Programação Teatro Rival Petrobras

SETEMBRO 2016 (sujeita a alteração)

02/09 (sexta-feira) roda de samba: Pretinho da Serrinha e convidados: O carioca Angelo Vitor Simplício da Silva, mais conhecido como Pretinho da Serrinha, é cavaquinista, percussionista, produtor musical, diretor artístico e compositor. Pretinho é um nome respeitado no mundo do samba, e vem se consolidando cada vez mais no cenário pop. Ele comanda uma roda de samba especial todas as sextas-feiras com clássicos do samba e composições próprias. Horário: 19h30 / Entrada gratuita.

03/09 (sábado) The Black Soul Night com DJ Corello: Direto de Madureira, o melhor baile black da cidade aporta na Cinelândia com o DJ Corello e os convidados DJ A e Loopy. Horário: 22h / Preço único: R$ 20

06/09 (terça-feira) Rival Rebolado: Durante as terças-feiras de setembro o Rival se transformará no Rival Rebolado! O público poderá curtir atrações como videokê, esquetes, Concurso de Drags ‘A MELHOR DE 4’ – que fará reverência às grandes estrelas do Teatro de Revista e artistas da noite. Cada apresentação contará com uma homenageada. Homenageada da noite: Rogéria. Horário: 19h. Entrada gratuita – pague quanto quiser.

07/09 (quarta-feira) Sandra Pera e Dhu Moraes: Bem antes de serem “as tais Frenéticas”, Dulcilene de Moraes (Dhu Moraes) e Sandra Pêra se conheceram em 1972, nos ensaios do musical POBRE MENINA RICA. O compositor Carlos Lyra assinava a direção, o texto e as músicas, compostas em parceria com Vinícius de Moraes. A identificação entre as duas foi imediata e, desde então, a amizade entre Dhu e Sandra segue rendendo frutos e projetos. Com tantas histórias para contar e canções para cantar, surgiu a ideia de montar um espetáculo no qual Dhu e Sandra dividem histórias e passagens divertidas dos bastidores da música e do teatro, nesses mais de 40 anos de parceria. Com direção musical do guitarrista Mimi Lessa, amigo desde o início das Frenéticas, o show “As duas feras perigosas” chega ao palco do Teatro Rival Petrobras. O roteiro e a direção do show são do jornalista e escritor Rodrigo Faour, que colaborou ainda com sugestões musicais para a dupla. O repertório traz hits como “Dancin Days”, “Perigosa”, “Aquarius” e “Vingativa”, clássicos da MPB como “Back in Bahia”e “Sabe Você”, além de canções mais recentes como “Ainda bem” (Marisa Monte/Arnaldo Antunes) e “Eu vou fazer uma macumba ( Johnny Hooker ). Horário: 20h / Preços: Lounge: R$ 15 (meia-entrada) e R$ 30 (inteira); Mesas: R$ 25 (meia-entrada) e R$ 50 (inteira).

08/09 (quinta-feira) Moyseis Marques: Desde sua estreia em disco, Moyseis Marques constrói uma carreira sólida, rica e plural. Em seu primeiro disco (2007), homônimo, Moyseis mostrou de cara ser um grande cantor, com interpretação assertiva, cheia de identidade e fundamento e de timbre marcante. No disco seguinte, Fases Do Coração (2009), Moyseis se apresenta como compositor e dá autoria a maior parte das músicas gravadas, já apontando a paixão pela composição. Com Pra Desengomar (2012), disco inteiramente autoral, o músico abre e expande parcerias, se firmando como compositor. Em setembro de 2013, Moyseis Marques extrapolou as fronteiras do Brasil e gravou na Califórnia (EUA), álbum calcado em voz e violão, Casual Solo, no qual vislumbrou outros horizontes musicais sob a ótica da própria esquina, gravando reggae e standard da canção norte-americana, em repertório que incluía sambas. Dois anos depois, o cantor, compositor e músico mineiro – criado no subúrbio carioca – volta a seguir rota rítmica exclusivamente nacional no EP sintomaticamente intitulado Made in Brasil, como definiu Mauro Ferreira. O show é uma visita por esses 17 anos de carreira do cantor e principalmente do compositor Moyseis Marques. Com seu violão em punho, Moyseis nos proporciona um passeio por sua trajetória, das primeiras as mais recentes composições, mostrando porque é tido como um dos músicos mais influentes de sua geração. Horário: 21h / Preços: Lounge: R$ 20 (meia-entrada) e R$ 40 (inteira); Mesas: R$ 25 (meia-entrada) e R$ 50 (inteira). Meia entrada válida com doação de 1kg de alimento não-perecível.

