Ferreyra / Restaurante Térèze (Hotel Santa Tereza)

Abordagem: preservação dos saberes oriundos da gastronomia regional; transformações culturais advindas destas gastronomias; gastronomia como patrimônio cultural; diversidade de alimentos pelo Brasil.

17:00 às 18:15h

Tema: Relação de custo A&B na hotelaria X A boa cozinha saudável faz a diferença do hotel

 

Abordagem: desenvolvimento da cadeia produtiva baseada na proximidade; “garantia” de uma produção de origem controlada; cozinha terroir.

18:30 às 19:30h

 

Tema: A sedução da boa mesa

 

Philippe Brye / Sofitel Copacabana Rio de Janeiro

Abordagem: como manter aquecida a rede hoteleira pós Olimpíada utilizando A&B como fator de atração.

19:30 às 20:00h

Encerramento

 

Área de Pequenos Produtores Brasileiros

O Sebrae, patrocinador máster do Sirha, novamente terá uma área especial para destacar a riqueza dos pequenos produtores brasileiros. Grande sucesso na primeira edição, este ano será quatro vezes maior, com a participação de 75 produtores de 26 estados e o Distrito Federal. Com esta iniciativa, a entidade busca aumentar a conscientização da importância dos alimentos orgânicos e sustentáveis, tema em alta no mundo inteiro. Para o Sirha Rio, foram selecionados produtos diferenciados, com selo de qualidade alimentar – gourmets, especiais, IG (Indicação Geográfica), por remeter à localização de origem, produtos orgânicos, produtos certificados, permitindo que os consumidores tenham a certeza de que estão adquirindo um produto de qualidade, que valorizam a cultura local, e as práticas de produção sustentável.

O Sebrae também criou, no Espaço Terroir, uma área do conhecimento onde os produtores farão palestras sobre harmonização de cervejas artesanais com queijo canastra, de cachaça com carne suína e de espumante com pirarucu. Também haverá uma cafeteria com uma barista que apresentará métodos de preparo de cafés especiais. Os visitantes ainda poderão saborear os cafés do estado do Rio e de outras regiões do país, além de participar de palestras sobre slow foods, alimentação sustentável e orgânicos.

Acre (castanha do Brasil, farinha de mandioca tradicional e saborizada, farinha de tapioca e goma);

Alagoas (produtos apícolas: vinagre de mel; vinagre de mel com ervas; hidromel 250; extrato de própolis vermelha de alagoas, produtos lácteos orgânicos: leite integral orgânico; leite desnatado orgânico, creme de leite orgânico; iogurte natural desnatado orgânico e iogurte parcialmente desnatado orgânico; manteiga com sal orgânica; coalhada desnatada adoçada orgânica, goma de mandioca e farinha de mandioca),

Amapá (polpa de açaí, leite, doce de leite, iogurte, queijos);

Amazonas (farinha e castanha do Brasil – óleo e fruto);

Bahia (chocolates e nibs de cacau, doces e geleias umbu e maracujá da caatinga orgânica – frutas nativas, café e chocolate artesanal);

Ceará (cajuína, doces, balas, bombons e semelhantes à base de castanha de caju);

Distrito Federal (cogumelos orgânicos – champignon, shimeji branco e cogumelo do Sol; café Orgânico – em cápsula e em grão ou moído; molhos e pimentas orgânicas à base de tomate – molho de tomate com manjericão, molho de tomate com berinjela, molho de tomate tradicional, molho de tomate com pimenta, pimenta);

Espírito Santo (café e cacau);

Goiás (açafrão, derivados de mandioca: polvilho, massa para tapioca e farinha de mandioca, baru, pequi e mel);

Maranhão (Agua Ardente de Mandioca – Tiquira);

Mato Grosso (castanhas, suco de uva, tambaqui e pintado);

Mato Grosso do Sul (mel e frutas),

Minas Gerais (queijo, café e cachaças);

Pará (geleias, doces, licor, condimentos, farinhas, açúcar aromatizado e feijão);

Paraíba (cachaça, suco, sorvetes, isotônico);

Pernambuco (cachaça, macaxeira, inhame, coco, dentre outros produtos empacotados a vácuo, cocada, doces de coco);

Piauí (cajuína, castanhas, mel e artesanato);

Paraná (goiaba in natura, carne de hambúrguer gourmet, raiz forte);

Rio Grande do Norte (flor de sal);

Rondônia (café e castanhas);

Rio de Janeiro (produtos de diversas regiões fluminenses: Centro Sul (queijos e saladas prontas), Serrana (cafés especiais), Noroeste (água mineral e cachaça), Médio Paraíba (fruto da palmeira Jussara) e Costa Verde (cachaças com Indicação Geográfica e as vieiras da Ilha Grande), além de molhos diferenciados orgânicos processados, laticínios e cachaças do Rio – certificadas e premiadas e do projeto de exportação);

Rio Grande do Sul (vinhos e linguiça);

Santa Catarina (bottarga gold inteira, ralada e com cera de abelha, frutos do mar defumados e em conserva – ostra, mexilhão, polvo, truta, salmão, patês de salmão e de truta, bacalhau em conservas de azeite; bacalhoada em conserva e patê de bacalhau; tabletes de chocolate ao leite com castanhas do pará, amargo 70% e Serra do Conduru 80%, tabletes de cacau em flor 70%, de crocante de açaí, além de zero açúcar ao leite e amargo 70%, dragée banana com chocolate amargo cacau em flor 63%);

Sergipe (farinha de batata doce, produção de farinha de coco e óleo de coco, produção de castanha de caju);

São Paulo (cafés especiais);

Tocantins (biscoitos).

Tendências da Gastronomia – Food Service Vision

Durante o Sirha Rio, será apresentada uma pesquisa inédita com as principais tendências do mundo da gastronomia para os próximos anos. O público brasileiro terá acesso em primeira mão ao levantamento feito pela instituição francesa Food Service Vision, especializada em rastrear tendências. Inicialmente previsto para ser divulgado durante o Sirha Lyon em 2017, o conteúdo exclusivo será revelado aqui, com participação do consultor francês Emmanuel Argoud, um dos responsáveis pelo estudo. A apresentação será no terceiro dia da feira, 6 de outubro.

DEIXE UM COMENTÁRIO