Samba Buarque de Holanda

Com os cantores Chamon e Dilma Oliveira no Paris Show

Dilma Oliveira e Chamon
Dilma Oliveira e Chamon

Um passeio pela obra de Chico Buarque, com 32 sambas que ficaram na história da música popular brasileira, e um show inédito. Este é a marca do espetáculo “Samba Buarque de Holanda”, com idealização e direção de Mário Lago Filho, e que acontece no próximo dia 7 de julho, quinta-feira, às 21 horas, no Paris Show – espaço musical da Casa de Arte e Cultura Julieta de Serpa, no Flamengo.

Participam o cantor Chamon, um dos principais componentes do antigo grupo vocal Garganta Profunda e parceiro de palco, durante 11 anos,  do grande compositor, escritor e ator Mário Lago, e  Dilma Oliveira, diva de voz aveludada, com seu carisma e interpretação refinada.

“Samba Buarque de Holanda” contará com um time de músicos de primeira: Rogério Fernandes, contrabaixo, Flávio Santos, bateria; Bruce Lemos, piano; e Leri Machado, violão e direção musical. Couvert artístico: R$ 50,00.

No repertório, “Vai Passar”, “Samba do Grande Amor”, “Chão de Esmeraldas”, “Fica”, “Olé Olá”, “Roda Viva”, “Construção”, “Meu Guri”, Gota d`Água”, “Janaína” e “O Que Será”, entre outras pérolas.

O espetáculo – Chico Buarque de Holanda é, reconhecidamente, um dos melhores e mais importantes compositores brasileiros. Além de tudo, um genuíno sambista. Desde que surgiu no cenário musical, na primeira metade da década de 1960, quando foi eleito o legítimo sucessor de Noel Rosa, Chico se revelou um verdadeiro bamba, com mais de 80% do seu extenso e riquíssimo repertório traduzido no mais brasileiro de todos os ritmos.

Criação do diretor/produtor/compositor Mario Lago Filho, o espetáculo procura registrar as diversas fases da carreira do compositor, dedicando especial carinho às primeiras décadas de sua produção, quando ele carimbou definitivamente seu nome na galeria dos grandes mestres da MPB. São 32 sambas apresentados em medleys temáticos e na íntegra, sem o costumeiro recurso do pout pourri.

Mas, como o Brasil é o país do carnaval, tudo termina num grande baile, embalado por marchinhas Buarqueanas que já fazem parte do repertório dos brasileiros.

SOBRE CHAMON
Um dos principais solistas do grupo vocal Garganta Profunda, formado em 1984, juntamente com Marcos Leite e Nestor de Holanda Cavalcanti,  com quem gravou dois discos. Em 1991, participou, no Rio, da gravação do CD em comemoração aos 80 anos de Mário Lago, com Zeca Pagodinho, Gal Costa, Paulinho da Viola, Ney Matogrosso, e D. Ivone Lara, entre outros nomes. Um ano mais tarde, montou o espetáculo “Meus Velhos Amigos”, com músicas de compositores que fizeram a época de ouro da MPB, como Roberto Martins, Herivelto Martins, Lamartine Babo, Braguinha, Alcyr Pires Vermelho e Mário Lago. Em 1996, lançou seu primeiro CD solo “Me Abraça”.

Gravou com Nelson Sargento, Noca da Portela, Chico Batera e Marvio Ciribelli. Durante mais de dez anos, foi parceiro de palco de Mário Lago, com quem fez mais de 500 apresentações pelo Brasil, com o espetáculo “Causos e Canções de Mário Lago”.  Por conta desta estreita convivência, recebeu de Mário Lago o elogio que ficou para sempre na sua carreira: “Chamon, a voz que os anjos imitam quando querem cantar”.

SOBRE DILMA OLIVEIRA
Diva da música negra, Dilma Oliveira é dona de um timbre marcante, que domina e encanta até os mais exigentes admiradores da boa música. Versátil e imponente, passeia por vários estilos em uma única apresentação, com uma interpretação singular.

Com excelente presença de palco, tem influências musicais de Leny Andrade, do jazz marcante de Ella Fitzgerald, do samba com atitude de Alcione, da sensibilidade contagiante de Edith Piaff, e do gospel de Mahalia Jackson.

SAMBA BUARQUE DE HOLANDA

Criação e Direção: Mário Lago Filho

Com Chamon e Dilma Oliveira

Data: 7 de julho, quinta-feira, 21h

Casa de Arte e Cultura Julieta de Serpa – Paris Show

Praia do Flamengo, 340 – Flamengo

Telefone: 2551-1278

Capacidade: 90 lugares

Couvert Artístico: R$ 50,00

Abertura da casa às 20h

*A casa aceita cartões e disponibiliza manobristas

DEIXE UM COMENTÁRIO