09/09 (sexta-feira) roda de samba: Pretinho da Serrinha e convidados: O carioca Angelo Vitor Simplício da Silva, mais conhecido como Pretinho da Serrinha, é cavaquinista, percussionista, produtor musical, diretor artístico e compositor. Pretinho é um nome respeitado no mundo do samba, e vem se consolidando cada vez mais no cenário pop. Ele comanda uma roda de samba especial todas as sextas-feiras com clássicos do samba e composições próprias. Horário: 19h30 / Entrada gratuita.

10/09 (sábado) Black Alien: Gustavo Black Alien é um dos MCs mais versáteis e requisitados do Brasil. Atualmente está em turnê pelo Brasil com o show do disco “Babylon by Gus vol. II – No Princípio Era o Verbo”, o segundo álbum solo de sua carreira. O disco conta com 12 faixas e trata de diversos temas, entre eles, amor, surfe, família, experiências e sua nova vida. Participações especiais engrossam o coro dos temas tratados: com Luiz Melodia na faixa “Quem é Você, o artista trata sobre as questões do ser humano com defeitos, qualidades e contradições; ao lado de Kamau e Parteum, o trio exalta a somatória de rap e skate na faixa “Skate no pé”; em “Rock’n’Roll”, Black Alien e Edi Rock cantam sobre as formas de sobrevivência, carreira e reconhecimento no rap; Céu empresta a voz na faixa “Somos o Mundo” para falar de amor, companheirismo e esperança. Destaque também para a faixa “Terra”, primeiro single lançado ainda em 2015 e “Rolo Compressor” que virou clipe em 2016 produzido pelo artista visual Gustavo Amaral. Horário: 22h / Preços Pista: R$ 50 (meia-entrada) e R$ 100; Mezanino: R$ 60 (meia-entrada) e R$ 120 (inteira).

13/09 (terça-feira) Rival Rebolado: Durante as terças-feiras de setembro o Rival se transformará no Rival Rebolado! O público poderá curtir atrações como videokê, esquetes, Concurso de Drags ‘A MELHOR DE 4’ – que fará reverência às grandes estrelas do Teatro de Revista e artistas da noite. Cada apresentação contará com uma homenageada. Horário: 19h. Entrada gratuita – pague quanto quiser.

14/09 (quarta-feira) Sururu Na Roda: O registro ao vivo da apresentação do grupo Sururu na Roda no Kanagawa Prefecture Hall, na cidade de Yohohama, em dezembro de 2014, chega agora às lojas nos formatos CD e DVD, via Biscoito Fino. As trajetórias artísticas de Nilze Carvalho e Silvio Carvalho já haviam passado pelo Japão, antes mesmo do Sururu na Roda existir como grupo. Na turnê internacional puderam mostrar o resultado de um projeto construído ao longo de 15 anos, ao lado de Fabiano Salek. O trio contou com uma banda fantástica, formada por Diego Zangado (bateria), Zé Luis Maia (contrabaixo), PC Castilho (sopro e percussão) e Hudson Santos (violão). Juntos conheceram e vivenciaram a cultura e os costumes nipônicos por 45 dias, passando por 20 cidades e realizando 22 shows. “Tocamos em lindos teatros, sempre amparados por uma equipe técnica de excelência que nos permitia pensar somente em música”. “Escolhemos o repertório cuidadosamente para que ele traduzisse a nossa sonoridade e, ao mesmo tempo, traçasse um panorama da diversidade musical brasileira. Tocamos samba, choro, maxixe, bossa nova, xote, forró e até samba reggae, criando um grande mosaico”, pontua Fabiano. Nesse repertório, muitos clássicos da música brasileira como “A voz do morro”, Aquarela do Brasil”, “Trem das onze”, “Retalhos de cetim”, “Chega de saudade”, “Saudade da Bahia”, “Berimbau”, além de canções autorais do Sururu da Roda, como “Errei” (Silvio Carvalho, Nilze Carvalho, Fabiano Salek, Camila Costa) e “Sururu Formado” (Silvio Carvalho, Nilze Carvalho). Horário: 20h / Preços: R$ 40 (inteira – valor único).

