Realengo dá aquele abraço em Solano Trindade

Areninha Carioca Gilberto Gil recebe espetáculo Um Solo Para Solano

Na próxima sexta, 30 de Setembro o público de Realengo, Zona Oeste do Rio de Janeiro, poderá conferir “Um Solo Para Solano.” Com direção de Beth Araujo e interpretação de Carlos Maia, o espetáculo faz um mergulho na obra poética de Solano Trindade, poeta, folclorista, pintor, ator, teatrólogo e cineasta.

O espetáculo foi idealizado para as comemorações dos 200 anos do bairro de Realengo, no ano passado. A primeira apresentação foi feita para as crianças do CIEP Solano Trindade e a segunda no encerramento das comemorações.  A obra deu tão certo que recebeu convite para uma temporada no Centro Cultural Laurinda Santos Lobo, em Santa Teresa. Durante os fins de semana mês de Junho a peça teve grande repercussão enquanto esteve em cartaz.

Nascido em Recife em 1908, Solano Trindade desde cedo participou de atividades políticas e comprometidas com a população negra. Nos anos 1940 mudou-se para o Rio de Janeiro, tendo forte atuação no município de Duque de Caxias, onde chegou a ser preso pela ditadura do Estado Novo devido, à suas atividades políticas.  Foi em Embu das Artes, em São Paulo, que formou em um lugar antes abandonado um núcleo de artistas e intelectuais que se tornaram referência para todo o Brasil.

Um Solo Para Solano
Direção: Beth Araujo
Interpretação: Carlos Maia
Iluminação: João Pedro Gomes

Areninha Carioca Gilberto Gil
Horário: 21 horas
Avenida Marechal Fontenelle, 5000 – Realengo
Ingresso: R$ 10,00
(21) 3333-2889 / 3462-0774

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite seu comentário
Por favor, digite seu nome aqui