Rio recebe a 6ª edição do ‘Esse Monte de Mulher Palhaça – Festival Internacional de Comicidade Feminina’ 

Edição olímpica acontece na Escola Nacional de Circo com entrada franca

Marcadas pela Culpa - As Marias da Graça
Marcadas pela Culpa - As Marias da Graça

O Rio de Janeiro será tomado pela palhaçaria e o riso com a 6ª edição do ‘Esse Monte de Mulher Palhaça – Festival Internacional de Comicidade Feminina’, que irá ocupar a Escola Nacional de Circo, de 13 a 18 de agosto, com uma série de espetáculos, performances, palestras, oficinas e exibição de filme com temas relacionados ao universo da palhaçaria. O evento, com entrada franca, é comandado pela companhia ‘As Marias da Graça’ – primeiro grupo de mulheres palhaças do Brasil

Para esta edição especial aos Jogos Olímpicos e Paralímpicos 2016, a programação é composta por espetáculos nacionais com artistas mulheres de diversos estados se apresentando em grupos, solos ou performances curtas, em um total de vinte e sete atrações em seis dias de evento. O universo feminino aparece como tema central em três espetáculos: ‘A Máscara e a Sombra’ (Salvador), em que a palhaça Cortigiana Papaietta traz para o palco a situação da mulher atriz desde os tempos em que a sociedade a considerava prostituta, até ganhar o status de artista e intelectual.  Já em ‘Eternamente Banha’ (São Paulo), Mafalda Mafalda brinca com a imposição estética feminina ao se tornar cobaia em uma cirurgia de lipoaspiração e prótese adquirida em um site de compra coletiva. Indiana, Maffalda e Iracema encenam ‘Marcadas pela Culpa’ (As Marias da Graça\ Rio de Janeiro), em que avó, mãe e filha, movidas pela culpa, se digladiam na mesa de jantar em uma apresentação em clima de dramalhão.  

Já tradição em outras edições, o Festival apresenta também o ‘Circo Familiar’, com espetáculos de famílias circenses onde mulheres palhaças trabalham com o seus esposos em situação de equidade: “Carpinteiro em Domicilio” (Campinas, SP), com a Cia. Suno – Helena Filgueira e Duba Becker; e “Olha o Palhaço que Vem na Rua” (Sorocaba, SP), com a trupe Koskowisck – Geisa Helena e Alexandre Malhone. “A gente abre esse espaço de apresentação em casal, quando eles entendem que a mulher não está no papel da escada, de assistente, e sim no papel de protagonismo tanto quanto os homens”, afirma Karla Concá, uma das fundadoras do grupo ‘As Marias da Graça’

Outra atração que merece destaque é a exibição do documentário “Minha Avó era Palhaço”, com roteiro e direção de Mariana Gabriel e Ana Minehira, que relata a trajetória artística da primeira palhaça negra do Brasil, Maria Elisa dos Reis – o palhaço Xamego, grande atração do circo Guarani na década de 40.

Para fomentar a discussão sobre a mulher palhaça no meio artístico o grupo ‘As Marias da Graça’ e convidados promovem a palestra “A palhaçaria feminina no mundo”, no dia 17 de agosto às 15h. Oficinas de palhaçaria também integram a programação, que pode ser conferida na íntegra pelo site www.essemontedemulherpalhaca.com.br

“Esse Monte de Mulher Palhaça” nasceu em 2005 a partir da inquietação e da necessidade de ampliar o reconhecimento da palhaçaria feminina no Brasil. Foi o primeiro festival internacional de comicidade feminina realizado no Brasil e o terceiro no mundo. O evento é idealizado e realizado pelo ‘As Marias da Graça’ – primeiro grupo de mulheres palhaças do Brasil, que desde os anos 90 luta pelo empoderamento feminino na arte e na vida.  A Cia. é formada por quatro cariocas da gema – as atrizes-palhaças Geni Viegas, Karla Concá, Samantha Anciães e Vera Ribeiro.

