“O como e o porquê”, com Suzana Faini e Alice Steinbruck, estreia no Teatro Sesc Ginástico

A montagem de Sarah Treem é dirigida por Paulo de Moraes e comemora os 50 anos de carreira de Suzana Faini, que estreou como atriz com a peça “Oh, que delícia de guerra!”, no Teatro Sesc Ginástico

Foto: Fabiano Cafure
Foto: Fabiano Cafure

O encontro entre duas biólogas de gerações diferentes e que defendem teorias controversas é o ponto de partida da surpreendente comédia dramática “O como e o porquê”. A obra da americana Sarah Treem é inédita na América Latina e estreia dia 31/03 (quinta), às 20h, no Teatro Sesc Ginástico, com temporada até o dia 1/05, de quinta a domingo.

Dirigido por Paulo de Moraes, o espetáculo analisa a vida sob a perspectiva de duas mulheres. Suzana Faini interpreta Zelda, uma importante e conceituada bióloga da área evolutiva, vencedora do mais importante prêmio na ciência por sua “Teoria da Avó”. Ela defende a menopausa como uma vantagem evolutiva para os seres humanos, permitindo uma vida mais longa às mulheres. Alice Steinbruck interpreta Raquel, uma estudante de pós-graduação que sustenta a ideia da evolução da mulher a partir da capacidade de expulsar vírus e bactérias por meio da menstruação. O desconcertante encontro entre essas duas mulheres acontece às vésperas de uma importante conferência científica. Ao longo do espetáculo, o público se depara com grandes revelações.

Esta é a primeira tradução da obra americana, cujo título original é “The how and the why”. A versão em português é da atriz Alice Steinbruck, idealizadora do projeto.

– Este é um texto que estimula as pessoas a não desistirem de suas ideias e fala como encontrar o seu lugar no mundo. Ele me interessou muito e fui atrás para montá-lo aqui no Brasil – explica Alice.

Um espetáculo simples, surpreendente e que tem a assinatura de Maneco Quinderé na iluminação e figurinos de Desirée Bastos, com trilha sonora original de Bianca Gismonti.

Empolgada com a montagem, Suzana Faini comemora o fato de ter estreado como atriz há 50 anos substituindo Eva Wilma justamente no palco do Teatro Sesc Ginástico, com a peça “Oh, que delícia de guerra!”, dirigida por Ademar Guerra.  – Esta é uma feliz coincidência! – comemora a atriz que recentemente Suzana recebeu o Prêmio Cesgranrio como melhor atriz pela montagem “Família Lyons”.

Ficha Técnica: 

Texto: Sarah Treem
Tradução: Alice Steinbruck
Direção e Cenografia: Paulo de Moraes
Elenco: Suzana Faini e Alice Steinbruck
lluminação: Manéco Quinderé
Trilha sonora original: Bianca Gismonti
Figurinos: Desirée Bastos
Fotos e Desenho Gráfico: Fabiano Cafure
Coach Alice Steinbruck: Zé Wendel Soares
Coach Suzana Faini: Rogério Freitas
Assessoria de Imprensa: Minas de Ideias
Marketing Cultural: Gheu Tibério
Assistente de Marketing Cultural: Andréa Tonia
Produção Executiva: Carin Louro
Direção de Produção: Sandro Rabello

Serviço:

“O Como e o Porquê”

Teatro Sesc Ginástico
Endereço: Av. Graça Aranha, 187 – Centro – Telefone: (21) 2279-4027
Estreia: 31/03 (quinta), às 20h.
Temporada até 1/05 (domingo).
Horários: quinta a sábado, às 19h. Domingo, às 18h.
Preço: R$ 5 (associados Sesc), R$ 10 (estudantes e idosos) e R$ 20.
Classificação: 16 anos
Duração: 80 min.
Gênero: Comédia dramática
Realização: Sesc.

DEIXE UM COMENTÁRIO