Museu do Amanhã e Betty Milan promovem discussão sobre a longevidade humana

Betty Milan, escritora e psicanalista que já trabalhou com o francês Jacques Lacan, abordará tema que preocupa a sociedade

DivulgaçãoO envelhecimento inédito da população é resultado da revolução médica e científica das últimas décadas. A longevidade se tornou uma questão social e a tendência é tratá-la como problema administrativo. Até quando a vida humana deve ser prolongada? Como lidar com os idosos e o que eles nos ensinam? Morrer é ou não um direito? Essas e outras questões serão abordadas em evento promovido pelo Observatório do Museu do Amanhã no próximo sábado, dia 7 de maio, às 15h, com a psicanalista e escritora Betty Milan.

“Seremos mais longevos e, em muitas regiões, se viverá três vezes mais do que no Império Romano. Os idosos serão tão numerosos quanto as crianças”, afirma Milan, destacando ainda que “a longevidade é uma conquista mas também um problema”.

Os interessados em acompanhar a palestra podem se inscrever gratuitamente através de formulário on-line, disponível no site do Museu do Amanhã (www.museudoamanha.com.br). A inscrição na palestra não dá direito à visitação ao museu.

Minibiografia

Betty Milan é uma escritora e psicanalista nascida em São Paulo. Autora de romances, peças de teatro, ensaios e crônicas. Seus livros também circulam com selos da França, da Argentina e da China. Colaborou nos principais jornais brasileiros e foi colunista da Folha de São Paulo e da Veja. Atualmente tem um blog na Veja.com – Educação Sentimental. Foi duas vezes convidada de honra do salão do livro de Paris e representou o Brasil na Miami International Bookfair.Trabalhou ativamente para o Parlamento Internacional dos Escritores — sediado em Strasburgo, na França. Antes de se tornar escritora, formou-se em Medicina pela USP e em Psicanálise na França com Jacques Lacan, de quem foi assistente e tradutora.

SERVIÇO:

Palestra “O desejo de ser longevo e o drama da longevidade”, com a psicanalista e escritora Betty Milan
Dia: Sábado, 07 de maio de 2016
Horário: das 15h às 16h
Evento gratuito
Para participar, inscreva-se aqui
A inscrição não dá direito à visitação ao Museu
Entrada no prédio pela porta lateral

DEIXE UM COMENTÁRIO