Olin Batista comemora boa fase na carreira como DJ e produtor e fala do apoio dos pais

Olin Batista está a todo vapor. Após três lançamentos no mês de agosto, de fazer sua reestreia internacional nas pistas, o DJ e produtor, de 20 anos, se prepara para mais um grande lançamento, uma versão oficial de um dos maiores nomes da indústria da música eletrônica.

“Ainda não posso revelar muitos detalhes, mas este é sem dúvida um momento especial na minha vida. Tenho trabalho muito e me dedicado demais a minha carreira. Este muito feliz com tudo que está acontecendo”, disse Olin.

Somente no mês de agosto Olin lançou três tracks: “Amazon 63” pela Flamingo Records, track que foi feita inspirada em seu pai, Eike Batista. O remix da track CID – Together, embalado pelo clima dos Jogos Olímpicos, que foi inspirado no Carnaval. E a música “Angra”, inspirada nas belezas de Angra dos Reis, localizada no Rio de Janeiro, que acaba de ser lançada e já está disponível para download em todas as plataformas digitais: https://sl054.lnk.to/Angra

Olin também tocou nas pistas internacionais. Convidado por David Grutman, considerado o Rei da Noite de Miami, ele se apresentou na boate Story (Miami, EUA), com NERVO e na LIV, também em Miami, com Sunnery James & Ryan Marcian. 

Apoio dos pais: Eike Batista e Luma de Oliveira 
Apesar do berço, que mescla a veia artística com a empresarial, o caçula sabe que nem sempre é fácil para os pais, Luma de Oliveira e Eike Batista, entenderem sua profissão: “É completamente ‘outro mundo’ para eles. Então é bem difícil você compreender certas coisas com as quais você não está habituado. Sem dúvida, o momento em que conversamos sobre meu futuro foi um dos maiores na minha vida. São momentos ‘pequenos’ assim que lembramos para sempre. Agora eu sinto que tudo está no momento certo e no lugar certo”, conta. “É um trabalho realmente difícil e isso é algo que meu pai entende bastante; é uma das razões pela qual ele me apoia. Ele é um homem trabalhador e não iria mesmo me deixar viver ‘acomodado’. Estou muito feliz em descobrir a música e que através dela, posso me realizar e fazer as pessoas felizes”, conta Olin. 

Olin Batista
Com apenas 20 anos, o jovem acumula apresentações em diversos clubes conceituados, dentro e fora do Brasil, além de elogios de grandes nomes da cena eletrônica, como o produtor Axwell e o poderoso executivo do mundo EDM Dave Grutman. 

O primeiro contato de Olin com a música eletrônica foi aos 12 anos através da influência de seu irmão vais velho, Thor, com o Trance. 

“Eu tinha 12 anos quando conheci a música eletrônica. O quarto do meu irmão fica ao lado do meu e eu ouvia essas músicas que vinham do quarto dele. Trance foi amor à primeira vista, eu fiquei totalmente impressionado. Aqueles acordes, melodias, acapellas lindas, ainda me arrepio quando lembro como foi lindo. Sigo ouvindo um monte de músicas antigas, clássicos Trance, eles são incríveis”, descreve.

“Lentamente comecei a conhecer outros estilos; descobri o Electro House e, em seguida, diferentes tipos de estilos de House Music, o que foi uma grande mudança no meu conhecimento musical e evolução. Em minhas produções eu estou tentando mesclar todos esses estilos”, completa.

Além de “Luma”, lançada em março de 2016 pela Sosumi Records, do DJ Kryder, desde maio Olin também deixou disponível para download gratuito um remix inspirado na música “High Life”, da dupla francesa Daft Punk.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite seu comentário
Por favor, digite seu nome aqui