“Planejamento Familiar ou A Culpa é do Padre” estreia no Centro Universitário Celso Lisboa 

A comédia Planejamento Familiar ou A Culpa é do Padre, de João Bethencourt, entra em cartaz no dia 2 de setembro no Centro Universitário Celso Lisboa. A importância de se construir uma família é o tema central da peça. Ambientada numa cidade do interior, a montagem mostra os costumes brasileiros e a influência da religião no dia a dia da população. A história gira em torno de um pároco ameaçado de morte por Zebedeu, personagem que tem mais de 20 filhos e culpa o padre por influenciar a sua mulher, Conceição, a não utilizar métodos contraceptivos.

No elenco, os atores Régis de Sóri, Eduardo Basser e Rosana Dias interpretam Zebedeu, Conceição e Padre Firmino respectivamente. A peça tem direção de Karina Paternó.

O autor, tradutor e diretor João Bethencourt nasceu em Budapeste, Hungria, em 1924, e se mudou com a família para o Rio de Janeiro quando tinha apenas 10 anos de idade. Foi um dos principais nomes da comédia brasileira. Participou de mais de 50 peças, entre elas a primeira montagem de “A Gaiola das loucas”, nos anos 70. Morto há dez anos aos 82 anos, um de seus últimos trabalhos foi a montagem do clássico “O avarento”, de Molière.

Serviço:

Peça teatral: Planejamento Familiar ou A Culpa é do Padre
Dias: Todas as sextas-feiras de setembro, 2/9, 9/9, 16/9, 23/9 e 30/9  às 20h.
Duração: 50 minutos
Realização: Grupo Tánamão
Direção: Karina Paternó
Classificação: 14 anos
Ingressos: R$ 20 (inteira), R$ 10 (meia-entrada).
Local: Centro Universitário Celso Lisboa – Rua 24 de Maio, 797 – Engenho Novo – Rio de Janeiro – RJ

DEIXE UM COMENTÁRIO