Serviço
13 a 18 de agosto
Local: Escola Nacional de Circo
Endereço: Rua Elpídio Boamorte,4 – Praça da Bandeira
Telefone: 2404-5182
Capacidade: 1000 lugares
Entrada: Franca
Faixa etária: verificar a programação no site.
www.essemontedemulherpalhaca.com.br 

Programação

13/08 sábado
18h30 Lóve (Rio de Janeiro, RJ)
20h30 A Máscara e a Sombra. L’Arte della Cortigiana (Salvador, BA) 

14/8 domingo              
18h30 – Se essa rua fosse minha (Manaus, AM)
20h30 – Só uma palhaça só (Joinville, SC)

15/8 segunda-feira
18h30 – Bem te Vida Marmotta (Porto Alegre, RS)

20h30 – Cabaré – Mestra de Cerimônia- Adelvane Néia (Campinas,SP)

-Marcadas pela culpa – (Rio de Janeiro, RJ)

-A Mesa (Confins,MG)

Eternamente Banha (São Paulo, SP)

Oferenda (Chapecó, SC)

-Aquele instrumento é como eu (Brasília, DF)

16/8 terça-feira
15h – Exibição do filme: Minha avó era Palhaço (2016\São Paulo,SP)

(Direção e roteiro – Mariana Gabriel e Ana Minehira).

16h Bate papo com: Mariana Gabriel (diretora), Caio Mancini (diretor de fotografia), Valentina Aires (diretora de arte), Yeda Dantas e As Marias da Graça.

18h30 Carpinteiros em Domicílio (Cia Suno – Campinas, SP)

20h30 Olha o palhaço no meio da rua (Sorocaba, SP)

17/8 quarta-feira
15h – Palestra “A palhaçaria feminina no mundo” com a Cia. ‘As Marias da Graça’ e curadoras convidadas. Em discussão, a importância de eventos voltados exclusivamente a palhaçaria e artistas femininas, as dificuldades encontradas no meio circense e quais projeções para os próximos anos.

18h30 Retalhos Populares (Ilhabela,SP)

20h30 Vô me escondê aqui! (Florianópolis,SC)

18/8 quinta-feira

18h

Cabaré- Mestras de Cerimônia- Maria Angélica Gomes e Regina Oliveira (Rio de Janeiro, RJ)

-Duo Ladies (São Gonçalo, RJ)

-Florisbela de peito aberto (Rio de Janeiro, RJ)

-Queimando Adoidado (Rio de Janeiro, RJ)

-A volta do velório (Rio de Janeiro, RJ)

-Empoeiradas (Rio de Janeiro, RJ)

-O Box (Maceió, AL)

-Olivia (São José dos Campos, SP)

-O equilíbrio japonês (Rio de Janeiro, RJ)

-A noiva surreal (Rio de Janeiro, RJ)

-A atiradora de flechas (Rio de Janeiro, RJ)

– A filha do Xaveco (São Paulo, SP)

– Bora¿ Subir na vida (Palmas, TO)

– (Discurso FDP (Rio de Janeiro, RJ)

20h30 – festa de encerramento

OFICINAS

14 de agosto, 10h às 13h

– Respiração Ovariana e Alquimia Feminina (Rio de Janeiro, RJ)
Daniela Piveta
Público alvo: mulheres acima de 18 anos
Inscrição: contato@paguproducoes.com.br
Capacidade: 20 vagas 

15 a 18 de agosto, 09h às 12h
Capacidade: 15 vagas cada
Inscrição: contato@paguproducoes.com.br
*as oficinas acontecerão simultaneamente

– Dramaturgia e comicidade (Campinas, SP)
Ana Piu e Herica Veryano
Público alvo: atores e não atores acima de 18 anos

-Palhaçaria Clássica – Oficina de palhaço circense (São Paulo, SP)
Val de Carvalho
Público Alvo: Atores e não atores acima de 16 anos

-Palhaçaria Essencial: Sagrado essencial feminino (Brasília, DF)
Antônia Vilarinho
Público Alvo: mulheres acima de 18 anos

Ficha Técnica

Realização: As Marias da Graça Associação de Mulheres Palhaças
Diretor de Cena: Marcelo Mattos

Produção: Pagu Produções Culturais
Divulgação: Aquela que Divulga
Patrocínio: Funarte, Ministério da Cultura
Apoio Cultural: Primor Buffet, 3 Corações e Burrito do Porkito
Design Gráfico: Ana Paula Oliveira
Logo: Ana Paula Oliveira
Site: D2A Digital Agency

Estagiários: EAT – Escola das Artes Técnicas

DEIXE UM COMENTÁRIO