Poesia em profusão

Obra poética escrita por quarteto chega às prateleiras na próxima quarta

Pensar o contemporâneo é um grande desafio para se entender a sociedade atual. Agora, imagine promover um desafio para quatro poetas repensarem o contemporâneo. “Poesia em Profusão” é justamente o fruto desse desafio. Uma verdadeira abundância de sentimentos que povoam o imaginário de Igor Dias, Léo Rossetti, Flávio Morgado e Moisés Guimarães.

Na obra há poemas que tentam expressar as possíveis sensações causadas pela experiência de se tentar compreender o ser contemporâneo. Quem são esses seres? Como se formam as suas subjetividades? Em que lugares circulam? Que prazeres promovem? Que rupturas são impostas à vida em sociedade? Foram muitas as indagações desses poetas que acolheram essa proposta de poesia em profusão. Parece que a falta de referência de valores culturais na sociedade em que vivemos demonstrada na obra do sociólogo polonês Zygmunt Bauman é, de alguma forma, rompida por um novo olhar na voz desses poetas, expressando um outro ângulo, uma outra leitura das transformações por que passamos.

Talvez, na obra, possamos encontrar um substrato do processo macro gerado nas agendas mundiais para atender às demandas do contemporâneo, sobretudo, um olhar subjetivo de quem usa a poesia como instrumento de transformação. Apresentação de Moisés Guimarães, idealizador do projeto Poesia em Profusão.

Lançamento: 23 de Setembro de 2015 (quarta-feira)
Livraria Cultura – Cine Vitória
Rua Senador Dantas, 45 – Centro – Rio de Janeiro
Horário: 19h

Autores: Léo Rossetti, Igor Dias, Flávio Morgado e Moisés Guimarães
Editora: Ibis Libris
ISBN: 8578232291
Peso: 400g
Nº de páginas: 76.
Valor: R$ 30.

DEIXE UM COMENTÁRIO