Peças de aeronaves ressignificadas em obras de arte

Artistas receberam fragmentos independentes, integrando–os ao contexto de seu trabalho e integrando-os às demandas de objetos com existência, forma e função pregressas.

Spinners, portas, saídas de emergência, trem de pouso, manuais de instrução, hélice e outros itens que se transformam em peças únicas, abordando temas como a obsolescência, a memória e a passagem do tempo. Os 29 trabalhos realizados por um grupo de 19 artistas compõem a exposição A.R. [Artefato Refeito], na Verve Galeria, com curadoria do 358.

O acúmulo de peças do universo da aviação deu asas à imaginação e à criatividade de um grupo de artistas que compartilham seus ateliers no 358, residência artística no bairro paulistano do Cambuci.Anderson Barbosa, Ayco, Ermãos Monjon, Evandro Angerami, Fabio Q, Felipe Guimarães, Felipe Ikehara, Heverton Ribeiro, João Cunha, Keyla Rosa, Mari Mats, Monocrew, Renan Cruz, Rafael Hayashi, Ronah, São, Valdinei Calvento Jr, Walter Muller e W2 receberam peças isoladas de aeronaves ou uma das páginas de Manuais de Bordo para integrar ao contexto de seu trabalho, objetos que em outro momento tiveram forma e/ou função distintas. O suporte é proveniente de coleção feita ao longo de décadas, de tudo o que se possa imaginar relativo a uma aeronave.

A proposta foi de estabelecer novos significados às obras: Um trem de pouso transformou-se em escultura, exibindo conceitos de equilíbrio e fluidez; O spinner quadripá, parte dianteira da aeronave, ganhou iluminação interna e transformou-se em objeto de onde emanam raios de luz; uma hélice transforma-se em objeto cinético e uma porta em suporte para pintura da forma de uma libélula, inseto que realiza apenas um voo em vida.

“Partes de partes sem funcionalidade em si quando não acopladas a outras. Promessas de que em conjunto nos fazem voar. Os artistas, acostumados a se encontrar nos corredores de seus ateliers, têm cada um uma visão de mundo. Da combinação entre eles e as peças, e entre as peças e eles, surgem novas conexões no tal fluxo ininterrupto em que estamos imersos”, define Angela Varela Loeb,que assina o texto curatorial da mostra.

Exposição: A.R. [Artefato Refeito]

Artistas: Anderson Barbosa, Ayco, Ermãos Monjon, Evandro Angerami, Fabio Q, Felipe Guimarães, Felipe Ikehara, Heverton Ribeiro, João Cunha, Keyla Rosa, Mari Mats, Monocrew, Renan Cruz, Rafael Hayashi, Ronah, São, Valdinei Calvento Jr, Walter Muller e W2.

Curadoria: 358

Texto Curatorial: Angela Varela Loeb

Coordenação: Allann Seabra e Ian Duarte Lucas

Abertura: 15 de setembro de 2016, quinta-feira, às 19h.

Período: de 16 de setembro a 31 de outubro de 2016

Local: Verve Galeria 
Endereço: Rua Lisboa, 285 – Jardim Paulista, São Paulo – SP
Telefone: (11) 2737-1249
Horário: Terça a Sexta, das 10h às 19h e Sábado, das 11h às 17h.

DEIXE UM COMENTÁRIO