15/09 (quinta-feira) Mohandas: Lançando com exclusividade no Teatro Rival o clipe “Pele de Cobra”, o primeiro dedicado ao mais recente álbum, “Um Segundo”, a banda Mohandas apresenta repertório que une seu pop étnico e eletrônico. O quinteto carioca, formado por Micael Amarante (voz e guitarra), Pedro Rondon (baixo), Diogo Jobim (teclado e synths), Nana Orlandi e Dudu Lacerda (voz e percussão), promete incrementar a apresentação, revisitando sucessos do disco de estreia, “Etnopop”, além de trazer outras criações musicais para o show. Horário: 21h / Pague Quanto Quiser.

16/09 (sexta-feira) roda de samba: Pretinho da Serrinha e convidados: O carioca Angelo Vitor Simplício da Silva, mais conhecido como Pretinho da Serrinha, é cavaquinista, percussionista, produtor musical, diretor artístico e compositor. Pretinho é um nome respeitado no mundo do samba, e vem se consolidando cada vez mais no cenário pop. Ele comanda uma roda de samba especial todas as sextas-feiras com clássicos do samba e composições próprias. Horário: 19h30 / Entrada gratuita.

17/09 (sábado) Quarteto Em Cy: Em constante movimento, o Quarteto em Cy, um dos grupos vocais femininos mais importantes da música brasileira, chega ao 52º aniversário de carreira com muitas novidades, entre elas o lançamento do CD “Janelas Abertas”, composição do maestro Tom Jobim em parceria com o poeta Vinícius de Moraes, padrinho do grupo junto com CARLOS LYRA, que faz participação no show. O cd traz músicas inéditas de compositores que participaram da história do grupo como João Donato, Marcos Valle e Dori Caymmi, além de Lyra e Vinícius. Horário: 21h / Preços: Lounge: R$ 20 (meia-entrada) e R$ 40 (inteira); Mesas: R$ 30 (meia-entrada) e R$ 60 (inteira).

20/09 (terça-feira) Rival Rebolado: Durante as terças-feiras de setembro o Rival se transformará no Rival Rebolado! O público poderá curtir atrações como videokê, esquetes, Concurso de Drags ‘A MELHOR DE 4’ – que fará reverência às grandes estrelas do Teatro de Revista e artistas da noite. Cada apresentação contará com uma homenageada. Horário: 19h. Entrada gratuita – pague quanto quiser.

22/09 (quinta-feira) Glenn Hughes: Ex- baixista e vocalista do Deep Purple e Black Sabbath retorna a capital carioca para mais uma noite memorável para seus fãs. Glenn Hughes vem da formação do Deep Purple da era que contava com uma banda com dois vocalistas, aonde Glenn dividia os vocais com David Coverdale. Nesta época foi em que ele ganhou o apelido de “The Voice Of Rock”. Hughes também trabalhou com Yngwie J. Malmsteen e Joe Lynn Turner do Rainbow e ainda fez parte do Black Sabbath, gravando o álbum Seventh Star (1986). Com uma voz ímpar, Glenn Hughes trilhou uma carreira solo sólida e com muitos projetos e parcerias de sucesso como Black Country Communiom, juntamente com Joe Bonamassa, Jason Bonham e Derek Sherinian. Horário: 21h / Preços: Pista: R$ 150 (meia-entrada) e R$ 300 (inteira).

23/09 (sexta-feira) roda de samba: Pretinho da Serrinha e convidados: O carioca Angelo Vitor Simplício da Silva, mais conhecido como Pretinho da Serrinha, é cavaquinista, percussionista, produtor musical, diretor artístico e compositor. Pretinho é um nome respeitado no mundo do samba, e vem se consolidando cada vez mais no cenário pop. Ele comanda uma roda de samba especial todas as sextas-feiras com clássicos do samba e composições próprias. Horário: 19h30 / Entrada gratuita.

