Sarau do Samba recebe mulheres sambistas em roda de raiz comandada pelo grupo Batuque na Cozinha

O mês é das mulheres e o sábado é dia de vozes femininas na edição de março do Sarau do Samba, no Museu do Samba, em Mangueira. A roda de samba de raiz, comandada pelo grupo Batuque na Cozinha, terá como convidadas as cantoras Flávia Saolli, Sandra Portella, Janaína Reis e participação de Nilcemar Nogueira, neta de Cartola e Dona Zica. O encontro acontece de 15h às 20h, com ingresso a R$ 10,00.

No repertório, as sambistas desfilarão uma prévia do CD duplo “Sambas para a Mangueira”, que será lançado em abril com sambas de exaltação à Verde e Rosa cantados por grandes nomes da MPB, como Beth Carvalho, Martinho da Vila, Alcione e Leny Andrade, entre outros. O público poderá conferir, em primeira mão, obras como “Mundo de zinco”(Wilson Baptista e Antônio Nássara), ” Mangueira” (Assis Valente e Zequinha Reis), “Sabiá de Mangueira” (Benedito Lacerda e Eratóstenes Frazão), Barraco mais pobre” (Estudante da Mangueira), “Chega de demanda” e “Silenciar a Mangueira não” (Cartola).

Clássicos do partido alto, sambas de terreiro e sambas de enredo também fazem parte do roteiro. Uma particularidade desta roda de samba é que novos talentos e compositores, mesmo que anônimos, podem pedir o microfone e dar uma “palinha”.

O Sarau do Samba é realizado mensalmente no Museu do Samba (antigo Centro Cultural Cartola), com apoio da Secretaria Municipal de Cultura do Rio de Janeiro e faz parte da Rede Carioca de Pontos de Cultura. O Museu fica na Rua Visconde de Niterói, 1296, em Mangueira, Zona Norte do Rio. Outras informações podem ser obtidas pelo telefone (21) 3234-5777 ou pelo e-mail contato@museudosamba.org.br . 

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite seu comentário
Por favor, digite seu nome aqui