Pelas estradas do Brasil

A intenção de utilizar o ônibus como meio de transporte para viagens tem sido cada vez mais usual entre os brasileiros. Atingindo, em fevereiro, a marca de 14,1% entre os entrevistados que afirmaram que devem viajar nos próximos meses segundo a última pesquisa Sondagem do Consumidor – Intenção de Viagem do Ministério do Turismo. Esse é um recorde para o mês de fevereiro desde 2011. Entre os fatores que colaboram para a preferência pelo veículo estão os preços e a possibilidade de ir para lugares que não contam com aeroportos. Mas para garantir uma viagem segura, é preciso tomar alguns cuidados.  Assim, a Agência de Notícias do Turismo reuniu uma série de informações para quem vai se aventurar pelo Brasil neste transporte coletivo.

Para a coordenadora de Turismo Responsável do Ministério do Turismo, Isabel Barnasque, a empresa transportadora é responsável pelo conforto e pela segurança dos passageiros, desde o embarque até o destino final. “A empresa deve prestar o serviço de forma eficiente e adequada, respondendo por todo o prejuízo pessoal ou material”, explica a coordenadora.

Crédito: arquivo pessoal
José Gonçalves usou pela primeira vez o bilhete que dá gratuidade a idosos. Crédito: arquivo pessoal


IDOSOS
– Há cerca de um mês José Antônio Gonçalves, 81, viajou de Patos de Minas (MG) para Brasília (DF) na companhia da esposa. Pela primeira vez o aposentado fez uso do bilhete de viagem do idoso que permite viajar gratuitamente de ônibus. O direito está previsto no Decreto 5.934, da Presidência da República. Para conseguir o benefício, o idoso precisa comparecer ao guichê da empresa com antecedência de pelo menos três horas para o embarque. Essas e outras dicas estão no guia Viaje Legal do Ministério do Turismo.

As empresas de ônibus devem reservar dois assentos para idosos gratuitos. Caso as duas vagas já estejam reservadas, a empresa deve conceder o desconto de 50% na passagem. Esta semana, José Antônio e a esposa viajam novamente, mas dessa vez o percurso é de Patos de Minas para Goiânia (GO). E para a viagem devem desembolsar a metade do preço da passagem. “Para usar esse benefício é preciso ter o cartão do idoso”, recomenda José Antônio, que costuma  viajar de carro.

Dicas para uma viagem tranquila

  • Caminhar– Uma dica geral, válida para todas as pessoas que viajam de ônibus ou de carro, é utilizar as paradas regulares para fazer pequenas caminhadas.
  • Gestantes– não há nenhum impedimento para que viajem, a menos que já tenham ultrapassado o oitavo mês de gestação.
  • Sono– Evite doses excessivas de medicação para dormir no ônibus, pois terá os reflexos e a habilidade cognitiva reduzidos, o que pode levar a acidentes.
  • Alimentação– Evite os excessos, as comidas gordurosas e a ingestão de alimentos os quais não está acostumado.

 

DEIXE UM COMENTÁRIO