24/09 (sábado) Festa PLOC: Depois de passar em 2016 por Manaus, Macapá, Belo Horizonte, São Paulo, Juiz de Fora, Porto Alegre, entre dezenas de outras cidades pelo Brasil, a FESTA PLOC escolheu o TEATRO RIVAL para inaugurar sua temporada de festas cariocas em 2016. Para animar o povo, estarão presentes três das atrações preferidas pelo público: JOÃO PENCA, SILVINHO BLAU-BLAU e DR. SILVANA & CIA. E ainda vai ter o DJ DOM LV, criador da FESTA PLOC, tocando o melhor, pior e mais engraçado dos anos 80 para você dançar sem parar. Horário: 21h / Preço: R$ 70.

25/09 (domingo) Feijoada da Katita: A feijoada da Katita acontece acompanhada de clássicos do samba. A mistura embala as tardes de domingo com o feijão de Katia Barbosa, chef que deu origem ao ‘lendário’ bolinho de feijoada do Aconchego Carioca. Programa pra degustar com paladar e a audição. Horário: 12h às 16h / Preços (com feijoada incluída): R$ 40 (antecipado) e R$ 50.

27/09 (terça-feira) Rival Rebolado: Durante as terças-feiras de setembro o Rival se transformará no Rival Rebolado! O público poderá curtir atrações como videokê, esquetes, Concurso de Drags ‘A MELHOR DE 4’ – que fará reverência às grandes estrelas do Teatro de Revista e artistas da noite. Cada apresentação contará com uma homenageada. Horário: 19h. Entrada gratuita – pague quanto quiser.

28/09 (quarta-feira) Nego Álvaro: O CD “Cria do samba”, disco que marca a estreia de Nego Alvaro na carreira solo e é tema do show no Teatro Rival, esbanja vertentes do mais carioca dos gêneros musicais. Tem o clássico samba de roda, onde está a raiz do artista, o dolente, partido alto e até samba-rock. A obra, idealizada por Moacyr Luz, tem produção de Pretinho da Serrinha – que também fez os arranjos nos três sambas-rock do álbum – e reúne expoentes da nossa música, como Carlinhos 7 Cordas, Mart’nália, Sereno e Rildo Hora. Um time de primeira para dar mais brilho ao trabalho de Nego Alvaro, que, aos 27 anos, já é um músico experiente. Horário: 20h. Preço único: R$ 40.

29/09 (quinta-feira) Roberta Spindel: Roberta já dividiu os palcos e faixas musicais com artistas como Caetano Veloso, Demi Lovato, Hyldon Souza, Oswaldo Montenegro, Jorge Israel, Jamz, Rodrigo Suricato, Jay Vaquer, Celso Fonseca, Sandra de Sá e Luis Melodia. Agora lança o Single autoral “Fina Flor” com produção musical de Nilo Romero e participação de músicos como Rodrigo Suricato e Lui Coimbra. Roberta também lança o clipe da música, que já faz parte da programação das rádios. Participações: Jamz e Jay Vaquer. Horário: 21h. Preços: Lounge: R$ 10 (meia-entrada) e R$ 20 (inteira); Mesas: R$ 20 (meia-entrada) e R$ 40 (inteira).

30/09 (sexta-feira) roda de samba: Pretinho da Serrinha e convidados: O carioca Angelo Vitor Simplício da Silva, mais conhecido como Pretinho da Serrinha, é cavaquinista, percussionista, produtor musical, diretor artístico e compositor. Pretinho é um nome respeitado no mundo do samba, e vem se consolidando cada vez mais no cenário pop. Ele comanda uma roda de samba especial todas as sextas-feiras com clássicos do samba e composições próprias. Horário: 19h30 / Entrada gratuita.

Cartaz

Serviço:

Teatro Rival Petrobras
Rua Álvaro Alvim, 33/37 – Centro/Cinelândia – Rio de Janeiro
(21) 2240-4469 : https://www.facebook.com/teatro.rival/
Capacidade: 400 pessoas
Censura: 18 anos

Bilheteria: de 12h às 16h e durante os shows da casa a partir do horário de abertura. Aceitamos cartões de crédito e débito.

Abertura da casa: 1h30 antes do show

DEIXE UM COMENTÁRIO