Projeto Countdown celebra a Casa Daros com DJs

DJs Millos Kaiser e Trepanado, do Selvagem.
DJs Millos Kaiser e Trepanado, do Selvagem.

Será em ritmo de festa e com muita música a contagem regressiva para o anunciado fechamento da Casa Daros. O clima dos agitos promovidos pelo restaurante Mira!, como a festa Aperó, celebrará o espaço cultural de Botafogo, de julho a dezembro, com o projeto Countdown. A agenda começa na quinta-feira (16) trazendo os DJs e o som de Selvagem, Equipe Diabo Louro e Yugo, alguns deles ex-integrantes do antigo coletivo Os Ritmos Digitais.

“A notícia do fim da Casa Daros gerou comoção entre os cariocas, especialmente os frequentadores cativos da galeria e das diferentes atividades abrigadas pelo casarão em pouco mais de dois anos de funcionamento. Isto inclui os happenings promovidos pelo Mira! no espaço. Depois do sucesso da festa Aperó, surge um novo projeto para alimentar a programação dos últimos meses com boa música”, diz Esdras Rocha, da D’Accord, um dos produtores da Aperó, que assina a produção e a curadoria da Countdown junto com Bá Rosalinski e Yugo. 

A festa levará à casa diferentes eventos protagonizados pelos mais variados DJs, começando com Os Ritmos Digitais. Entre 2009 e 2012, o coletivo embalou diversas noites da cidade. Nasceu de uma festa homônima produzida pelos amigos e DJs Millos Kaiser, Rafael Salim e Yugo. Hoje eles formam as duplas Selvagem e Equipe Diabo Louro, enquanto Yugo, responsável por convidar os amigos e antigos companheiros para a reunião, assume o som sozinho. Além das próprias festas, Os Ritmos Digitais era presença constante em outros festejos, já tendo participado de eventos como Moo/Discoland e o festival Back2Black. O trio dividiu line-ups com grandes nomes internacionais como Moby, Etienne de Crecy, Diskjokke, Crazy P, The Revenge e Brennan Green. 

Depois, Millos Kaiser se mudou para São Paulo e começou ao lado de Augusto Olivani (DJ Trepanado) a elogiada Selvagem, que também vem trazendo sua combinação alucinante de ritmos, sonoridades e hits improváveis para o Rio. Tida como a melhor festa paulista, a Selvagem ganhou destaque internacional após a participação no programa Beats In Space (EUA), de Tim Sweeney, incluindo um lançamento junto ao selo homônimo do DJ novaiorquino. Mais recentemente, expandiu a reputação mundial com uma turnê europeia, tendo passado por Londres, Paris, Istambul, Lisboa, Berlim, Madri, Bruxelas, Hamburgo, Moscou e Lyon.

Já Rafael Salim recentemente retornou às carrapetas ao lado de Antônio Simas para formar a Equipe Diabo Louro. De volta ao Rio após uma temporada estudando engenharia de áudio e produção musical em Londres, Yugo também vive a busca pela reinvenção atrás dos decks, inspirado por facetas urbanas e afrolatinas de dance music. Aproveitando mais uma passagem da Selvagem pelo Rio de Janeiro após a turnê pela Europa, os amigos se reencontrarão para festejar  a sintonia musical e a Casa Daros.

A Casa Daros e o Mira! ficam na Rua General Severiano 159, em Botafogo. A festa vai das 19h a 1h, e os ingressos saem a partir de R$ 30.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite seu comentário
Por favor, digite seu nome aqui