Performance entre saltos será apresentada na Virada Cultural e enche de cor as ruas do bairro Ipiranga

foto: Eduardo Bernardino

No dia 21 de maio, a Performance Entre Saltos acontece na Virada Cultural, mostrando a força e a beleza da mulher, brincando com as cores do feminino para colorir as ruas do Ipiranga. Em uma caminhada, a intervenção propõe uma reflexão sobre a relação do feminino com a cidade. Ótima oportunidade de conhecer um trabalho voltado para importantes reflexões sobre a mulher na sociedade contemporânea, reafirmando a rua e locais utilizados cotidianamente como espaços da experiência, memória e afetividade.

ENTRE SALTOS TOMA AS RUAS DO IPIRANGA DURANTE A VIRADA CULTURAL
Mais uma vez em 2016, a performance Entre Saltos vai as ruas da cidade de São Paulo, que servira de palco para uma caminhada de mulheres, dispostas a demonstrar a força do gênero feminino. A convite do SESC, a intervenção ocupa a paisagem do bairro do Ipiranga no sábado, dia 21 de maio, durante a programação da Virada Cultural. A ação é uma forma de refletir sobre as questões de gênero e a relação da mulher com a cidade, por isso a escolha da paleta de cores em tons de vermelho e rosa. O figurino utilizado durante a performance utilizará essas tonalidades, que remetem ao feminino e causam impacto na paisagem da cidade.

Entre Saltos é uma intervenção urbana do Coletivo PI que aborda o gênero feminino no mundo contemporâneo. O trabalho trata da construção da feminilidade, bem como a situação da mulher em nossa sociedade, ainda marcada por desigualdades e violência de gênero.  A ação se dá em forma de uma caminhada, com muitas pessoas, com um sapato de salto alto no pé e outro na mão, enfatizando o equilíbrio e desequilíbrio enfrentados pelo feminino na metáfora do “sapato de salto alto”, e propõe colocar a rua como extensão do corpo e da vida. Ao término, as performers constroem poeticamente uma instalação em um dos espaços públicos do bairro com os sapatos utilizados, deixando um rastro dessa caminhada.

Não é necessário ser artista para participar, muito pelo contrário! A intervenção é aberta para pessoas comuns. Para participar é necessário se inscrever na oficina preparatória, que acontecerá nos dias 19 e 20 de maio, das 19h às 22h no próprio SESC Ipiranga. Durante a atividade, serão expostos conceitos sobre intervenção urbana, provas de figurinos e preparação para a caminhada pela cidade. Os únicos requisitos são participar dos dois dias de oficina e trazer um par de sapatos de salto alto preto para ser usado e que possa ser doado para compor a instalação. As atividades são gratuitas e o figurino é de responsabilidade do Coletivo PI.

“Entre Saltos já percorreu diversas cidades do Brasil, gerando o documentário de mesmo nome. O trabalho tem a delicadeza de promover encontros entre pessoas de diferentes situações, artistas e não artistas. E é neste encontro que está a riqueza de Entre Saltos, pois são muitas histórias de vida e experiências que se cruzam. A caminhada do grupo é como uma reflexão sobre nós mesmos, onde estamos, como construímos nossa história, tanto obstáculos enfrentados e onde queremos estar. O salto alto é o elemento principal dessa performance, pois o elegemos como símbolo para discutir os vários papéis da mulher na sociedade. Trata-se de uma provocação sobre o constante subir e descer do salto, metáfora do equilíbrio e desequilíbrio, da força e fragilidade que permeiam o universo feminino. ” explica Pâmella Cruz, diretora do Coletivo PI.

foto: Murilo Martinez
foto: Murilo Martinez
Foto: Rodrigo Dionisio/Frame
Foto: Rodrigo Dionisio/Frame
Foto: Rodrigo Dionisio/Frame
Foto: Rodrigo Dionisio/Frame
Foto: Rodrigo Dionisio/Frame
Foto: Rodrigo Dionisio/Frame
foto: Martiane Barbosa
foto: Martiane Barbosa

Em 2014, Entre Saltos percorreu quatro cidades brasileiras através do Prêmio Funarte Mulheres nas Artes Visuais: São Paulo/SP, Campinas/SP, Porto Alegre/RS e Salvador/BA. A experiência destas cidades gerou o documentário “Entre Saltos”, que foi exibido em algumas unidades do SESC-SP. Em 2015, durante o mês de março, Entre Saltos fez parte da programação “Mulheres em Cartaz” do SESC Belenzinho-SP, culminando com a performance ocorrida no Dia Internacional da Mulher (08 de março). Em agosto as cidades de Nova Friburgo e Teresópolis receberam o projeto. Em março de 2016, o trabalho ocupou as ruas do centro de São Paulo.  Ao todo, mais de 300 pessoas já participaram da intervenção.

A concentração e saída do coro será no SESC Ipiranga. Para isso, o Coletivo Pi convida a população para integrar essa caminhada. Além de mulheres, outros interessados nas questões de gênero podem participar. Se inscreva na oficina preparatória e vá conhecer este trabalho de importância estética e conceitual, além de passar um sábado diferente.

Para participar é preciso enviar um email para o grupo: coletivopi@coletivopi.com com o título Inscrição Entre Saltos e no corpo de texto colocar os seguintes dados: Nome, RG, Idade, Número do Manequim, Telefone para Contato. Ou fazer a inscrição pessoalmente na unidade do Sesc Ipiranga, na área de atendimento, levando o RG.

ENTRE SALTOS

Oficina de Intervenção Urbana

Data: 19 e 20 de maio (quinta e sexta-feira) – Horário: das 19h às 22h

Local: Sesc Ipiranga, sala 04 – Endereço: Rua Bom Pastor, 822 – Ipiranga/SP

Conteúdo/Programação: Introdução à Intervenção Urbana; Exposição de fotografias e vídeos de algumas das principais referências sobre a linguagem e suas relações com teatro, dança, performance e artes visuais; Discussões sobre universo feminino, o corpo da mulher e a cidade; Exercícios práticos performativos centrados no conceito de coralidade e preparo para atuar na rua; Orientação sobre a construção da instalação de Entre Saltos; Prova de sapatos e figurinos.

Intervenção urbana Entre Saltos

Data: 21 de maio (sábado) – Horário: das 17h às 20h30 (ENTRE SALTOS tem duração de 1h30. Este horário compreende preparação – performance – desmontagem)

Local/Trajeto: A concentração e a saída do coro será no Sesc Ipiranga. O trajeto da performance percorrerá diversos pontos do bairro.

Saída da Intervenção: 18h30 – Sesc Ipiranga.

DEIXE UM COMENTÁRIO