O mundo no Rio: Fórum em Educação une líderes globais e estudantes

Por meio da promoção de um diálogo entre lideranças globais e a juventude do Rio, o encontro visa buscar ações locais nos âmbitos sociais, econômicos e ambientais  

DivulgaçãoLíderes globais nas áreas de educação e sustentabilidade dos mais variados países virão ao encontro de estudantes do ensino médio da Região Metropolitana do Rio, na Biblioteca Parque Estadual, no Centro, nos dias 23 e 26 de outubro, das 9h às 18h, e das 19h às 21h, respectivamente. A ONG AFS Intercultura Brasil promove o EFEITO+: Oficina e Fórum para a Cidadania Global, em parceria com o CISV-Rio, como parte das atividades do Congresso Mundial do AFS. O objetivo é propor ações locais de desenvolvimento social, tendo em vista os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável das Nações Unidas (ODS), diretrizes que os países devem atingir até 2030. 

O evento é formado por uma oficina no dia 23 de outubro, em que haverá uma série de palestras com especialistas brasileiros e estrangeiros, alguns deles representantes do próprio AFS, além de atividades interativas; e um fórum no dia 26, em que os alunos mostrarão para seus pais e professores os resultados da discussão e as soluções encontradas para fazer do Rio um lugar mais sustentável. Haverá tradução para o português e não há necessidade de fluência em inglês para participar do encontro.  

Os 100 estudantes selecionados são convidados a participar do concurso “Meu mundo, meu Rio”, em que responderão perguntas sobre o bairro onde vivem no que tange o transporte, áreas verdes e de lazer, comércio local, entre outros, e registrem fotos que serão expostas durante a oficina com o nome da localidade, nome do autor e explicação. Uma das fotos deve ser escolhida para o concurso e os três primeiros colocados no concurso serão premiados no dia 26 com câmeras fotográficas semi-profissionais. Para conferir a lista com os nomes dos estudantes selecionados, clique aqui.

Programação do EFEITO+: Oficina & Fórum para a Cidadania Global

A Oficina, no dia 23, contará com palestras e atividades interativas, nas quais os participantes poderão formar, colaborativamente, soluções criativas sobre maneiras de colocar em prática ações de mudança no local onde vivem.

Temas das palestras

  Educação de Qualidade: Elisabeth Hardt, consultora em educação intercultural e ex-diretora da Federação Europeia para Aprendizagem Intercultural, abordará o ODS 4, cujo intuito é promover oportunidades de aprendizagem ao longo da vida para todos, por meio de uma educação inclusiva e equitativa.

  Igualdade de Gênero: Adriana Knackfuss, diretora de Comunicação Integrada de Marketing da Coca-Cola Brasil, falará sobre o ODS 5, trazendo sua própria experiência em cargo de liderança como exemplo sobre a importância de a sociedade defender, buscar e alcançar, a igualdade de gênero e o empoderamento feminino, representando um importante aspecto do pilar social da sustentabilidade.

  Trabalho Decente e Crescimento Econômico: Amalie Ferdinand, consultora da Federação de Sindicato dos Trabalhadores Públicos da Dinamarca e integrante do Conselho Internacional do AFS Intercultural Programs, terá como tema de sua fala o ODS 8. Este objetivo defende o crescimento econômico inclusivo e sustentável, emprego pleno e produtivo e trabalho decente para todos.

  Comunidades Sustentáveis: Laura Molinari, representante da ONG Meu Rio, vai conversar com os estudantes sobre o ODS 11, que visa tornar as cidades e os assentamentos humanos inclusivos, seguros, resilientes e sustentáveis.

  Ação contra as mudanças climáticas: o diplomata brasileiro Gustavo Sénéchal, chefe de Gabinete do Subsecretário-Geral para Meio Ambiente, Energia e Ciência e Tecnologia do Ministério das Relações Exteriores, abordará o ODS 13 que inclui melhorar a educação, aumentar a conscientização e a capacidade humana e institucional sobre mitigação, adaptação, redução de impacto e alerta precoce da mudança do clima.

  Paz, Justiça e Instituições Eficazes: Ragnar Thorvardarson, especialista da Direção de Assuntos Internacionais e de Segurança do Ministério de Relações Exteriores da Islândia, fará sua palestra sobre o ODS 16 que diz respeito à promoção de uma sociedade pacífica e inclusiva, com acesso à justiça para todos.

  Parcerias e Meios de Implementação: Pedro Ronan, representante da ONG Argilando, discorrerá sobre o ODS 17, que pretende revitalizar a parceria global para o desenvolvimento sustentável, como forma de fortalecer o compromisso.

Os participantes do EFEITO+ serão convidados para retornarem à Biblioteca, no dia 26, para o Fórum, em que apresentarão os resultados e as soluções encontradas por meio das discussões da oficina para seus pais, representantes de suas escolas, outros educadores, lideranças do AFS e do CISV.

Lançamento do livro 60 Anos do AFS Intercultura Brasil

O livro “60 Anos do AFS Intercultura Brasil”, parte do projeto Memória Institucional, realizado com o Museu da Pessoa, será lançado no dia 26 de outubro, durante o Fórum. Em formato de crônica, a obra é formada por depoimentos, cronologia, fotos e documentos originais. 

A coleção virtual A Coragem de Ir ao Encontro do Outro pode ser acessada em http://www.museudapessoa.net/pt/home. A ONG distribuirá exemplares gratuitos em escolas e bibliotecas públicas. Além disso, os convidados para o Congresso Mundial do AFS doarão livros de seus países ao acervo do Espaço Mundo da Biblioteca Parque Estadual. 

Serviço

EFEITO+: Oficina & Fórum para a Cidadania Global

Datas dos encontros presenciais: 23 de outubro de 2016 (Oficina) e 26 de outubro de 2016 (Fórum)

Local: Biblioteca Parque Estadual

Endereço: Av. Presidente Vargas, 1261 – Centro, Rio de Janeiro, RJ

1 COMENTÁRIO

DEIXE UM COMENTÁRIO