Os cariocas preferem bater papo com os argentinos

* Mais de 30 por cento dos Cariocas escolheriam sentar-se ao lado de um argentino em um ônibus, antes de qualquer outra nacionalidade da América Latina

* México e Chile ficaram no segundo e terceiro lugar mais populares, mas os homens brasileiros preferem conversar com um chileno antes de um mexicano 

* Os Estados Unidos são o país não latino mais popular, à frente do Canadá e o Reino Unido, também populares, apesar da maioria dos brasileiros não ser capaz de falar Inglês. 

Talvez seja um daqueles casos em que é melhor ficar com o mal que você conhece … ou talvez tudo o que pensávamos que sabíamos esteja errado. Cariocas, dada a oportunidade de se sentar ao lado de qualquer outro latino-americano no ônibus, não iria escolher um peruano, um paraguaio ou qualquer outro vizinho do norte, mas sim o seu rival histórico: um argentino.

Essa foi a surpreendente descoberta pela Busbud, a maior varejista de vendas de passagens online de ônibus no mundo, que pesquisou 1.000 moradores do Rio de Janeiro antes dos Jogos Olímpicos, perguntando-lhes com quem eles prefeririam iniciar uma conversa no ônibus. A pesquisa realizada pelo Google Consumer Surveys, mostrou que mais de 30 por cento dos entrevistados escolheram falar com um morador da Argentina. Talvez os méritos do futebol de Pelé sobre Maradona precisam de um pouco mais de destaque.

O México (20,3 por cento) e Chile (18,5 por cento) ficaram em segundo e terceiro lugares entre os mais populares, enquanto o Uruguai ficou em quarto lugar selecionado por 12 por cento dos entrevistados, mostrou a pesquisa da Busbud, que tem parceria com 80 empresas de ônibus brasileiras permitindo aos viajantes encontrarem facilmente os melhores preços e opções disponíveis para a sua viagem.

busbud_brasil_marketing-assets_PT-01 busbud_brasil_marketing-assets_PT-02

Mesmo quando os entrevistados foram divididos por sexo, os argentinos ainda assim ocuparam o topo, com pouco mais de 32 por cento dos homens brasileiros e cerca de 29 por cento das mulheres brasileiras que escolheram seus primos do sul. Uma pequena diferença na votação dos dois sexos foi que os homens brasileiros preferem conversar com um chileno a um mexicano. Um cínico pode ver os resultados do sexo masculino como um voto para o futebol na disputa com Frida Khalo.

“Embora muitos possam ficar surpresos com os resultados desta pesquisa, ela mostra realmente que os brasileiros estão ansiosos para conhecer e conversar com os visitantes que vêm para esta cidade incrível. A Busbud tem realmente o prazer de estar fazendo o seu papel no sentido de ajudar os visitantes e moradores no acesso à rede de ônibus de nível internacional através do simples uso de um App’, disse LP Maurice, fundador e CEO da Busbud.

Ao ampliar a pesquisa para incluir outros países que enviam o maior número de visitantes para o Brasil, não foi totalmente uma surpresa para a Busbud descobrir que a maioria dos cariocas preferem sentar-se ao lado de um americano. Os Estados Unidos foi selecionado por 30,5 por cento dos entrevistados, apesar de uma pesquisa de 2012 ter constatado que apenas cinco por cento dos brasileiros falam Inglês. O Canadá ficou em segundo lugar com quase 15 por cento, ligeiramente à frente da Espanha (11,9 por cento) e Reino Unido (11,1 por cento).

As mulheres brasileiras foram menos propensas a escolher iniciar uma conversa com um espanhol (11 por cento), preferindo italianos (12,7 por cento), britânicos (12,2 por cento) e Franceses (11,4 por cento) sobre os seus amigos do Mediterrâneo.

DEIXE UM COMENTÁRIO