Orquestra Petrobras Sinfônica lança o EP “O Clássico É Rock”

Projeto de democratização do gênero chega hoje (sexta, 9/9) aos players digitais

O som pesado das guitarras vai ser substituído pela leveza dos violinos, flautas e violoncelos. Em mais um projeto inovador, a Orquestra Petrobras Sinfônica lança um EP com versões de hits do rock nacional interpretadas por um quinteto de cordas e metais. “O Clássico é Rock” chega hoje aos players digitais.

Produzido por Rafael Ramos, o EP traz versões de “Me Adora”, da Pitty, “Flores”, do Titãs, “Vida Passageira”, do Ira!, e “Relentless Game”, parceria entre as bandas Scalene, vice-campeã da segunda temporada do Superstar, e a potiguar Far From Alaska, que acaba de receber o prêmio de “We are the future” (Artista Revelação) na primeira edição do International Midem Awards em Cannes, na França.

Orquestra Petrobras Sinfônica (foto: Gustavo Tolhuizen)
Orquestra Petrobras Sinfônica (foto: Gustavo Tolhuizen)

 “O Clássico é Rock” é um projeto em parceria com a gravadora DeckDisc e faz parte de uma série de EPs com versões instrumentais de canções de diversos gêneros. Esta é mais uma das iniciativas da Petrobras Sinfônica, um dos maiores e mais conceituados conjuntos musicais da América Latina, para democratizar a música clássica e renovar o público do gênero. Entre elas, estão ainda os Concertos Secretos, série de apresentações-surpresa em parceria com a cervejaria Jeffrey que foi vencedora do Prêmio Profissionais da Música 2016, e o projeto “Ventura Sinfônico”. Em dezembro, 40 músicos do conjunto irão apresentar na íntegra o clássico álbum do Los Hermanos, ao lado de novos nomes da música brasileiras. Os ingressos para as apresentações esgotaram em apenas 15 minutos e já estuda-se a possibilidade de abrir novas datas extras.