Quartessência
Quartessência

Por ter sido patenteado no meio do século XIX, o saxofone é muito pouco visto em formações clássicas. No entanto, o Quarteto Quartessência mostra que o instrumento pode, sim, ser uma agradável surpresa no erudito. Gilberto Pereira (sax soprano), Denize Rodrigues (sax alto), Vinicius Macedo (sax tenor) e Liana Magalhães (sax barítono) são os convidados da Temporada Sesi de Música Clássica no dia 27 de setembro. Os ingressos vão estar à venda na bilheteria, e também no site www.ingresso.com.

A primeira peça da apresentação é justamente uma clássica para sax: “Quatuor pour Saxophones”, do francês nascido em 1930 Max Dubois. “Essa formação de quatro saxofones, com extensões diferentes, é pensada de forma equivalente a um quarteto de cordas, que é mais comum na música de câmara. O sax é um instrumento versátil, e funciona inclusive no clássico. Ravel, Stravinsky e Debussy usaram-no em suas composições”, explica Liana Magalhães, que também toca na Banda Filarmônica do Rio de Janeiro.

O repertório que vem na sequência reúne algumas das principais obras da música instrumental brasileira – além de “Diffusion for saxophone quartet”, do jazzista americano Gordon Goodwin. Hermeto Pascoal, Ernesto Nazareth, Anacleto de Medeiros e Mestre Duda foram os autores escolhidos. As composições, que fazem parte do universo do choro e do folclore regional, expressam um virtuosismo técnico que coloca o expectador na seguinte dúvida: é clássico ou popular?

“Somos um grupo de música de câmara, pois não há bateria ou instrumento rítmico. Mas a linha que divide o popular e o clássico nas nossas apresentações é muito tênue. Nossa proposta é não rotular, pois a música instrumental brasileira é muito rica do ponto de vista técnico”, acrescenta Liana.

O Quartessência
Formado em 2010 por quatro jovens saxofonistas atuantes no cenário musical carioca, o “Quartessência” é um conjunto de música de câmara que busca divulgar o repertório de música instrumental para esta formação. Além da forte influência da música brasileira, o quarteto transita pelos mais variados estilos musicais: choro, maxixe, baião, samba, frevo, tango, salsa e jazz.

Música para todos os públicos 
A Temporada SESI de Música Clássica tem como foco promover o acesso do público ao gênero musical, fomentando novos ouvintes e promovendo e consagrando grupos que se dedicam ao desenvolvimento da música de câmara. 

O Teatro SESI Centro oferece esta especial programação sempre em uma terça-feira do mês, para quem gosta ou queira conhecer mais de perto a música de concerto, em formação camerística, com ingressos a R$5,00. O horário alternativo, às 12h30, permite ao público conciliar suas atividades profissionais com uma pausa relaxante no seu dia. Ao longo da programação de 2016 o Teatro SESI Centro recebe também os grupos: Quinteto EntreSopros; e Música e Vozes ASV. 

PROGRAMA:

PIERRE MAX DUBOIS | Quatuor pour Saxophones (Abertura – Doloroso – Espirituoso – Andante – Presto)

HERMETO PASCOAL | O Ovo (Arr. Douglas Braga)

ERNESTO NAZARETH | Fon-Fon (Arr. Vinicius Macedo)

ANACLETO DE MEDEIROS | Jubileu (Arr. Denize Rodrigues)

GORDON GOODWIN | Diffusion for Saxophone Quartet (Allegro – Valse – Swing – Hip-Hop)

VICTOR ASSIS BRASIL | Saxophone Quartet no. 1

JOSÉ URSICINO DA SILVA (MESTRE DUDA) | Suíte Pernambucana de Bolso (Arr. Marco Túlio) 

(Caboclinho – Serenata – Côco – Frevo)

SERVIÇO:
DATA: 27 DE SETEMBRO DE 2016 – 3ª feira
HORÁRIO: 12H30
LOCAL: TEATRO SESI CENTRO
Av. Graça Aranha, 1 – Centro
Rio de Janeiro
(21) 2563- 4168

Ingressos: R$ 5 | Venda antecipada na Bilheteira do Teatro e no site www.ingresso.com

Funcionamento da Bilheteria: De 2ª a 6ª, de 12h às 20h; no dia da apresentação, às 11h30 e sábados e domingos, sempre duas horas antes da atração.

Informações: (21) 2563-4163 – Bilheteria

Classificação Livre

Duração: 1 hora

DEIXE UM COMENTÁRIO