Peça “Entre Corvos” é inspirado em obra sobre Van Gogh

Divulgação

A peça “Entre Corvos” relata os conflitos de um ator que já não consegue mais distinguir os limites entre arte e vida, realidade e ficção, insanidade e razão. A peça é uma provocação cênica que funde elementos da dança, do teatro e das artes plásticas em um espetáculo de teatro físico construído a partir da obra “O Suicidado Da Sociedade”, de Antonin Artaud (1896-1948), sobre o pintor Vincent Van Gogh (1853-1890).

“Entre Corvos”, propõe uma reflexão sobre nossa capacidade de empurrar para a morte tudo aquilo que não aceitamos ou não compreendemos.  A direção é de Ary Coslov, que também é responsável pela ambientação e pela trilha sonora.  A direção de movimento é da bailarina e coreógrafa Ana Vitória, a iluminação de Aurélio de Simoni e as projeções usadas no espetáculo são criadas por Igor Vieira.

Artaud, poeta, ator, escritor, dramaturgo, roteirista e diretor de teatro francês, um dos nomes mais respeitados e discutidos da história do teatro contemporâneo, foi convidado a escrever um ensaio sobre Van Gogh quando foi realizada, no Museu de l’Orangerie, em Paris, em janeiro de 1947, uma grande exposição das obras do pintor holandês.

SERVIÇO
Horário: segundas e terças, às 20h
Local: Teatro Solar Botafogo – Rua General Polidoro, 180 – Botafogo
Ingressos: R$ 20,00 (inteira), R$ 10,00 (meia-entrada para jovens de até 21 anos, estudantes e maiores de 60 anos)
Duração: 70 minutos
Lotação: 160 lugares
Classificação etária: 16 anos
Gênero: drama
Temporada: de 11 de julho a 02 de agosto (não haverá espetáculo no dia 18 de julho)
Informações: (21) 2543 5411

DEIXE UM COMENTÁRIO