Primeiro festival de rock na Ilha da Gigóia apresenta Luiz Lopez, Geminianos e Turba

Luiz Lopez
Luiz Lopez

Depois de se apresentar no Rock’n Rio e no Puxadinho da Praça, em São Paulo, o cantor Luiz Lopez retorna ao Rio de Janeiro para divulgar o seu álbum “Primal” no primeiro festival Gigóia.Rock, que acontece neste sábado, dia 10, a partir das 20h na Ilha da Gigóia, na Barra da Tijuca. O evento será realizado no Bar do Caroço e ainda terá apresentação de Geminianos e Turba. Os ingressos custam R$ 15,00.  

Sobre Luiz Lopez
Luiz Lopez lança carreira solo depois de ter gravado três álbuns com Erasmo Carlos e um álbum com sua ex-banda, Filhos da Judith. O novo trabalho do músico carioca, o disco intitulado Primal, tem toda musicalidade dos anos 60 e é carregado de fortes influências – entre elas, Beatles e Raul Seixas. Em turnê com o Tremendão Erasmo Carlos há seis anos, já tocou com o Rei Roberto Carlos, Marisa Monte, Arnaldo Antunes, Marcelo Jeneci, Paula Toller, entre outros grandes artistas. 

Divulgação
Divulgação

Sobre a banda Geminianos
Gêmeos é mutável, mutante, com o poder de ser vários ao mesmo tempo, fazer coisas simultaneamente, exercer atividades paralelas. Alan James e Rosilene Duarte nascem, portanto, no mesmo 18 de junho, assim como um certo Paul McCartney (aliás, se conheceram graças a uma comunidade virtual de interesses, sobre o beatle, nos tempos pré-facebookianos do Orkut), todos sob as mesmas benesses do signo. E se desdobram juntos, em instrumentos, vozes e composições. Assim é esse duo Geminianos. 

O casal (sim, são parceiros na música e além), desde 2007, grava em casa. Compõem sós ou em parceria. Enquanto se conhecem, ele faz músicas pra ela e ela vai gostando, e começa a fazer para ele. Um fala para o outro nas letras: dos altos e baixos de um relacionamento, dos medos, receios, não é só um “eu te amo” e “você me ama”. Assim são os nativos do signo, donos dessa necessidade de traduzir em palavras as coisas. 
Como bons geminianos, são muitos esses dois, e se conectam com as mais variadas sonoridades. E dá-lhe rocks, folks, pops, baladas. O resultado é ‘As Canções’, disco de 2010. E a família cresce com o 2º disco ‘O Pêssego e a Árvore’. Desta vez gêmeos: um duplo, de 27 músicas.

Divulgação
Divulgação

Sobre a banda Turba
… Multidão desordenada, geralmente com a intenção de fazer justiça com as próprias mãos. A Turba é um fenômeno social primitivo das cidades pré-capitalistas, pode-se dizer que a Turba era formada pelos pobres urbanos, assalariados ou não que, em tumulto ou em rebelião, saiam pelas ruas fazendo arruaça e saques reivindicando…

… em meio a essa TURBA estão Ciro Madd, voz e guitarras; Greco Blue, voz e baixos; mais Glauco Caruso, baterias e voz. O som da TURBA remete ao Rock’n Roll clássico e minimalista, vagando pelo Psicodelismo Sombrio. As poesias tratam das frustrações e paradoxos da alma humana quanto a si e seu desordenado redor. 
Fora da TURBA, Ciro Augusto tem seu projeto solo Ciro Madd, bastante conhecido no underground paulistano’. Greco Blue até então foi guitarrista, cantor e compositor da banda carioca ‘Os Azuis’ e atualmente trabalha em seu projeto eletrônico ‘Greco’. Glauco Caruso que gravou as baterias do clássico ‘A Sétima Efervescência Intergaláctica’ de Júpiter Maçã e acompanhou ‘De Falla’, entre outros projetos, hoje leva suas concepções de poesia e música.

Enfim, a TURBA é a reunião inconsequente desses três grandes artistas sem nenhuma espera, porém, com sonhos de alegria, liberdade e prazer quanto a um lugar melhor e sem desigualdades onde possam todos viver uma vida plena sem misérias, sem fome, sem medo. E muita diversão!!!!

SERVIÇO

GIGÓIA.ROCK
Data: Sábado, dia 10
Horário: A partir de 20h
Local: Bar do Caroço – Alameda das Casuarinas – Ilha da Gigóia / Barra da Tijuca
Ingresso: R$ 10 (antecipado no Bar do Caroço) / R$ 15 na hora

DEIXE UM COMENTÁRIO