Mostra Gamboavista recebe o espetáculo “Mamãe”, de Álamo Facó, nos dias 30/04 e 01/05

A montagem dirigida por César Augusto junto com Álamo apresenta uma história real vivida pelo ator

"Mamãe" (André Maceira)

Álamo Facó vivenciou 100 dias de uma verdadeira jornada emocional, após sua mãe receber um diagnóstico de um tumor cerebral, em 2010. O ator e dramaturgo acompanhou de perto os detalhes do tratamento, a luta e o dia a dia dela. Após seu falecimento, mergulhou em um processo de criação que chamou de “A Síntese do Relevante”, de onde nasceu o monólogo “Mamãe”. O espetáculo terá duas apresentações na Mostra Gamboavista, do Galpão Gamboa, nos dias 30/04 e 01/05. A programação do projeto cultural vai até o dia 19 de junho e oferece, a preços populares, mais de 20 importantes espetáculos apresentados pelo país em 2015.

Nascida da necessidade de levar aos espectadores uma história real, sem sentimentalismos, a peça não traz o drama exacerbado das histórias com essa temática, nem tampouco sua estética traz os tons pastéis de um hospital. Não se atendo a uma realidade documental, o texto dá voz à personagem Marta que, perdendo suas faculdades, começa a expandir sua consciência a limites inesperados. “Mamãe” traz à cena os tabus que permeiam a morte, as variações do consciente e os limites do amor entre mãe e filho. Influenciado por artistas como Sophie Callle, Lygia Clark e Bruce Nauman o espetáculo tem como prioridades, o encontro com o espectador e a busca pelo ineditismo, como possibilidade.

Segundo monólogo de sua carreira, a montagem foi construída através de parcerias entre Álamo e pessoas pelas quais cultiva respeito e admiração. “Esse é um espetáculo híbrido. Eu estou envolvido em todos os âmbitos da peça. Eu a dirijo, mas ao mesmo tempo, convido o César Augusto, que é um artista que eu admiro muito, para dirigir comigo. Com a Bia Junqueira, que é uma artista plástica completa em quem confio e admiro, a mesma coisa, chamo para criar uma instalação/cenário comigo. E isso se estendeu ao figurino, iluminação, som, tudo!”. A parceria profissional de Álamo Facó e César Augusto teve início quando o ator começou a frequentar as oficinas na Cia dos Atores e se desenvolveu no primeiro trabalho que levou a mesma assinatura dos dois, o espetáculo “Talvez”, que teve uma longa carreira nacional e internacional apresentado na Europa e América Latina (Escócia, Alemanha, Holanda, Portugal, Chile).

Ficha Técnica

Texto e atuação: Álamo Facó
Direção: Álamo Facó e Cesar Augusto
Direção de produção: Carlos Grun
Direção de movimento: Luciana Brites
Direção Musical: Rodrigo Marçal
Cenário: Bia Junqueira
Luz: Felipe Lourenço
Trilha Sonora: Álamo Facó e Rodrigo Marçal
Direção Musical do Performer: Lan Lanh
Figurino: Ticiana Passos
Preparação Vocal: Sonia Dumont
Fotos: Julio Andrade e Miguel Pinheiro
Projeto gráfico: Mary Paz
Produção e Realização: Bem Legal Produções e Álamo Facó
Parceria: Sábios Projetos
Colaboração Artística: Dandara Guerra, Fernando Eiras, Remo Trajano, Julio Andrade, Tamara Barreto, Lidoka Martuscelli, Andrucha Waddington, Lully Villar, Marina Viana, Victor Garcia Peralta, Cristina Flores e Renato Linhares

Serviço:

Colecção de Amantes
Data: Dias 30/04 e 01/05
Local: Galpão Gamboa – Teatro
Endereço: Rua da Gamboa, 279 – Centro – RJ
Horário: 21h (sábado) e 20h (domingo)
Ingressos: R$ 20 (inteira)/R$ 10 (meia)/R$ 5 (para moradores dos bairros da Zona Portuária, mediante apresentação do comprovante de residência)
Vendas de ingressos:
– No Galpão: terça a quinta, das 14h às 18h (nos dias de espetáculo, a bilheteria começa a funcionar 2 horas antes do início do espetáculo ou até se esgotarem os ingressos)
– Na Pequena Central: terça a quinta, das 14h às 18h (endereço: Rua Conde de Irajá, 98, Botafogo – telefone de contato: 3797-0100)
Duração: 70 minutos
Classificação etária: 12 anos
Gênero: Comédia dramática
Capacidade: 80 lugares
Forma de pagamento: dinheiro

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite seu comentário
Por favor, digite seu nome aqui