Petra Costa participa de bate-papo sobre documentário no B_Arco Centro Cultural

A conversa integra o curso "O Cinema do Real - história, linguagens, narrativas e formatação de projetos de documentário" ministrado por Flavia Guerra e Deborah Osborn e com inscrições abertas

DivulgaçãoO curso de documentário para cinema e TV do B_arco Centro Cultural está com inscrições abertas e contará com a presença da cineasta Petra Costa (Olmo e a Gaivota, 2016 e Elena, 2012), que participará de um bate-papo sobre suas experiências com o gênero e as possibilidades de construir novas narrativas que transitem entre o documental e a construção ficcional, como Olmo e a Gaivota.

As aulas serão ministradas pela jornalista e documentarista Flavia Guerra e pela produtora de cinema Deborah Osborn, e visam promover discussões e reflexões sobre vertentes e possibilidades de linguagens do cinema documental, além de atividades práticas a fim de preparar o aluno para o mercado de trabalho. O curso tem início no dia 7 de abril, com uma carga horária total de 36 horas, sendo 12 encontros, ao todo. Os encontros serão realizados sempre às quintas-feiras, de 19h30 às 22h30.

Para esta edição, o curso contará também com a participação do cineasta e roteirista Luiz Bolognesi, que ministrará a aula “Introdução ao Roteiro do Documentário” e contará um pouco da sua experiência na área.

Outro destaque é a aula da produtora Camila Nunes, que fará um doctoring dos projetos desenvolvidos durante o curso, ao lado de Deborah Osborn Os alunos terão a oportunidade de apresentar os projetos, discuti-los e analisá-los em grupo, e depois de defendê-los em um pitch.

As aulas abordarão a história geral do gênero documental, da descrição de diversas tendências, escolas, teorias, linguagens e exibição de trechos dos mais importantes e significativos documentários internacionais e nacionais. Será traçar um rico panorama, que vai desde a abordagem histórica, com as primeiras experiencias realizadas pelos irmãos Lumière, passando pelas narrativas experimentais, Cinema Direto e Cinema Verité, e chegando nas vertentes mais recentes do cinema documental contemporâneo, como o mockumentary, o ‘documentário-diário’ (em primeira pessoa, narrando fato ou situação pessoal), o subjetivo, o de animação, entre outros.

Também serão estudados grandes nomes da cinematografia nacional, como Humberto Mauro, Eduardo Coutinho, João Moreira Salles, Carlos Nader, Kiko Goiffman, Helvecio Marins, Pablo Lobato, Gabriel Mascaro, Rodrigo Siqueira e Christiano Burlan.

Além das aulas teóricas, o curso conta também com um módulo prático para que os alunos aprendam a  formatar projetos a partir de ideias sugeridas pelos próprios alunos. A turma será dividida em grupos a fim de incentivar e desenvolver a capacidade de transformar ideias em projetos audiovisuais mercadologicamente viáveis, além de perceber quais as possibilidades de financiamento possíveis e – no futuro – as possibilidades de distribuição e lançamento para o filme, seja para cinema, televisão ou internet.

As inscrições podem ser feitas pelo site do B_Arco. O valor do investimento é de R$ 1.100,00 (à vista e com desconto) ou dividido em três parcelas de R$ 400,00. Para acessar o cronograma completo das aulas, clique aqui.

Sobre as professoras:
Deborah Osborn: Formada em marketing pela ESPM, trabalhou na área de produção em cinema no Museu da Imagem e do Som de São Paulo. Realizou o curso de extensão em cinema na New York University. Trabalhou na pós-produção e no lançamento do longa metragem Carandiru, de Hector Babenco. Em 2004, ganhou a bolsa Chevening do British Council e cursou o Mestrado em Cinema na Goldsmith College–University of London. Em Londres trabalhou na Buena Onda Films, uma das coprodutoras do filme Cidade de Deus. Foi integrante de importantes comitês de seleção e júri de festivais, como o Festival de Gramado, o Festival de Recife e o Kinoforum – Festival Internacional de Curta-Metragens de São Paulo. É sócia-fundadora da bigBonsai e responsável pela Produção Executiva de todos os projetos de entretenimento da empresa, participando também da gestão geral. Recentemente foi a única brasileira convidada pelo inovador festival SXSW a participar como film mentor do evento em sua edição 2016.

Flavia Guerra é documentarista e jornalista. É editora do TelaTela (www.telatela.com.br), especializado em cinema e TV e colunista de cinema do canal Arte 1 e comentarista do programa Café com Jornal da Rede Bandeirantes. Em documentários e cinema, já roteirizou, narrou, produziu, dirigiu diversos projetos. Foi coprodutora e assistente de direção de curtas como O Caminhão do Meu Pai (pré- finalista ao Oscar 2015, dirigido por Maurício Osaki), dirigiu Karl Max Way (premiado no Festival É Tudo Verdade 2010), entre vários outros.

Como jornalista, atuou como repórter de Cultura de O Estado de S. Paulo por 15 anos. Já cobriu os principais eventos de cinema do mundo, tais como Cannes, Berlim, Veneza, e entrevistou personalidades como Al Pacino, Martin Scorsese, Francis Ford Coppola, Brad Pitt e Fernando Meirelles, entre outros.

Divulgação

CURSO: “O Cinema do Real – história, linguagens, narrativas e formatação de projetos de documentário”, por Flavia Guerra e Deborah Osborn

– Inscrições abertas –

Data: de 7 de abril a 30 de junho / quintas-feiras, das 19h30 às 22h30 + 1 sábado a definir

Valor: R$ 1.100,00 (à vista) ou 3 parcelas de R$ 400,00

Local: B_arco Centro Cultural (R. Dr. Virgílio de Carvalho Pinto, 426 – Pinheiros, São Paulo – SP)

Telefone: (11) 3081- 6986

DEIXE UM COMENTÁRIO