Pista Claudio Coutinho e Trilha do Morro da Urca, duas áreas queridas entre os cariocas e visitantes da cidade, são revitalizadas e devolvidas à população

Por meio de PPP, Cia Caminho Aéreo Pão de Açúcar recupera áreas que chegam a receber até dez mil visitantes num único fim de semana

O Rio de Janeiro continua lindo. E agora também mais preservado. Uma Parceria Público-Privada tornou possível a adoção e a recuperação, pela Companhia Caminho Aéreo Pão de Açúcar, de uma área verde de mais de 38 mil metros quadrados onde estão inseridos dois espaços queridos pelos cariocas e visitantes da cidade: a Pista Claudio Coutinho e a Trilha do Morro da Urca. A inciativa faz parte das ações que marcam os 10 anos da criação do Monumento Natural dos Morros do Pão de Açúcar (MoNa), Unidade de Conservação declarada pela UNESCO como Paisagem Cultural da Cidade do Rio de Janeiro. Trata-se também de um dos cartões postais mais conhecidos do mundo e que exerce valioso papel ambiental na conservação da paisagem e da Mata Atlântica. 

A trilha do Morro da Urca passou por melhorias visíveis ao longo de toda a sua extensão, tornando-se mais adequada à visitação. Logo no início, o trajeto ganhou um ponto de apoio, sinalização ecológica educativa e um mirante para a contemplação da paisagem próximo à chegada ao Morro da Urca, além de decks e passarelas de madeira. Também foram feitas obras de drenagem de águas pluviais e toda a flora que margeia o trajeto foi recuperada.

As intervenções foram realizadas de forma gradativa para que não fosse necessária a interdição dessas importantes áreas. Todos os projetos elaborados pela Companhia Caminho Aéreo Pão de Açúcar foram submetidos à análise e aprovação da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e da Fundação Parques e Jardins, de acordo com o que foi estabelecido no Termo de Adoção. Para cada ação estabelecida pela PPP, houve a elaboração de projetos específicos, que levaram em consideração as necessidades e particularidades do local.

Já a Pista Claudio Coutinho teve sua entrada revitalizada e recebeu novos guarda-corpos que se somaram aos já existentes, que foram totalmente recuperados. A sinalização ao longo da via foi outro ponto de destaque do projeto e ganhou conteúdo educativo, criando no visitante a consciência sobre a importância da preservação ambiental. Pequenos largos ao longo da via foram recuperados e ganharam bancos novos.

A PISTA

Inaugurada pelo Exército Brasileiro no final da década de 1980, a Pista Claudio Coutinho está localizada na extremidade esquerda da Praia Vermelha. Com 1,25 km de extensão, circunda o Morro da Urca e é cercada pela Mata Atlântica. O local é aberto ao público diariamente, das 6h às 18h, horário de fechamento dos portões localizados na entrada da pista e de acesso ao Morro da Urca. No horário de verão o fechamento ocorre uma hora mais tarde, às 19h.

A TRILHA
A caminhada começa na Pista Cláudio Coutinho e tem a entrada sinalizada por placas. É um belo passeio entre a montanha e o oceano, com rica vegetação. A subida começa íngreme e segue assim até o platô entre as duas montanhas, local de onde se tem uma bela vista do bairro da Urca e da enseada de Botafogo.

A duração média da subida é de 40 minutos. Embora seja uma trilha curta, é necessário bom preparo físico e calçado adequado. Não é recomendado subir a trilha em dias chuvosos pois o terreno fica escorregadio.

ATIVOS SOCIOAMBIENTAIS DA CIA CAMINHO AÉREO
Consciente sobre a importância do seu papel, a Cia Caminho Aéreo Pão de Açúcar vem realizando, ao longo dos últimos anos, diversas ações voltadas para a conservação ambiental e o fomento de ações socioeducativas.

Em 2012, a empresa foi certificada como o primeiro ponto turístico do país a receber o Selo Ecológico ABNT, importante mecanismo de implantação de políticas ambientais.

Todos os anos, nos meses de atividade escolar regular a empresa realiza a visitação gratuita para as escolas públicas do Estado do Rio de Janeiro. O projeto hoje nomeado Educa Bondinho, existe há mais de 20 anos e já atendeu a mais de 200 mil alunos desde a sua criação.

A empresa investe, ainda, em projetos sustentáveis de eficiência energética. Um deles foi a instalação de painéis solares para aquecimento de água, a partir da radiação solar, que é utilizada em um dos restaurantes do Morro da Urca. Também instalados na Estação III do Bondinho, estão outras 42 placas solares que geram energia elétrica a partir da radiação solar. Juntas, essas iniciativas representam economia mensal de 2 megawatt hora que antes era proveniente da rede elétrica convencional.

SERVIÇO
A descida da trilha pode ser feita de Bondinho do Morro da Urca para a Praia Vermelha, em qualquer horário, mediante apresentação do bilhete, que tem valor proporcional ao trajeto. Os ingressos estão à venda na bilheteria localizada em frente à Estação II.

Trecho Morro da Urca – Praia Vermelha: R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia).

Trecho Morro da Urca – Pão de Açúcar – Morro da Urca: R$ 40 (inteira) e R$ 20 (meia).

Formas de pagamento:

Bilheteria: dinheiro, cartões de crédito e débito.

(Horário de funcionamento: 8h30 às 19h30)

Autoatendimento: aceita apenas cartões de crédito e débito.

* Filiados à FEMERJ estão isentos do pagamento mediante a apresentação da credencial.

Grandes grupos devem comunicar previamente a subida à administração da Unidade de Conservação pelo e-mail: monapaodeacucar@yahoo.com.br

DEIXE UM COMENTÁRIO